Adolescentes angolanas transformadas em escravas sexuais
10-05-2004 | Fonte: A Capital
Adolescentes angolanas com idades compreendidas entre os 15 e os 20 anos, estão a ser alvo de abuso sexual por estrangeiros, na sua maioria oriundos de países da África Ocidental, a troco de míseros dólares.

O caso mais caricato, aconteceu com uma jovem de nome, Teresa, 16 anos de idade, e moradora do bairro Hoji-ya-Henda.

De acordo com o Jornal A Capital, a jovem envolveu–se com um cidadão de nacionalidade senegalesa, proprietário de um armazém na mesma zona. “Ele comprou–me um telemóvel, pagava os meus estudos e dava-me sempre dinheiro”, confessou a jovem ao periódico luandense.

Depois da oficialização da relação, segundo narrou, a sua vida conheceu uma verdadeira historia de terror. “O meu marido começou a dizer que era o meu dono e que tinha que obedecer a tudo”.

Mas o pior estava para acontecer na vida da jovem. “Fui obrigada a tornar-me prostituta”. O expatriado, segundo declarações da jovem àquele semanário, trazia pessoas estranhas, incluindo alguns estrangeiros, e obrigava-a a dormir com todos.

O episódio, escreve o Jornal, demorou vários meses, porque sempre que ameaçava ir-se embora, era ameaçada de morte, por isso, teve de aceitar tudo. Os criminosos, tiveram ainda a ousadia de levar para o mesmo local mais duas raparigas que deram o mesmo fim.

“Obrigaram-nos a sermos prostituta”. Os estrangeiros decidiram depois levar as suas vítimas para o Senegal, mas Teresa conseguiu escapar.
 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação
Foto-Destaque
Foto-Destaque
Questionário