Igreja universal hasteia bandeira nacional de “cabeça para baixo”
11-01-2020 | Fonte: JA

Uma delegação da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola, constituída por pastores brasileiros, foi a Jerusalém, Terra Santa para as três religiões monoteístas, e cometeu o grave erro de apresentar a bandeira de Angola de “cabeça para baixo”.
 
O acto em si, que pode parecer uma falha inocente, foi, todavia, interpretado, por peregrinos e internautas de várias nacionalidades, como um insulto ao país e às suas instituições.
 
A tradição diz que hastear uma bandeira nacional de cabeça para baixo indica uma situação grave. Existem várias versões a esse respeito.
 
A primeira indica que é uma forma de declarar a rendição perante uma força militar estrangeira.
 
A segunda indica que uma bandeira hasteada de cabeça para baixo, num navio ou noutro ponto significa um pedido de auxílio. Tratando-se de bandeira nacional, capturada em território dominado por inimigos, é hasteada de cabeça para baixo, como forma de mostrar poder sobre o território conquistado.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação