Danny da Costa coloca mãe em tribunal
20-09-2019 | Fonte: Claque Magazine

O lateral direito angolano com passaporte alemão, Danny da Costa, do Eintracht Frankfurt, colocou a própria mãe em tribunal por camisolas usadas em jogo que não lhe foram devolvidas, desde 2010, segundo a estação alemã WDR.

No processo 119 C 204/19, apresentadas ao tribunal do distrito de Colónia, estão referenciadas seis camisolas, entre elas à do Leverkusen, utilizada em 2010, na final do campeonato alemão sub-17, frente ao actual clube, e a que utilizou na estreia oficial pelo Frankfurt, em 2017.

O insólito processo do jogador da Bundesliga contra a mãe aguarda audiência do processo civil que vai decorrer dia 27 de Setembro. Segundo a revista Bild, o jogador está cansado de sustentar a família e quer que a partir de agora eles ganhem a sua independência.

O pai de Danny da Costa é um diplomata Angolano e a mãe é Congolesa. Os dois separaram-se há anos, e desde então, o futebolista tem sustentado a mãe e as suas duas irmãs mais novas, pagando entre outros custos, a renda da casa e co-financia os estudos das irmãs.

Segundo a mesma fonte, o futebolista pretende deixar de pagar os gastos da família. Por isso, as camisolas têm apenas “um valor simbólico”. Mas o processo 119 C 204/19 existe.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação