Bancos querem voltar a cativar kwanzas para compra de cambiais
09-10-2018 | Fonte: Jornal Mercado

A banca comercial deseja voltar a poder cativar saldos de clientes que solicitem a compra de divisas, apurou o Mercado junto de fontes do sector.


O pedido foi transmitido ao governador do Banco Nacional de Angola (BNA) numa reunião, no mês passado, em que estiveram presentes gestores de bancos nacionais, porém José de Lima Massano não terá dado, ainda, resposta positiva aos banqueiros.


No final de Novembro de 2017, recorde-se, o Comité de Política Monetária (CPM) do BNA determinou a proibição das cativações a quem deseje adquirir cambiais. A medida foi aplaudida sobretudo pelos clientes bancários, cujos saldos chegavam a ser cativados durante meses, sem que os pedidos de transferências para ajuda à família no exterior, por exemplo, fossem atendidos. Muitas vezes, quando eram autorizadas as operações cambiais, os kwanzas cativados já não chegavam para comprar as divisas, devido à desvalorização da moeda nacional, gerando queixas entre os clientes.

O Mercado sabe que o tema está em cima da mesa do governador, para análise, numa altura em que o BNA alterou as regras da compra de divisas por parte da banca comercial – que está novamente dispensada de indicar previamente o destino dos cambiais adquiridos ao banco central.


Nos últimos três anos, os bancos foram obrigados a comunicar previamente ao BNA o destino das divisas solicitadas. Contudo, no passado dia 18 de Setembro, a instituição liderada por José de Lima Massano anunciou que voltaria a dar ‘liberdade’ à banca para alocar cambiais aos clientes, em função das solicitações. Mas, no final de cada mês, os bancos terão que explicar ao BNA as operações realizaram, sob pena de terem que devolver as divisas adquiridas.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário