Morreu o músico Camilo Domingos
08-08-2005 | Fonte: Angop
O músico são-tomense Camilo Domingos(na foto) morreu as 23 horas de domingo em São Tóme e Príncipe, vítima de um cancro, soube-se hoje em Luanda.

Em declarações à Angop, o jornalista Mateus Cristóvão, que falou com a esposa do cantor, Toya Alexandre, disse que o mesmo morreu depois de uma intervenção cirúrgica no abdómen.

O cantor são-tomense, que vivia em Angola desde 1987, apresentou em Janeiro do corrente ano, na portaria da Rádio Nacional de Angola (RNA), o seu último trabalho discográfico intitulado "Dor de Mundo", cujo tema fazia menção a esta doença.

Na altura, o músico havia dito à Angop que só com muito esforço conseguiu concluir o trabalho, pois desde que lhe foi detectada a doença há um ano tentava compatibilizar o tempo de tratamento com as gravações.

"Dor de Mundo", justamente para expressar o quanto sofri e ainda sofro deste mal há mais de seis meses", disse, apelando que quem comprar o álbum estará a ajudar na sua recuperação".

Para agradecer o carinho dos seus admiradores, o autor de "Bajuda", um dos primeiros sucessos da sua carreira, realçou que produziu um trabalho "não muito diferente dos anteriores, é versátil e nota-se uma fusão de ritmos angolanos e santomenses".

Camilo Domingos havia dado esta entrevista esperançado, tendo afirmado uma semana antes de ir a Portugal para cumprir as sessões de quimioterapia, "penso que o pior já passou".

O artista estreou no mercado discográfico com o álbum Morena (1991), tem já 12 trabalhos, dentre eles "No Dor de Mundo", "Segunda Mulher", "Porque é que é Assim", "Se é Verdade", "Sofri Pa Bo" e "Beleza de Mulher".
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário
Quais os motivos que levaram Angola a obter resultados negativos na corrida ao CAN 2015
  • Os adversários são mais fortes
  • Falta jogadores de qualidade
  • Problemas administrativos
  • Equipa Técnica