O fraco domínio da língua Portuguesa da nossa Ministra da Educação
13-02-2020 | Fonte: Facebook (Sousa Jamba )

Muito alarido a volta do fraco domínio da língua Portuguesa da nossa Ministra da Educação. Vi o outro dia um pequeno documentário sobre uma senhora de origem Etíope que adquiriu nacionalidade Angolana, cujo Português não é dos melhores, mas que está a construir um complexo universitário em Luanda. 
 
Se está senhora, cuja capacidade de realizar projectos é impressionante,  for nomeada para liderar o ministério de educação haverá aqui objecções por ela não dominar bem a língua Portuguesa?
 
 A actual Ministra da Educação em Angola, aparentemente, têm um PhD; não é qualquer pessoa que consegue obter tal qualificação — é preciso muita disciplina e dedicação. E já agora,  se a Finlândia, país com um dos melhores sistemas educacionais do mundo, mandar consultoras para ajudarem o sistema educacional Angolano,  haverá objecções por não dominarem a língua Portuguesa?
 
Não será que a actual Ministra da Educação está a ser vítima de uma espécie de snobismo,  já que demonstra não ter “o capital cultural” daqueles que julgam que devem estar sempre na dianteira deste país? Que venham os insultos!
 
 

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação