Os três dias do casamento de luxo da filha do general Dino
19-02-2020 | Fonte: Observador

É possivelmente o casamento mais extravagante de que há memória em Luanda: a filha do general Dino, homem da confiança de José Eduardo dos Santos, teve massagistas, videomapping e Manuel Vicente.
 
Foi um casamento de estadão, com autênticas figuras de Estado aquele que começou na sexta-feira e só acabou no domingo, em Luanda.
 
Trata-se da festa de casamento da filha do general angolano Leopoldino do Nascimento — mais conhecido como Dino e um dos habituais parceiros de negócios de Isabel dos Santos, como é o caso da Unitel, da qual cada um detém 25% —, que contou com uma vasta lista de extravagâncias e figuras de destaque, entre eles o ex-vice-Presidente Manuel Vicente.
 
A festa foi registada em vários clips de vídeo, que no total duram dois minutos, colocados a circular nas redes sociais e que desde a sua publicação estão a dar que falar em Angola.
 
Num deles, vê-se o general Dino a levar a sua filha Denise para o altar onde a espera Danilo Pitra Costa, noivo e filho do ex-ministro e atual deputado do MPLA António Pitra Costa Neto, enquanto caminham por um corredor de vidro espelhado.
 
Logo a seguir, pode ver-se o momento em que o ex-vice-Presidente Manuel Vicente cumprimenta o general Dino (seu amigo e parceiro de negócios) e a sua mulher. Ao fundo, a noiva recebe ajuda em torno de um segundo vestido — tudo isto regista pelas câmaras de uma equipa de filmagens.
 
A seguir, aparecem também imagens já do copo de água, em que os noivos surgem de mãos dadas e de frente para os convidados ao mesmo que tempo que nas suas costas é projetado um enorme espetáculo de videomapping de mais de um minuto. Nesta altura, a noiva parece ter já um terceiro vestido.
 
O casamento contou ainda com massagistas asiáticas, que circulavam pelo recinto do copo de água, acudindo aos convidados mais cansados.
 
João Lourenço terá sido convidado, mas escolheu não ir
 
É um casamento do qual pouco se sabe. A especulação em torno do valor gasto pelas famílias dos noivos é ampla, com números que vão dos 3 aos 5 milhões de euros a serem aventados nas redes sociais. Desconhecem-se também outros dados, como por exemplo o número de convidados.
 
O que consta, no entanto, é que um dos convidados terá mesmo sido o Presidente de Angola, João Lourenço, e a sua família. De acordo com o site angolano Club-K, “a família Lourenço achou por bem não se fazer presente”.
 
A extravagância daquele momento está a ser comentada por várias esferas da sociedade angolana, inclusivé por alguns dentro do MPLA. Ainda segundo o Club-K, um deles foi o deputado Paulo de Carvalho, que assumiu em dezembro o assento parlamentar da ex-deputada Tchizé dos Santos, a filha de José Eduardo dos Santos que foi expulsa do partido e perdeu o lugar na Assembleia Nacional.
 
“O espetáculo do copo de água, segundo se diz, ultrapassou o limite atingido pelo casamento de Setembro do ano passado”, disse, numa alusão ao casamento da filha do presidente da Assembleia Nacional, também ele do MPLA, que aconteceu em outubro de 2019 e que terá custado 2 milhões de dólares norte-americanos, ou seja, 1,85 milhões de euros. Nessa altura, o Presidente João Lourenço foi alvo de críticas não só por ter ido ao casamento como por ter apadrinhado, juntamente com a sua mulher, a economista Ana Lourenço, a noiva. O noivo foi apadrinhado pelo general Dino.
 
“Demonstra estar a haver uma competição entre a elite novo-riquista para demonstrar quem pode mais”, escreveu ainda aquele deputado, referindo que neste caso “a ostentação do luxo procura ultrapassar a barreira do imaginável”.
 
 

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação