PCA da TCUL ausente da empresa há sete meses, funcionários desconhecem o seu paradeiro
24-05-2019 | Fonte: NJ

O presidente do conselho de administração da empresa de Transporte Colectivo Urbano de Luanda (TCUL), Abel António Cosme, está há sete meses ausente das suas funções, por razões até aqui desconhecidas. Fonte do NJOnline assegura que o PCA terá já pedido demissão do cargo.


Abel António Cosme lidera o conselho de administração da TCUL desde Novembro de 2017, tendo substituído no cargo Freitas Neto e a sua ausência foi tornada pública em Janeiro último, quando o gabinete dos Recursos Humanos do Ministério dos Transportes solicitou, através de uma publicação no Jornal de Angola, a sua comparência no prazo de oito dias.

Entretanto, o NJOnline sabe que a TCUL esta a ser dirigida por Pedro Pereira, administrador para área financeira deste Outubro de 2018. Funcionários da empresa de Transporte Colectivo Urbano de Luanda dizem não ter, até ao momento, uma informação oficial do paradeiro do PCA.

"Não sabemos se está em Luanda ou no exterior do país, sabemos apenas que o PCA está ausente da empresa desde o ano passado. E tomámos conhecimento, na altura, através das redes sociais", disse ao NJOnline Octávio Francisco, coordenador da comissão sindical da empresa.

Uma fonte junto do Ministério dos Transportes, que não quis ser identificada, disse ao NJOnline que Abel António Cosme terá já apresentado um pedido de demissão por escrito aos Recursos Humanos daquele ministério. A fonte não precisou a data nem os motivos que levaram o então PCA da TCUL a tomar essa decisão.


Sobre o assunto, o NJOnline contactou a directora de Recursos Humanos do Ministério dos Transportes, Paula Cristina de Melo Araújo, para os devidos esclarecimentos, mas esta não se mostrou disponível, chegando mesmo a afirmar que não fala aos órgãos de comunicação privados.


"Escrevam ao ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu, a solicitar esclarecimentos sobre este assunto, e ele saberá quem indicar, eu não falo nada a respeito disso", disse a responsável do RH. A TCUL tem uma frota de 80 autocarros e transporta diariamente 90 mil passageiros.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação