Feira do Emprego: Presidência da República tenta minimizar “fúria dos jovens” com uma exoneração já antiga
11-09-2019 | Fonte: O Decreto

Com objectivo de minimizar a fúria da juventude angolana, contra a Ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula do Sacramento Neto, que em conjunto com o Instituto Nacional da Juventude organizou uma feira do emprego, no último final de semana, tendo causado desmaios aos jovens, os serviços de apoio ao Presidente da República, publicou uma nota na manhã desta terça-feira,10, a comunicar a exoneração da Guilhermina Fundanga Manuel Mayer Alcaim, do cargo de Secretária de Estado para a Juventude, (uma exoneração publicada em diário da República no dia 23 do mês passado) como espelha a imagem em anexo e em sua substituição a mesma nota nomeia Fernando Francisco João, que também exerce o cargo de Secretário Nacional para os Assuntos Académicos da JMPLA.

Segundo o site O Decreto, a actual Ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula do Sacramento Neto, está a ser projetada para substituir Luzia Inglês (Inga) no cargo de Secretária-Geral da Organização da Mulher Angolana (OMA) no próximo congresso a ser realizado brevemente.

Ao contrário das informações veiculadas por alguma imprensa e disseminadas nas redes sociais, a demissão de secretária de Estado decretada duas semanas antes da polémica Feira de Emprego, deu-se pelo facto da mesma ter “trocas de palavras” no corredor daquela instituição pública, com a ministra Ana Paula do Sacramento Neto.

Ana Paula do Sacramento Neto é tida como sendo bastante “prepotente” mas para o caso em concreto a corda rebentou no lado mais fraco, que foi a demissão Guilhermina Fundanga Manuel Mayer Alcaim.

Recorda-se que cerca de 500 jovens angolanos prometem exigir nas ruas de Luanda o afastamento da Ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula Sacramento Neto e Jofre Euclides dos Santos, director-geral Instituto Angolano da Juventude (IAJ), pela falta de capacidade organizativa da feira do emprego realizada na última sexta-feira, 6, no Centro de Conferências de Belas (CCB), ao município do Talatona.

O Instituto tentou organizar uma feira de emprego para dar resposta a situação actual de desemprego que o país vive, mas em nada resultou, segundo jovens presentes no evento: “os organizadores desconhecem a realidade da juventude angolana em que em cada 10 angolanos 9 são desempregados” disse.

Para Adilson Dias presente no primeiro dia da feira, os organizadores foram bastante incompetentes e responsáveis “se registou no local mais de 7 desmaios“ lamentou.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação