Sessenta por cento da população na Huíla é analfabeta
04-09-2005 | Fonte: AngoNotícias(Amilcar Baptista - Huíla)
Sessenta por cento da população da Huila é analfabeta. Esta é pelo menos a visão da responsável pela área da alfabetização na Huíla, Fernanda Cândida Ukali que falava na abertura da semana de aprendizagem e alfabetização, enquadrada nos festejos do dia mundial da alfabetização a assinalar-se a oito de Setembro.

No entender de Fernanda Cândida Ukali, a tarefa de erradicar o analfabetismo deve ser de toda a sociedade e não apenas do governo. Na Huíla, o sector enfrenta várias dificuldades, desde a falta de professores, material didáctico bem como financiamento de seminários de refrescamento contínuo dos alfabetizadores.

A esta situação junta-se a desistência constante das mulheres no meio rural e peri-urbano, devido aos trabalhos do campo e também a falta de recursos financeiros. No primeiro trimestre deste ano, foram matriculados vinte e sete mil alunos, dos quais aprovaram quinze mil e seiscentos e vinte, reprovaram seis mil, oitocentos e vinte e quatro , desistiram quatro mil, seiscentos e setenta e sete.

Fernanda Ukali fez saber que o processo de alfabetização já estendeu-se ao nível de todos os municípios graças a cooperação das igrejas e de algumas organizações não governamentais.

Actualmente, a direcção provincial da educação controla mais de vinte mil alunos de alfabetização, havendo apenas duzentos e quarenta e oito professores.

Face a esta situação, a responsável pela área de alfabetização sugere a realização de um concurso público para a selecção de alfabetizadores. Devido à novas reformas no ministério da educação, os novos critérios exigem do alfabetizador habilitações literárias mínimas, a oitava classe.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário