“Temos que descentralizar o quanto antes”
25-06-2019 | Fonte: Jornal Vanguarda

Presidente da República diz que não se justifica que as pessoas continuem a pernoitar na rua para tratarem documentos.


João Lourenço respondia à preocupação da Associação dos Empresários do Sul de Angola que se queixam da morosidade da tramitação de alguns processos, como a emissão de Alvarás e a legalização de terrenos destinados à actividade empresarial.


O presidente da Associação Agro-pecuária Comercial e Industrial (AAPCIL), Paulo Gaspar, em representação da comunidade empresarial privado da província, queixou-se ao titular do poder Executivo que há processos destes que levam um ano porque tudo resolve-se em Luanda, ao que João Lourenço respondeu de seguida que a descentralização dos serviços da administração do Estado é um assunto sobre o qual tem sempre se referido durante as diversas reuniões.


“Não se justifica que um indivíduo que vive no município de uma província tenha que se deslocar até a capital, dormir na rua, para tratar um passaporte ou um bilhete de identidade. Temos que descentralizar o quanto antes”, disse João Lourenço.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação