Geraldo desperta cobiça de colossos africanos
15-12-2018 | Fonte: JA

Geraldo, médio esquerdino do 1º de Agosto, interessa ao Al Ahly do Egipto e Esperance de Tunis, depois de o jogador ter contribuído com golos e assistências durante a campanha da equipa na Liga dos Clubes Campeões Africanos de futebol, onde foi eliminada nas meias-finais pela formação tunisina, por culpa do árbitro zambiano Janny Sikazwe.


Produto da Escola Norberto de Castro, Geraldo é um jogador dotado de técnica refinada e desequilibra qualquer defesa, que tem de recorrer amiúde às faltas para travá-lo. Daí a razão de ambas estarem interessadas no concurso do craque do 1º de Agosto.


Contactada pelo Jornal de Angola, fonte da direcção do 1º de Agosto confirmou o interesse dos emblemas do Magreb pelo internacional angolano, mas não entrou em pormenores. “O Al Ahly é o maior interessado no Geraldo. Portanto, não lhe posso fornecer mais detalhes, porque não recebemos até ao momento qualquer documentação das partes interessadas”, disse, acrescentando que a cobiça pelo jogador não é da agora, vem desde o momento que o 1º de Agosto começou a competir na fase de grupos da prova africana.


A fonte da formação militar sublinhou, ainda, que o clube está aberto à saída de jogadores. “Somos uma equipa formadora. Os clubes interessados nos nossos produtos, não vão encontrar qualquer dificuldade durante as negociações”, esclareceu.


Gelson Dala e Ary Papel, vendidos ao Sporting Clube de Portugal, são exemplos a serem seguidos. Gelson Dala foi cedido por empréstimo ao Rio Ave, tal como Ary Papel ao tri-campeão angolano, 1º de Agosto.


A direcção do Al Ahly volta a interessar-se por futebolistas angolanos, depois de Flávio Amado, Gilberto Amaral e Avelino Lopes (ex-Petro de Luanda) terem feito história ao serviço da formação egípcia.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação