Moeda em circulação na economia reduziu 12% no mês de Janeiro
18-03-2019 | Fonte: Jornal Vanguarda

A quantidade de moeda em circulação na economia contraiu cerca de 12% em Janeiro de 2019, comparado a Dezembro do ano transacto, passando de 498,39 mil milhões Kz para 438,26 mil milhões Kz, apurou o Vanguarda nos dados disponibilizados pelo BNA.


A diminuição do Kwanza (notas e moedas metálicas), no primeiro mês presente ano, é reflexo da contracção (em cerca de 4%) da base monetária, em consequência da política monetária (restritiva) adoptada pelo banco central, nos últimos quatro anos, face aos desequilíbrios macroeconómicos, decorrentes da crise económica e financeira no País.


O efeito da redução da base monetária, em Janeiro de 2019, também se repercutiu nas reservas bancárias, tendo registado uma quebra de, aproximadamente, 0,5% e passou a cifrar-se em cerca de 1,207 mil milhões Kz, contra os 1,207 mil milhões Kz de Dezembro de 2018, como espelham as estatísticas do BNA, as quais o Vanguarda teve acesso.


As reservas em moeda nacional tiveram uma contracção de quase 1%, segundo cálculos do Vanguarda, passando de 799,3 mil milhões Kz para 791,6 mil milhões Kz. A variação verificada no período (Dezembro/Janeiro) também é resultado da quebra das reservas bancárias, embora na ordem dos 0,5%, como ilustra o texto em causa nas linhas acima.


Ao contrário dos outros itens analisados, verificou-se um aumento de quase 0,4% nas reservas em moedas, de acordo ainda com os cálculos do Vanguarda, tendo se fixado em cerca de 410,2 mil milhões Kz, contra os 408,5 mil milhões Kz, referente a Dezembro.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação