«FNLA pertence aos angolanos», diz Holden Roberto
17-08-2005 | Fonte: Rádio Ecclésia
O Líder da Frente Nacional de Libertação de Angola, (FNLA), Holden Roberto disse hoje em Luanda que o seu partido não foi posto a leilão, e que ainda pertence ao povo angolano.

Falando por ocasião de uma cerimonia em homenagem aos ex-combatentes do extinto exército nacional de libertação de Angola, (ELNA), Horden Roberto realçou ainda que milhares de compatriotas participantes no combate de libertação são marginalizados em benefícios dos que estiveram contra o povo angolano.

Na cerimonia comemorativa ao quadragésimo terceiro aniversario do (ELNA), realizado no cemitério da Camama onde Holden Roberto depositou um coroa de flor ao soldado desconhecido, o segundo vice presidente da FNLA, Ngola Kabango, foi abordado pela a imprensa, a propósito da realização do próximo Congresso do seu partido reclamada por militantes que se dispõem substituir o actual direcção.

Ngola Kabango disse igualmente que não existem manobras nenhumas, mas sim uma determinação férrea para levar avante os preparativos daquele que será o terceiro Congresso da FNLA.

“O Congresso não é uma simples reunião, é um processo que evidentemente culmina num evento. De facto estamos com muitas dificuldades, mas vamos supera-las ainda este ano,” – concluiu.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário