IGAPE: Novos donos das fábricas da ZEE têm 30 dias para pagá-las
09-09-2019 | Fonte: Jornal Mercado

O Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado assinou esta manhã os contratos de aquisição e efectuou a entrega formal das chaves das cinco unidades industriais no âmbito do processo de transferência de activos que eram do Estado para os privados.


Fizeram parte do acto o PCA do IGAPE, Valter Barros, António Henriques da Silva, PCA da ZEE e os representas das empresas que adquiriram as cinco unidades indústrias.


São novos donos das cinco fábricas a Angoalissar, que adquiriu a Carton por 1000 milhões Kz, a Azoria, que comprou a Indugedet por 3,3 mil milhões Kz, a Ecoindustry, que ficou com a Juntex por 225 milhões Kze a Zeepack, que comprou a Univitro e a Coberlen por 555 e 295 milhões Kz respectivamente.


As cinco unidades industriais custaram ao Estado cerca de 30 milhões USD, o IGAPE avaliou-as em 80 milhões USD, mas foram vendidas em torno dos 16 milhões USD.


Carlos Nelson Giovetti, representante da Azoria, que adquiriu a Indugidet– Indústria de Produtos de Higiene e Detergentes, no valor de 3,3 mil milhões Kz, contra os 6 mil milhões Kz propostos pelo IGAPE, refere que a sua empresa apresentou uma proposta com metade do valor porque boa parte do equipamento que está na unidade industrial já se encontra absoleto.


“São equipamentos com mais de 10 anos de fabrico, não sabemos se ainda aparecem peças de reposição. Agora que assinámos o contrato vamos proceder a um outro levamento, se calhar adquirir novos equipamentos, mais modernos e só depois é que vamos pôr a fábrica a produzir. Mas, vamos fazer de tudo para que seja ainda este ano.


Das cinco unidades industriais apenas a Univitro encontra-se a produzir. O IGAPE avaliou a fábrica em 2,6 mil milhões Kz mas foi vendida a 556 milhões Kz, 79% abaixo do valor de referência.


Contudo, embora tenha havido esta sobrevalorização das indústrias, fica na história económica de Angola como o primeiro ensaio de um processo transparente de transferência de activos que eram do Estado para os privados.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação