ENI constrói unidade de processamento de gás natural em Angola
14-02-2020 | Fonte: Jornal Mercado

O director do projecto pela ENI, Kresimir Vujec, disse que a fábrica de processamento do gás natural do consórcio Angola LNG, já em funcionamento no Soyo, será o principal destinatário do gás a ser processado.


Disse ainda que segue-se agora a fase de consulta pública, remoção de minas terrestres da área, levantamentos de dados do projecto e estudo de impacto ambiental.


Pelo menos três mil postos de trabalho serão criados na fase de construção, número que deverão reduzir a 100, quando a fábrica entrar em exploração comercial.


A Angola LNG é um projecto integrado de aproveitamento de gás natural, dispondo de uma fábrica de processamento, um terminal marítimo e instalações de carregamento, bem como a possibilidade de proceder ao desenvolvimento de gás não associado.


Os accionistas da Angola LNG Limited são a Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol), com 22,8%, o grupo norte-americano Chevron (36,4%) e os grupos britânico BP, italiano ENI e francês Total, com 13,6% cada.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação