Angola registou 89 casos de tráfico de seres humanos desde 2017
27-01-2020 | Fonte: Angop

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) de Angola registou, nos últimos três anos, 89 crimes de tráficos de seres humanos, período em que foram detidos 85 cidadãos nacionais e estrangeiros.


A informação, avançada pelo director nacional de Combate ao Crime Organizado e Tráfico de Seres Humanos do SIC, Paulo Lufunguila, dá conta de que entre Janeiro de 2017 a Novembro de 2019, foram detidos 55 cidadãos angolanos e 30 estrangeiros.


Entre estes destacam-se “seis congoleses-democráticos, quatro namibianos, dois da Guiné-Conacri, tendo sido resgatadas 217 vítimas, entre as quais 35 mulheres, 125 menores, algumas das quais fruto da cooperação internacional entre o nosso órgão e outros departamentos ministeriais”, referiu Paulo Lufunguila, em declarações divulgadas pela rádio pública angolana.


O responsável frisou que o SIC, em cooperação com o Serviço de Migração e Estrangeiros e a Polícia Nacional, tem estado a desencadear acções que já levaram para as barras dos tribunais 20 cidadãos.


Segundo Paulo Lufunguila, este fenómeno em Angola regista-se essencialmente nas zonas fronteiriças, com particular realce nas áreas que dividem o país lusófono da República da Namíbia.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação