Lucro dos maiores bancos privados aumenta 134%
16-11-2018 | Fonte: Jornal Mercado

Os lucros dos maiores bancos privados subiram 134% nos perimeiros nove meses do ano, face ao mesmo período do ano passado, de acordo com cálculos do Mercado com base nos balancetes de cada banco referentes ao terceiro trimestre. No conjunto, os nove bancos comerciais com maior esactivos somaram 205 mil milhões Kz até Setembro de 2017, e no mesmo período deste ano o valor subiu para 479,6 mil milhões.

Em termos individuais, o Banco Económico (BE) foi o que registou um aumento mais significativo dos seus resultados, tendo saído de um resultado negativo de 602 milhões Kz, no terceiro trimestre de 2017, para um valor positivo de 105,9 mil milhões, Kz no terceiro trimestre de 2018. Ou seja, num espaço de um ano, o BE viu o seu resultado crescer 175%. O Mercado solicitou esclarecimentos ao Banco Económico, mas não obteve respostas até ao fecho da edição.

Entretanto, o balancete do BE não inclui a rubrica 5.0, referente ao resultado líquido (com impostos pagos), passa para a rubrica 5.1 referente ao resultado “antes de imposto de operações em continuação e de interesses que não controla”. O BFA, maior banco da actualidade em termos de activos, apresentase como o segundo que viu o seu resultado líquido a evoluír acima dos 100% num espaço de um ano.

O balancete referente ao terceiro trimestre de 2018 traduz que o banco teve um resultado líquido de 150,6 mil milhões Kz, um aumento de 128% em relação ao mesmo período de 2017, em que registou um resultado líquido de 65,9 mil milhões Kz. O maior crescimento dos lucros do BFA registou-se no segundo trimestre deste ano, tendo observado um aumento de 54,6%, passando de 97,4 mil milhões Kz para 150,6 mil milhões, um incremento de 53,2 mil milhões Kz.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário