Sector petrolífero em Angola representa “mais de 95%” das exportações totais, BNA
15-05-2019 | Fonte: Lusa

O banco central angolano indicou hoje que o sector petrolífero representa "mais de 95%" das exportações totais e 20% do Produto Interno Bruto (PIB), deixando a economia "vulnerável a choques externos" face à volatilidade do preço do petróleo.


A indicação está contida num comunicado do Banco Nacional de Angola (BNA) destinado a dar conta da realização de uma conferência sobre "Sustentabilidade das Reservas Internacionais", que reunirá a 22 deste mês, em Luanda, vários peritos angolanos e estrangeiros "para abordar as melhores práticas de gestão".


Além das duas condicionantes, prossegue-se no documento, adicionalmente, Angola tem uma "forte dependência externa" de bens e serviços (importações), sobretudo de produtos industriais e alimentares, "colocando pressão sobre os níveis das reservas internacionais".


"De uma forma geral, as reservas internacionais têm por finalidade proteger a economia de situações adversas sobre as contas externas e contribuir para a estabilidade da moeda nacional", observa o BNA.


"Assim, as reservas internacionais são uma boa ferramenta analítica para observar diversos fenómenos económicos. Um nível de reservas internacionais baixo pode causar incertezas aos agentes económicos residentes e não-residentes em relação à convertibilidade dos seus investimentos no país em divisas e gerar dúvidas quanto à possibilidade do cumprimento de compromissos externos", explica o banco central angolano.


Para o BNA, as "incertezas" podem conduzir ao aumento da procura por moeda forte, reduzindo o valor da moeda nacional.


"O BNA, na qualidade de Autoridade Cambial, tem o dever de assegurar a manutenção de um nível adequado das Reservas Internacionais para a garantia da solvabilidade externa do país e a protecção da economia nacional", refere, razão pela qual vai organizar a conferência, cujo programa não divulgou.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação