Apoio da administração Trump "é acalentador” para executivo, disse ministro das Relações Exteriores
17-02-2020 | Fonte: Lusa

O ministro das Relações Exteriores angolano, Manuel Augusto, disse que o apoio da administração Trump ao programa de Governo de João Lourenço “é acalentador” para o executivo angolano.


“Ter aqui o secretário de Estado Mike Pompeo é acalentador para o executivo angolano porque queremos acreditar que a sua presença é também um sinal do apoio da administração do presidente Donald Trump ao programa do Governo do Presidente João Lourenço e, sobretudo, às reformas que este tem vindo a levar a cabo”, declarou aos jornalistas, após um encontro com o secretário de Estado norte-americano, em Luanda.


Estas reformas, detalhou, “visam dar a Angola a possibilidade de reassumir o seu papel no Conselho das Nações e por essa via também atrair a necessária parceira e os investimentos de que precisa para que economia angolana ganhe novo fôlego e possam sejam criadas condições para melhoria da vida das populações”.


Antes, Pompeo foi recebido em audiência por João Lourenço no Palácio Presidencial da Cidade Alta, em Luanda.


“Esperamos no fim da visita que possa significar um novo patamar na abordagem dos dois países nas suas relações bilaterais e também da sua cooperação ao nível multilateral”, frisou.


O ministro assinalou que a visita de Pompeo a Angola já é um sinal do alto nível de relações entre os dois países, destacando a “intensidade das discussões e importância do seu conteúdo”.


O ministro sublinhou ainda que EUA e Angola são parceiros estratégicos e têm tentado nos últimos tempos “dar corpo a este estatuto especial, com o diálogo a intensificar-se “ao mais alto nível”.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação