Reservas internacionais a caminho do equilíbrio
18-03-2019 | Fonte: JA

As Reservas Liquidas Internacionais (RLI) do país, que até Dezembro de 2018 estavam fixadas em 10,6 mil milhões de dólares, podem registar uma relativa estabilidade no decurso deste ano, admitiu o vice-governador do Banco Nacional de Angola (BNA).


Em declarações à imprensa, à margem de um encontro com o corpo diplomático acreditado em Angola, Manuel Tiago Dias disse que, apesar de apresentarem uma ligeira queda em determinado período de 2018, as Reservas Líquidas Internacionais melhoraram em relação aos três anos anteriores (2017, 2016 e 2015).


Manuel Tiago Dias antevê uma recuperação das RLI face ao esforço de regularização das operações pendentes de 2014 a 2017e das políticas monetárias em curso, que estão a permitir um equilíbrio entre as taxas de câmbio formal e oficial.


Relativamente a essa cotação, afirmou que o mesmo acontece devido a um processo de normalização do mercado cambial desenvolvido em 2018 e que permitiu articular uma maior flexibilidade da taxa de câmbio.


Manuel Dias manteve na quinta-feira um encontro com o corpo diplomático, no Museu da Moeda, onde falou da evolução do sistema financeiro do país, face às reformas macroeconómicas em curso.


O objectivo é dotar os diplomatas estrangeiros de informações sobre o sistema financeiro angolano, susceptíveis de despertar o interesse de investidores dos respectivos países.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação