amutenha : Savimbi,como tantos outros que por aí andam,quer MPLA,quer UNITA quer otro qualquer movimento,são todos iguais não se pode dizer que um é melhor que o outro,só por pura estupidez haverá quem pense o contrario.todos têm as mãos manchadas de sangue,saqngue de milhares de angolanos que morreram sem saber por-quê.Mesmo estes senhores que agora estão no poder,não podem falar estão enterrados em sangue até ao cabelo.Ou pensam que o 27% de 1977 ficará
ALBERTO VUNGE (albertovunge@hotmail.com.pt): Falar de Savimbi, é deveras falar de um verdadeiro guerrilheiro,é falar do mais mais perseverante tenaz individuo que alguma tivemos em Angola. O "KOTA" é daqueles que, não se esconde atrás de uma secretária, expedindo ordens cujas as execuções ele mesmo podia materializar. Lotou pelos seus ideias, até mesmo quando era aliciado com benefícios pelos traidores e egoístas do regime "ditador" dum partido que se acha acima do povo. Esta persistência custou-lhe a vida. Hoje todos fingimos desconher a magnitude do legado de "Jonas Savimbi", mas quando um dia nos havermos livrados do regime "esmagador dos direitos das massas", alguém dirá aquilo que temos entalados nas nossas gargantas, então aquilo será canção mais audível do "music hall" Angolano. Como ele, só conheço Espartaco.
chicão (franciscobarros90@hotmail.com): endeusar savimbe como promotor da democracia em Angola é de facto no mínimo um palavrão proferida por pessoas que não sabem definir o que é realmente a democracia. hoje a palavra democracia não passa como mera expressão de retórica para o consumo actual para alguns. É claro que as potências monopolistas não podiam a dada altura assumir públicamente verdadeira identidade como colonialistas explordores dos povos e das matérias primas necessários para crescimento exponencial de suas riquezas, é insufismável dizer que o colonialismo português criou o antagonismo entre regiões em Angola (kamundogo,bailundo,mussorongos)e explorou em beneficio próprio esta tática então criaram e sustentaram um partido ou movimento pseudo independentista contra os colonos. esses colonos que mais tarde concentraram-se na Africa do Sul racista talvez por um acordo secreto entre Portugal e o Apartheid para tomar Angola; os criadores da unita levaram consigo os seus defensores. Por isso é que a UNITA deslocou-se para o sul do país contando com o apoio dos aliados do colonialismo e que não tardou muito a invasão da africa do sul a um profundidade de até 200km de Luanda. Não há registos de combate da UNITA contra os portugueses e sul africanos ou vice versa. Com a Independêcia nacional p país não teve outra alternativa plausivel para consolidar a maior conquista do nosso povo se não o de unificar todo nosso em torno do MPLA para evitar os interstícios que visavam estiolar a nossa tão almejada independência. savimbe tem o seu nome gravado na historia mártir de Angola com todas as suas caracteristica que lhe é peculiar. Infelizmente há pessoas com muito mau gosto porque, um homem que os seus próprios filhos não o gostam...só pode ser um individuo suspeito. Quanto a democracia é, uma necessidade nacional e não são aqueles que dividiram o nosso povo em indiginas e assimilados que nos vão impor uma democracia segundo as suas conveviêncis de cada momento. por outro lado, sugiro que se faça a decomposição do MPLA(MIA, MINA e PLUA)unificados como um conjunto de elementos com as mesmas posições para que deixem de explorar a ideia e de condenar Angola porque viveu um periódo de partido único; somos um só povo uma só nação de Cabinda ao Cunene dialectico e eclético! Este é o nosso progressivismo não tenhamos ilusões!
Bartolomeu (sebastbartolo@hotmai.com sebastbartolo@yahoo.com): eu estive a fazer uma analise sobre o que se escreveu com relação ao Masvelho Jonas embora ja não faz parte dos mundos dos vivos e tenho observado que as pessoas têm sido ingratas o masvelho Jonas é uma pessoa que merece o respeito de todos os Angolanos mas é todos eu não sou politico mas entendo bem a politica e sei realmente quem trabalha e quem não trabalha, na verdade Savimbe teve seus erros assim como nós tambem temos os nossos erros mas é verdade que ele foi um verdadeiro gueirreiro lutador pela democracia em Angola e acredito que ele seria um bom presidente para o nosso país isto é bem verdade darianos opurtunidade seriamos nós Angolanos a mandar e não precisavamos de indevidos estrangeiro para aumentar lixo aqui em Angola especialmente na policia e nas faa digo uma verdade nunca na nossa vida vamos ter um homem como Savimbe ele amava mesmo o povo Angolano de verdade! foi Um verdadeiro Homem! não duvidem.
Aiyres guerra azancot de Menezes (luanda): Escrito por: (Ayres Guerra Azancot de Menezes) é um testemunho muito importante para a verdade histórica . Não é fácil realizar uma pesquisa desta envergadura. Não podemos deixar de apontar um certo subjectivismo pró -VIRIATO da parte do DR Edmundo Rocha por ter sido seu admirador real e fã e ter absorvido bons exemplos e ensinamentos. É um testemunho que terá cada vez mais valor pela pessoa do Viriato pela e coragem do DR Edmundo Rocha em ter reconstituído parte da trajectória desta figura impar do nacionalismo Angolano. A subjectividade por parte é redutora de certos realismos e declara ao longo desta exposição correntes ideológicas incompatíveis cujos contornos poderiam não ser reflexo de melhor visão estratégica para a o futuro do partido. Ainda é muito cedo e a medida que os anos vão passando os fatalismos têm que ser bem ponderados. Os subjectivismos aliados a jogos de poder condicionam muito as abordagens. Os favoritismos políticos aliados a certas compensações de carácter literário muitas vezes denunciam jogos de contra poder que podem ser ajustados com o tempo. O maior ou menor contributo histórico deve resultar de perspectivas honestas. Só Com o tempo e a confrontação de percursos dinâmicos de cada interveniente deste patamar se poderá postular sobre grandes teses. A desonestidade aliada a recursos alternativos de sucesso bibliográficos e alianças ,muitas vezes desvirtuam o verdadeiro carácter da honestidade histográfica. O ideal não será ajudar ou travar o percurso histórico dos correligionários para projectar livremente certas obras,mas sim permitir uma maior confrontação para enrriquecer e fortalecer o projecto comum. Desejando que outros livros ou memórias sejam rapidamente e honestamente publicadas ,e que várias perspectivas sejam abordada para se poderem destrinçar também factores de ordem psico -sociais dos vários intervenientes.
Aiyres guerra azancot de Menezes (luanda): Escrito por: (Ayres Guerra Azancot de Menezes) A formalização do MLSTP COMO MOVIMENTO QUE INICIALMENTE SE INTITULAVA CLSTP FOI MUITA MAL EXPLICADA E HISTORICAMENTE FALSEADA. Toda esta estratègia foi programada a partir do Ghana Pelo Dr Hugo de Menezes, Dr Tomas Medeiros Dr Guadalupe de Ceita e Onet pires e existia um plano que foi desvirtuado e executado por um outro grupo que apossou-se da sua paternidade. Pois o Dr Tomas Medeiros e outros intelectuais têm outras versões mais coerentes e testemunhos escritos que em breve sairão para desvendar as mentiras da historia.
anónimo (luanda): ( DOCUMENTO PERTENCENTE AO ESPOLIO DO DR HUGO JOSÉ AZANCOT DE MENEZES ,UM DOS FUNDADORES DO M.P.L.A.) MOVIMENTO POPULAR DE LIBERTAÇÃO DE ANGOLA (M.P.L.A.) 51.Avenue Tombeur de Tabora ,51 3.P. 720 - LEOPOLDVILLE COMUNICADO A TODA ORGANIZAÇÃO DO M.P.L.A. Nas condições particularmente difíceis em que decorre a revolução Angolana, o Congresso do M.P.L.A. Está impossibilitado de intervir normalmente na solução dos problemas da sua competência. Para as condições anormais do presente , impõe-se um processo excepcional, salvaguardando -se porém todo respeito à competência do congresso para logo que as condições da nossa luta voltarem ao mínimo de normalidade. O comité Director do M.P.L.A. Nas suas sessões de 13 , 21 e 22 de Maio de 1962, com a intenção única de fazer avançar a revolução com o máximo de eficácia e de segurança , decidiu - com plena responsabilidade de que dará conta ao próximo congresso - remodelar o comité Director do M.P.L.A.. O novo Comité Director do M.P.L.A. é assim constituído: MARIO DE ANDRADE MATIAS MIGEIS HUGO DE MENEZES LUIS DE AZEVEDO JUNIOR GRAÇA DA SILVA TAVARES DEOLINDA D`ALMEIDA JOSÉ BERNARDO DOMINGOS GEORGES MANTEYA DE FREITAS VER. DOMINGOS FRANCISCO DASILVA DESIDERIO DA GRAÇA JOÃO VIERA LOPES JOÃO GONÇALVES BENEDITO JOSÉ MIGUEL Mário de Andrade continua com as funções de Presidente do M.P.LA. Matias Migueis passa a exercer as funções de vice - Presidente do M.P.L.A. O posto de Secretario - Geral é substituído por um Secretário cuja composição é a seguinte: Graça da Silva Tavares - 1º secretário João Viera Lopes - 2º secretário Desidério da Graça - 3º secretário O novo Comité Director do M.P.L.A. Entra imediatamente em função. Léopoldville ,25 de maio de 1962. O COMITÉ DIRECTOR
Kua (Huila): Ainda tem muito angolano e extrangeiro que defende quem governou este tempo todo, será que nos querem fazer esquecer quem foram os principais responsáveis pela guerra. O MPLA ao pretender ser o unico partido, e pelas tentativas de liquidar todos os que não aceitavam a sua ditadura foi o maior responsável pela situação de miséria desnecessária a que muitos chegaram e que nenhum angolano que ama a sua terra queria, eles e os cubanos e todos os outros que só vieram aqui para pilhar e criar desgraças, els não querem saber dos angolanos sobretudo os do interior e só dos cumplices deles no muyto saque das nossa riquezas. Quem defende a situação só pode ser porque teem medo de perder o poleiro, ou os privilégios com que lhes compraram as conciencias! O Savimbi tinha as raizes no interior de Angola, e talvez ingenuamente acreditava que Angola podia ser um dia para todos os Angolanos. Os seus inimigos numca lhe perdoaram as suas ingenuidades. Morreu ingenuamente, mas acreditando numa Angola mais angolana, como muitos ainda ignorados pelo poder. Afinal quem tem medo da Liberdade? Da democracia? Da partilha? Das eleições sem batotas! Das mentiras! E de perder o poleiro? Desses aí eu não espero mesmo nada de bom.
anónimo (luanda): UMA CRÍTICA MUITO DURA AOS MÉTODOS DO MPLA Ao saber da conversa ocorrida em Acra (Ghana), Lúcio Lara reagiu: « Os cubanos falam de mais» HUGO AZANCOT DE MENEZES Longe de mim a pretensão de ter feito história ou de escrevê-la. Contudo, vivi factos que envolvem, também , outros protagonistas. Alguns, figuras ilustres. Outros, gente humilde, sem nome e sem história, relacionados, apesar de tudo, com períodos inolvidáveis das nossas vidas. Alguns destes factos , ainda que de fraca relevância, podem ter interesse, como « entrelinhas da História», para ajudar a compreender situações controversas. Conheci Ernesto Che Guevara em Acra , em 1964, e comprometi - me a não publicar alguns temas abordados na entrevista que tive o privilégio de lhe fazer como « repórter» do jornal Faúlha. Já se passaram mais de 30 anos. O contexto actual é outro. Pela primeira vez os revelo, na certeza de que já não é o quebrar de um compromisso, nem a profanação de uma imagem que no A entrevista realizou-se na residência do embaixador de Cuba em Acra , Armando Entralgo González, que nos distinguiu com a sua presença. Ali estava Che… A sua tez muito pálida contrastava com o verde - escuro da farda. As botas negras, impecavelmente limpas. Encontrei-o em plena crise de asma, Socorria - se , amiúde, de uma bomba de borracha. Che Guevara , deus dos ateus, dos espoliados e dos explorados do terceiro mundo, deus da guerrilha, tinha na mão uma bomba, não para destruir mas para se tratar… de falta de ar. Aspirava as bombadas, dando sempre mostras de um grande auto -domínio. Fora-me solicitado que submetesse o questionário à sua prévia apreciação - e assim o fiz. Uma das questões dizia respeito à cultura da cana - de - açúcar em Cuba. Como encarava ele a aparente contradição de combater teoricamente a monocultura - apanágio dos sistemas de exploração colonial e tão típica dos sistemas de exploração colonial e tão típica do subdesenvolvimento - ao mesmo tempo que fomentava, ao extremo, a cultura da cana e a produção de açúcar - mono -produto de que Cuba se tornaria, afinal, cada vez mais dependente? Outro tema que nos preocupava, a nós , africanos, era o papel dos cidadãos cubanos de origem africana na revolução cubana e a fraca representação deles nos órgãos de direcção dos país e do partido, os quais tinham proscrito qualquer discriminação racial. Não constituiria o comandante Juan D´Almeida - único afro - cubano na direcção do partido - uma excepção? Entretanto, a crise de asma agudizava-se , o que nem a mim me dava o à - vontade requerido nem, obviamente, ao meu interlocutor a disposição necessária para o diálogo. Insistiu para que eu o iniciasse. Ao responder - lhe que não me sentia á vontade para fazê-lo, em virtude de seu estado, disse - me em tom provocante e com certa ironia :« Vejo que você é um jornalista muito tímido.» No mesmo tom lhe respondi, que não me tinha pronunciado como jornalista, mas como médico .« Comandante, as suas condições não lhe permitem dar qualquer entrevista», disse-lhe eu. Olhando-me , meio surpreso e sempre irónico, replicou: « Companheiro, eu não falo como doente, também falo como médico. Em meu entender, estou em condições de dar a entrevista.» Mas a crise de asma não melhorava, tornando impossível o diálogo. Foi necessário adiá-lo. Reencontrámo-nos dias depois. Estava, então, quase eufórico. Referindo-se á atitude dos cidadãos cubanos de origem africana, à sua fraca participação na revolução, disse não gostar de se referir á origem ou à raça dos homens. Apenas à espécie humana, a cidadãos, a companheiros. Manifestei-lhe a minha total concordância. «A verdade », disse-lhe eu, «é que a revolução cubana tinha suscitado em todos nós , africanos, uma enorme expectativa, muita esperança, pois que, pela primeira vez, assistia-mos a um processo revolucionário de cariz marxista, num país subdesenvolvido e eis - colonial , tendo, lado a lado, cidadãos de origem europeia e africana, e onde a discriminação racial tinha sido, e ainda era, tão notório.» Cuba seria pois, para nós, africanos, um teste. Seguíamos atentamente a sua evolução e queríamos ver como seria resolvido este problema. Muitos, em África, mostravam-se cépticos. Mais do que interesse, da nossa parte existia ansiedade. Segundo Che Guevara , a população de origem africana, a principio, não participava no processo. Via-o com uma certa indiferença, como mais uma luta… «deles». Mas a desconfiança estava a desaparecer, era cada vez maior a adesão, á medida que iam constatando que este processo era totalmente diferente daqueles que o precederam. Que era um processo para todos. Che Guevara acabava de chegar do Congo - Brazzaville.Visitara as bases do MPLA em Cabinda (de facto, na zona fronteiriça Congo/ Brazzaville /Cabinda) . Pedi - lhe que me desse as impressões da sua visita. Che não era um diplomata, mas um guerrilheiro, e foi directamente à questão: « O MPLA tem ao seu dispor condições de luta excepcionais. Quem nos dera a nós que, durante a guerrilha, em Cuba, tivéssemos algo comparável. Mas estas condições não estão a ser devidamente aproveitadas, exploradas … O MPLA não luta, não procura o inimigo , não ataca… O inimigo deve ser procurado, deve ser fustigado, deve ser perseguido, mesmo no banho. Agostinho Neto está a utilizar a luta armada apenas como mero instrumento de pressão política.» Dei parte da conversa a Agostinho Neto. Não reagiu. Tal como a Lúcio Lara, que me respondeu: « Os cubanos falam demais.» Mas Che falava verdade. Durante vários anos, na minha qualidade de responsável dos serviços de assistência médica da 2º região político - militar do MPLA (Cabinda ) , fui disso testemunha a cada passo. Aí e assim , como contestação a esta e outras situações idênticas, surgiria dentro do movimento, antes de Abril de 1974, a Revolta Activa. Hugo José Azancot de Menezes foi médico. Foi um dos fundadores do MPLA
APELO AO DR CARLOS PACHECO (luanda): Exmo Sr Dr Carlos Pacheco (Historiador). Fara oito anos que um dos fundadores do mpla , o Dr hugo josé Azancot de Menezes faleceu ,tendo a viuva confiado em si e ter depositado as memorias. Lamentavelmente ñão se compreende quais as razões do não lançamento dessas memorias e esta situação começa a preocupar e por em causa uma serie de sapectos. Desejando que não esvazie o conteudo para outros interesses pessoais.
anónimo (luanda): Exmo Sr Dr Carlos Pacheco (Historiador). Fara oito anos que um dos fundadores do mpla , o Dr hugo josé Azancot de Menezes faleceu ,tendo a viuva confiado em si e ter depositado as memorias. Lamentavelmente ñão se compreende quais as razões do não lançamento dessas memorias e esta situação começa a preocupar e por em causa uma serie de sapectos. Desejando que não esvazie o conteudo para outros inteesses pessoais.
anónimo (luanda): O PERCURSO De DR HUGO JOSÉ AZANCOT DE MENEZES De regresso ao pais que o acolheu, Hugo utiliza da sua influência junto do presidente Sekou-touré a fim de permitir a entrada de alguns camaradas seus que então pudessem lançar o grito da liberdade. Lúcio Lara e sua família foram os primeiros, seguindo-lhe Viriato da Cruz e esposa Maria Eugénia Cruz , Mário de Andrade , Amílcar Cabral e dr Eduardo Macedo dos Santos e esposa Maria Judith dos Santos e Maria da Conceição Boavida que em conjunto com a esposa do Dr Hugo José Azancot de Menezes a Maria de La Salette Guerra de Menezes criam o primeiro núcleo da OMA ( fundada a organização das mulheres angolanas ) sendo cinco as fundadoras da OMA ( Ruth Lara ,Maria de La Salete Guerra de Menezes ,Maria da Conceição Boavida ( esposa do Dr Américo Boavida), Maria Judith dos Santos (esposa de um dos fundadores do M.P.L.A Dr Eduardo dos Santos) ,Helena Trovoada (esposa de Miguel Trovoada antigo presidente de São Tomé e Príncipe).
anónimo (luanda): O PERCURSO De DR HUGO JOSÉ AZANCOT DE MENEZES De regresso ao pais que o acolheu, Hugo utiliza da sua influência junto do presidente Sekou-touré a fim de permitir a entrada de alguns camaradas seus que então pudessem lançar o grito da liberdade. Lúcio Lara e sua família foram os primeiros, seguindo-lhe Viriato da Cruz e esposa Maria Eugénia Cruz , Mário de Andrade , Amílcar Cabral e dr Eduardo Macedo dos Santos e esposa Maria Judith dos Santos e Maria da Conceição Boavida que em conjunto com a esposa do Dr Hugo José Azancot de Menezes a Maria de La Salette Guerra de Menezes criam o primeiro núcleo da OMA ( fundada a organização das mulheres angolanas ) sendo cinco as fundadoras da OMA ( Ruth Lara ,Maria de La Salete Guerra de Menezes ,Maria da Conceição Boavida ( esposa do Dr Américo Boavida), Maria Judith dos Santos (esposa de um dos fundadores do M.P.L.A Dr Eduardo dos Santos) ,Helena Trovoada (esposa de Miguel Trovoada antigo presidente de São Tomé e Príncipe).
anónimo (luanda): O PERCURSO De DR HUGO JOSÉ AZANCOT DE MENEZES Hugo de Menezes nasceu na cidade de São Tomé a 02 de fevereiro de 1928, filho do Dr Ayres Sacramento de Menezes. Aos três anos de idade chegou a Angola onde fez o ensino primário. Nos anos 40, fez o estudo secundário e superior em Lisboa, onde concluiu o curso de medicina pela faculdade de Lisboa. Neste pais, participou na fundação e direcção de associações estudantis, como a casa dos estudantes do império juntamente com Mário Pinto de Andrade ,Jacob Azancot de Menezes, Manuel Pedro Azancot de Menezes, Marcelino dos Santos e outros. Em janeiro de 1959 parte de Lisboa para Londres com objectivo de fazer uma especialidade, e contactar nacionalistas das colónias de expressão inglesa como Joshua Nkomo( então presidente da Zapu, e mais tarde vice-presidente do Zimbabué),George Houser ( director executivo do Américan Commitee on África),Alão Bashorun ( defensor de Naby Yola ,na Nigéria e bastonário da ordem dos advogados no mesmo pais9, Felix Moumié ( presidente da UPC, União das populações dos Camarões),Bem Barka (na altura secretário da UMT- União Marroquina do trabalho), e outros, os quais se tornou amigo e confidente das suas ideias revolucionárias. Uns meses depois vai para Paris, onde se junta a nacionalistas da Fianfe ( políticos nacionalistas das ex. colónias Francesas ) como por exemplo Henry Lopez( actualmente embaixador do Congo em Paris),o então embaixador da Guiné-Conacry em Paris( Naby Yola). A este último pediu para ir para Conacry, não só com objectivo de exercer a sua profissão de médico como também para prosseguir as actividades políticas iniciadas em lisboa. Desta forma ,Hugo de Menezes chega ao já independente pais africano a 05-de agosto de 1959 por decisão do próprio presidente Sekou -Touré. Em fevereiro de 1960 apresenta-se em Tunes na 2ª conferência dos povos africanos, como membro do MAC , com ele encontram-se Amilcar Cabral, Viriato da Cruz, Mario Pinto de Andrade , e outros. Encontram-se igualmente presente o nacionalista Gilmore ,hoje Holden Roberto , com o qual a partir desta data iniciou correspondência e diálogo assíduos.
anónimo (luanda): VÁRIAS PESSOAS COMEÇAM A PENSAR QUE O DR CARLOS PACHECO POR RAZÕES DE MAIOR IDENTIFICAÇÃO COM O VIRIATO DA CRUZ E UM CERTO LOBBY DESTA MESMA LINHA NÃO ESTARÁ INTRESSADO A LANÇAR A BIOGRAFIA DO DR HUGO JOSÉ AZANCOT DE MENEZES. SENDO ASSIM ACONSLHAM QUE SE RETIRE A BIOGRAFIA A FAVOR DE UM OUTRO HISTORIADOR. HÁ MAIS DE SETE ANOS QUE FALECEU O DR HUGO JOSÉ AZANCOT DE MENEZES ,UNS DOS FUNDADORES DO MPLA E A QUASE OITO ANOS QUE QUE O HISTORIADOR CARLOS PACHECO ESTA EM POSSE DA BIOGRAFIA EM CAUSA.
anónimo (luanda): VÁRIAS PESSOAS COMEÇAM A PENSAR QUE O DR CARLOS PACHECO POR RAZÕES DE MAIOR IDENTIFICAÇÃO COM O VIRIATO DA CRUZ E UM CERTO LOBBY DESTA MESMA LINHA NÃO ESTARÁ INTRESSADO A LANÇAR A BIOGRAFIA DO DR HUGO JOSÉ AZANCOT DE MENEZES. SENDO ASSIM ACONSLHAM QUE SE RETIRE A BIOGRAFIA A FAVOR DE UM OUTRO HISTORIADOR. HÁ MAIS DE SETE ANOS QUE FALECEU O DR HUGO JOSÉ AZANCOT DE MENEZES ,UNS DOS FUNDADORES DO MPLA E A QUASE OITO ANOS QUE QUE O HISTORIADOR CARLOS PACHECO ESTA EM POSSE DA BIOGRAFIA EM CAUSA.
anónimo (luanda): VÁRIAS PESSOAS COMEÇAM A PENSAR QUE O DR CARLOS PACHECO POR RAZÕES DE MAIOR IDENTIFICAÇÃO COM O VIRIATO DA CRUZ E UM CERTO LOBBY DESTA MESMA LINHA NÃO ESTARÁ INTRESSADO A LANÇAR A BIOGRAFIA DO DR HUGO JOSÉ AZANCOT DE MENEZES. SENDO ASSIM ACONSLHAM QUE SE RETIRE A BIOGRAFIA A FAVOR DE UM OUTRO HISTORIADOR. HÁ MAIS DE SETE ANOS QUE FALECEU O DR HUGO JOSÉ AZANCOT DE MENEZES ,UNS DOS FUNDADORES DO MPLA E A QUASE OITO ANOS QUE QUE O HISTORIADOR CARLOS PACHECO ESTA EM POSSE DA BIOGRAFIA EM CAUSA.
anónimo (londres): O historiador prometeu escrever sobre sobre uns dos fundadores o Viriato da Cruz ainda não o fez; Ha mais de sete anos que faleceu outro fundador do mpla o Hugo josé Azancot de Menezes ha mais de sete anos e que você possui as suas memorias e prometeu lançar ainda não o fez . Será que que ja caiu no circuito da corrupção e moralmente ja se encontra debilitado ?
anónimo (lisboa): Felizmente ainada a pessoas sérias neste planeta que ainda não se deixaram corromper pela cor do dinheiro ou por mordomias passageiras. Reconheço grande talento e seriedade ao Dr Carlos Pacheco que tem reposto muita justiça a começar pela desmistificação da mentira da fundação do mpla pelo bando de oportunistas da era do Agostinho Neto que conseguiram destruir os obreiros da fundação do mpla que teve a sua gênese em Conacri e que constituiu a quartel de toda estratêgia do que seria o mpla e todos seus estatutos que esse bando de oportunistas sempre quizeram abafar e subestimar em substituição de mentiras e conivências absurdas e sempre a tentar enganar os cidadãos, etc... Muita coisa falta para esclarecer sobre o mpla ,desde o calar da boca do papagaio do pseudo fundador do mpla o clientelista sr André Franco de Sousa quer quer passar por fundador do mpla para fazer valer os seus pequenos empreendimentos ou salvaguardar os compromissos que fez em nome da mentira como fundador quando o mpla se fundou a partir da conferência de Tunis em que esse pequeno serventuario deveria estar a servir de bom informador. Dr Carlos pacheco foi o Único Historiador que dignificou todos os fundadores do mpla a começar pelo Mario pinto de andrade,Hugo josé azancot de menezes , viriato da cruz ,eduardo macedo dos santos ,matias e miguéis e até O lucio Lara que foi sempre o braço de ferro do Agostinho Neto e que ajudou a asfixiar os outros fundadores. Dr Carlos Pacheco sempre levantou as questões tabús em Angola quando a sociedade de intelectuais cobardes sempre se preocuparam emsuas negociatas em vez de credibilizar as questões de âmbito nacional. A questão do 27 de maio como oproblema de grande importância para causa nacional começou também a ser levantada por esse intectual angolano corajoso. Esperando que outros historiadores e historiadoras sigam esse exemplo de bravura e de dignidade para relançar reordenar a verdade histórica e afastar a mentira protegida por milhões e lobbys de oportunistas autênticos gangs de malfeitores desesperados.
sala sala (madagascra): para falar de savimbi podemos dizer que nao è facil nem mesmo dificil è preciso conhecer a sua estoria pode conpriender o seu mutivo,existen muitos porques.por ultimo digo era um grande..............
sala sala (madagascra): para falar de savimbi podemos dizer que nao è facil nem mesmo dificil è preciso conhecer a sua estoria pode conpreender qual era o seu mutivo,existen muitos porques.por ultimo digo era um grande..............
Yuri Lukene Rodrigues da Cunha (Londres): safimbi so e grande em mente de quem nao entende o que e ser-se grandioso. Nem e possivel comparar um sanguinario que nunca veu paIs nem um conspirar contra ele a nao ser ha grande paranoia a que sempre o acompanho.Onde e que esta os angolanos Inteligente(membros fundador da quele partido)que o Nosso Planalto "veu" nascer?sobre estes nunca ninguem fala. OK! Viva Angola e todo o Nosso Povo
Pátria (Luanda): Savimbi foi Cobra venenosa
Anónimo : se Savimbi fosse realmente democratico, tiria feitos congressos livres e justo e com mais de um canditado a presedencia dentro da unita
anónimo (luanda): todas suas críticas e análises têm sua lógica,mais afinal qual é o looby que o encomenda esta prestação e este compromisso tão contínuo e com beneficios poucos transparentes. Não queira de forma tão obcecada controlar todos impulsos sociais e cumpra os seus deveres como profissional e como homem sensato como quer demonstrar
Langa-Langa (London terra aleia): Não sei se nesta página é ou não é lícito dizer a verdade...Pois embora a verdade pode doer...mas também corrigi ou educa. Portanto não entendo quando alguém diz a verdade"ofensas não" mas simplesmente o q é verídico, os managers desta página bloqueiam o comentário. Será q vocês querem q todos nós concordamos com certas besteiras q vocês nos informam?
Anónimo (Luanda): O carlos pacheco com seu artigo revelou que apesar de tudo e um branco racista,pois nao faz muito tempo confrontou neste e noutros jornais os grandes assassinos do MPLA durante o 27 Maio tais como Pepetela,onambue,costa Andrade e outros,so o 27 maio levou quase 70.ooo Angolanos mais selectivos meaioritariamente meambros do MPLA,Savimbi seguramente matou alguns dos seus quadros mais sejamos sinceros estes nao nem um 1% dos que o Agostinho matou, porque clarear a imagem de Neto,e sempre Diabolizar a de savimbi?Se calhar e porque um representa amioria autoctone,e o outro representa a minoria criola dominante,sendo Pacheco um branco nem se preocupou com justica intelectual.
Anónimo : Vocês têm razão, dr Savimbim apesar de ter sido um condutor de homens, apesar de constituir uma grande referência para os estudiosos de ciências políticas ou de guerra de guerrilhas, foi na verdade um GRANDE ASSASSINO !!! Seria uma grande vergonha, para nós angolanos, transformarmos esse assassino em herói nacional ? Seria mais compreensível dar o nome de uma rua ao falecido presidente norte-americano, Ronald w. Reagan ou ao cleptocrata africano mais famoso de todos tempos, Mobutu Sesse Seko Wa Zabanga, do que fazer de Savimbi herói !!!!!!
Uamba chimualuga : Muito bem sei que o senhor revisa muito os livros antigos,mas esse senhor Pacheco que diz ser historiador angolana nasceu onde; é mesmo angolano!porque que o senhor perde tempo a irritar-se com com os valores humanos que se atribui ao dr savimbi,se a carrapuça lhe doi tanto,lhe aconselho falar com o camarada kwata kanawa para informatizar o comentario que havia feito logo apôs o assasinato do dr Savimbi quando reclamava o premio nobel da paz para o presidente jose eduardo dos santos esse sim o senhor acha ser o grande democrata,eu estou bem proximo da noruega aonde se da o tal premio,o mandela recebeu mas foi dividido a meio recordo-se? Pois bem fica bem claro o dr savimbi foi mesmo o grande pilar para demcracia em angola na minha angola onde os meus bizavôs avos os meus pais os meus filhos nasceram.como ja nem a historia de portugal conseques escrever porque sei bem e se calhar com medo do saramago para não te criticar por babuzeiras então podes quqndo poderes continuar a fala mal do dr savimbi,mas uma coisa fica claro quando chegar a hora em que os musicos com letras em umbundo,em fioty,kikongo,nganguela tiverem saida e sem bloqueio ai o povo talvez conhecerá a histotia do povo angolano.Até amanhã.
Anónimo (Luanda): Não restam dúvidas de que o mais-velho era mesmo um sanguinário. Assassino é o sinónimo que melhor se assenta à sua pessoa. Ele não queria o bem do povo angolano, mas sim sentar-se a todo o custo no cadeirão da República. Quem pensa ao contrário só são aqueles que ainda continuam com o culto de personalidade no mais-velho.
Kadiê Tuji Omé (Bairro Cuba, Lixeira, Sambizanga, Luanda): Savimbi, para herói nacional ??? Mesmo ao nível interno da UNITA, duvido se haja consenso relativamente a fazer-se de um homem que matou friamente (Já não direi os seus inimigos, porque, se calhar, alguém dirá todos isso fizeram!), mas Savimbi matou George SANGUMBA, VAKULUKUTA, Wilson DOS SANTOS, quase toda família CHINGUNJI, Altino SAPALALO, quer dizer matou até os seus mais directos colaboradores. Se Savimbi for transformado em herói nacional, qual serioa o legado dele a ser ensinado às gerações vindouras, para as quais o sobrenome Savimbi vai ter o mesmo equivalente de Adolf Hitler na Alemanha, de Idi Amin Dada no Uganda, de Pol Pot no Cambodia, de Foday SAnkho na Serra Leoa, para só citar estes ? Não é apenas uma questão de ser-se do MPLA ( porque a tendência é esta), quando se está a analisar aqui a perspectiva diabólica de vermos amanhã "SAVIMBI, HERÓI NACIONAL" Savimbi deve ser um nome a ser esquecido, por mais que isso custe e eu até me atreveria a dizer que os seus descendentes que carregam o seu sobrenome serão os primeiros a erradicarem esse sobrenome que lenda Ngangela significa o "Deus da guerra ou da morte". Duvido que a terceira geração dos seus descendentes ( teve muitos filhos de rapazes, no mínimo, para esse efeito) apareçam com o seu sobrenome. Aliás, até devia ser interdito, a semelhança do que ocorre na Alemanha com o sobrenome Hiltler !
Mamona Mbwa Mafuila ku Mbundu (Norway): O garnde erro q se comete en angola e permitir q estrangeiros escrevam a historia de angola sem fundamentos logicos e queiram denegrir a realidade,uma coisa devemos ter em foco e q o poder de sao-Tome usara sempre o tribalismo para continuar a reinar em angola,por isso e hora de q no unamos e respeitemos como seres humanos e deixemos o passado q seja passado mas q construamos um amanha onde todo angolano tem direitos e deveres e nao direitos pra alguns de sao-Tome e pao duro para os bantus...Amen
Anónimo : OFEKA YO NGOLA YETU TUA TEKAVÃ. OCINDELE NDA IYA LOMBEMBUA AKALE...PUAĨ NDA OTUKOKELA OLONDAKA, ANDE KIMBO LIYE, KOFEKA YO VINDELE. PRIMEIRO ANGOLANO, SEGUNDO ANGOLANO...ANGOLANO SEMPRE. PENSE NISSO MPLA...
Ly Benguela : Pelo menos o DR. Jonas Malheiro Savimbi, não deu Angola para os estrengeiro e ele não admitiria nunca essa colonização diplomática. ele fez coisas más sim...mas também...quem não fez. Meu Avó foi morto e queimado pelos soldados do MPLA. também não tenho boas lembranças do MPLA. Se não o querem como heroi nacional, ele o será no coração de quem quiser (como no meu) e isso nenhum historiadorzinho que se diz angolano, mas que na verdade é historiador do MPLA pode mudar. VIVA SAVIMBI " PRIMEIRO ANGOLANO, SEGUNDO ANGOLANO, ANGOLANO SEMPRE"
Anónimo : O ui era CARNIVORO!!!
Gonçalo laerda (Brazil): O meu agradecimento ao senhor Pacheco pelo excelente artigo, a já algum tempo que noto que algumas pessoas tentam erguer a imagem de Jonas Savimbi(inclusive o atual lider Kuacha) só tenho a lamentar como jovemque sou... Comparar J.S com Grades nomes Africanos????? Jomo Kenyata??? Samora Machel??? Agostinho Neto??? Jamais a Unita poderá fazer isso, Savimbi foi um assassino cruel que não soube lutar pelos seus ideais(se os teve de verdade), em quase toda familia angolana ele levou um familiar...Olhem para as nossas cidades... Sinceramente, nem parece de gente estudada certas afrmaçoes!!!
Anónimo : Parabèns ao senhor Pacheco pela forma critica com a qual escreve o artigo. Quanto ao narigao que para o inferno.
ganga (malange): voces ja repararam o charme do tio bimbi, ele foi bonito não é?
Anónimo : Penso que nunca nos livraremos das influencias ideológicas e o senhor pacheco um tal historiador acaba de ser este exemplo. E agora nos aqui para convidar-nos a empurrar um carro sem rodas. Empurra tu sozinho, hoje ninguem aceita mais esta mentira. Quer negar o facto de que savimbi em muitas intervençöes públicas falou da democracia, da liberdade, do multipartidarismo? Diz-me lá senhor historiador de memória curta! De que forma o MPLA se fez com o poder? Quando é que tu participaste de um processo democrático para eleger os dirigentes do MPLA? Porque é que depois da morte de Neto dos Santos chegou ao poder sem ser eleito pelo povo? Empurra tu sozinho este carro de mentiras sem rodas.Estás a contar-nos uma história a tua medida. Pois te digo que isto já nÄo funciona e deves deixar que os outros ofereçam outra leitura. Sem a independência da Namibia que esteve condicionada por África do Sul aí e os Cubanos aquí, somado ao caso da PERESTROIKA que acabou com a extinta URSS, o escurraçamento dos cubanos, as negociaçöes com a UNITA, a presença de USA, Russia e Portugal te garanto que o MPLA nunca se interessaria de mudanças. Esta é uma verdade que procuraste ocultar. A outra é a que diz respeito a historia do nacionalismo angolano. E se queres falar deste assunto, forçosamente tens que falar de Agostinho Neto, de Holden Roberto e de Savimbi. Estes senhores säo anteriores a data da independência de Angola. Os tugas sairam sem resolver este tema. Por isso cada um destes buscou apoios para fazerº valer as suas teses sobre o que queria de Angola e para Angola. E porque estavamos no contexto da guerra fria, Tanto USA como URSS, queriam todos controlar a África atraves de suas políticas pagando mal o que valem os nossos recursos, que fizeram UNITA e MPLA? Cada umcom seus aliados e entraram em confrontos. Uma guerra que nos impuseram. Obrigaram-nos a combater, nos rusgaram e deixaram-nos nas tumbas ou hand caps, fisica,intelectual e culturalmente. Os poucos formados säo como tu. Fazes uma leitura deturpada da realidade e projectas o teu problema nos outros.
Kissonde : No assunto da agua 14 comentarios, questionao burro! Aqui mais de 100. pois se o homem que podia dar agua o mataram, alguém acredita nos que depois de 30 anos de governação nunca deram agua? Cada Burro!
Anónimo : eu pergunto vosses os coitados povo angolano,isto e mesmo a verdade que vosses gostam muito da desgraca que existe em angola.afinal quanto e que vai se realizar as eleicoes.ja que o partido democratico do mpla esta no poder.consuate as vossas visao.boa sorte pra vosses os cegos contaminados no systema fanaticos.
Nelo (nelo6@msn.com): Senhor Carlos Pacheco, você está de parabéns. Como historiador e angolano que você é! É horrível pensar que temos pessoas no nosso país, que ainda possa acreditar que esse fantasma e maniaco foi um Democratico. Savimbi é o pior personagem que a história de Angola já teve, e esses políticos, da Unita, deveriam por a mão na consciência para rever a visão que sempre tiveram do seu lider. Se não continuarem a serem vistos como um bando de assassinos e marginais.
joy fou : ok vcs chamam o savimbi de pai da democracia ,isso so mostra a vossa falta de imformassam ,porq nunca vi nenhum vestigio nem ato democratico no savimbi,se ele o fosse viam-se os vestigios na unita o q nao foi o caso,eles propios vieram das matas e falaram da brutalidade do savimbi aonde so valia a sua ordem isso nao `e democratico aonde q vcs viram osavimbi a agir como um democrata ,so for no sitio aonde xta agora
joy fou (no sitio serto): acredito q daqui a 100 anos ja nao haja ninguem em angola q tenha vivido as fassanhas da guerra ,nesta altura talvez as coisas funcionen ,porq as feridas ainda nao xtam saradas e isso `e compreensivel,por isso deixo tudo nas maos das proximas gerassoes . e viva angola ela `e mais impotante q todos n`os e os nossos ideias malucos,eequanto a solussam `e simples `e so amor ao proximo
Anónimo : Voçê é uma mulata distraída e mula...só assím se justifica apoiar este ser horripilante, demoniáco e maldoso! acho mesmo que voçê deve ser a tal Sandra matumba!
Anónimo (Angolano): QUEIRAMOS OU NÃO ACEITAR JONAS SAVIMBI FOI UM GRANDE LÍDER! Assim se fazem os líderes.Lamentei a forma desrrespeitosa como o governo Angolano, permitiu passar a imagem da morte de Savimbi que correu o Mundo na pior humilhação, o Angolano vai-se lá saber porquê sempre teve a mania de rebaixar a sua própria raça. Na verdade não tem a haver com sermos pretos ou mulatos a alguns comentaristas, tenho a dizer que,essa guerra mesquinha se não acabar um dia seguiremos o exemplo do Ruanda. Eu sou mulata e não tenho de ouvir piadas acerca de bem estar de vida, privilégios etc... Mas existe algo de errado ou de oportunista na política do MPLA que, se intitula único defensor dos mulatos... A UNITA não gosta dos mulatos!? Nito Alves iria fazer uma razia aos mulatos!? FNLA comia crianças... Pois é, todos continuamos a mostrar a nossa acentuada burrice quando em 1 lugar não estáo Angolano em 2º lugar não está o Angolano, mas sim em último... Então a luta de Jonas teve fundamento, não se fixem apenas no lado negativo.
Don (por aí): No assunto da água, 14 comentários! neste assunto aquí, talvés mas de 100! donde está a prioridade dos angolenses? o qué que os angolenses andam a pensar meu deus? àgua que é vida...nao comentam nada! agora para falar do morto...blá,blá,blá..´`Africa, mama mia, Àfrica....Quo Vadis Àfrica?
djunior o bailundo gostado (lx): HA MALES QUE VÊM PARA BEM......
Mwangole (Falamos muito): O caso Savimbi=como galihnas, e um caso passado. Vamos fazer esforcos para acabar com a pobreza e outros assuntos.
Dr. Corujão : Não fosse a deturpação planejada dos fatos históricos e a maquiagem da realidade, quiçá, estivéssemos perante uma análise digna dos grandes. Pena! No entanto, a meu sentir, os movimentos que se deram pela independência de Angola, no que se refere aos direitos fundamentais, todos, sem exceção, deixaram a desejar. E, mais do que isso, os angolanos o sabem! Quanto ao texto, só peca pela falta de uma conclusão isenta, embora em suas análises tenha feito referência aos desmandos do atual governo, porém, a tentativa de "poupar" JES é flagrante, esquecendo-se, mesmo dos invejáveis "cultos" que lhe são oferendados por seus loquazes e fiéis escudeiros. O que há de diferente em JES com as conclusões que faz de JS? Nada. Nada mesmo! Só para refresco, é bom que se saiba que a prática é comum em Áfrika e, ao que se assiste dificilmente nos deixará tão cedo!
negro (negro Angolano): lamento bastante a morte deste senhor, mas nos ja nao temos tempo para lamentar a vida inteira. os pretos sao muito burros nos os mulatos vamos governar sempre este pais fique mal quem ficar mas a vida e assim estao ali a falar mal dos criolos voces nascerao para serem escravos mesmo o jes tambem e preto joao ainda nao derao conta
bbb : Savimbi 'e imcoparavel, um dos unicos combatentes e heroi nacional que Angola ja teve...Dr.Savimbi o pai da democracia em Angola.
kapamba (kapamba@hotmail.com): por favor digam-me, o cota bimbi aqui nesta foto está muito charmoso não é? por isso é que ele conseguia ter relações sexuais com todas damas dos seus subordinados. acreditem o cota era mesmo bonito, charmoso, mais não era democrático, era apenas um instrumento dos americanos que mataram-lhe quando acharam que ja não precisavam dele, só que o mpla como quero mostrar ao povo que são poderosos disseram que foram eles que mataram o cota bimbi. o povo como ja estava cansado da guerra pois-se a festejar de alegria, glorificando o mpla sem saber a verdade. o que mais arrebentou com o cota bimbi foi a guerra psicologica que os americanos fizeram com ele, quando o cota bimbi sentiu-se abandonado pelos seus amigos americanos, europes suicidou-se. o corpo do cota bimbi já estava podre quando a comunicação social mostrou. tenham cuidado meu povo angolanos analisem bem as coisas e não façam juizo de valores.
FRANCISCO XAVIER (LUANDA): É NORMAL EM DEMOCRACIA AS DIVERÊNCIAS DE OPNIÕES,AGORA O QUE SENHOR JORNALISTA DIZ, NÃO É UM DOGMA... ESTAMOS CONCIENTES DA BRUTALIDADE DA GUERRA. DEVO DIZER QUE NÓS MELHOR DO QUE NINGUÉM,OLHAMOS PARA O PASSADO DE FORMA Á CONSTRUIR UMA ANGOLA MELHOR. TODOS LIDERES ERRAM E O SR. SAVIMBI NÃO FOI EXCEPÇÃO. TEMOS UM LEGADO, NÃO SÓ NO SENTIDO NEGATIVO MAS TAMBÉM PROCUREMOS DEMOSTRAR AOS ANGOLANOS A PARTE POSITIVA DO LEGADO.OBRIGADO.
minguito (democracia????): no pais democràtico,os lideres naõ se odeiam assim! todos lideres que tem o entereçam desenvolver angola naõ è necessàrio se odiaren desta forma. voces comemoraram a morte do savimbi,dizendo que angola esta livre.!!! agora voces estaõ a rezistar-se quando tera as eleicoès lugar? desde a morte do savimbi ja é um mandato concluido nos governos como estados unidos de américa ou englaterra,paises democraticos . a qui em angola quando sera o fin do mandato do mpla,pt? angolanos comemóram sempre pessoas que nunca foram errois!comtinue sempre a comemorar com o vosso sofrimento!!!!! a cólera esta a vir uma doença taõ pequenina que o mpla naõ consegue combater apesar de tantas armas que voces tém. agora a polìtica è se meter nos casos dos vizinhos.
viva Angola (carlos usa): Gostei imenso da forma que o autor deste artigo espoes as suas ideias na imparcialidade mas contudo é de salientar que foi o MPLA quem sempre fugiu ao jogo democratico desde 1975,e Savimbi só foi um instrumento usado pelo ocidente e os estados unidos da america;até porque a democracia tem sim muito a ver com a unita e com savimbi visto que estavao empenhados no processo democartico em Ángola,bem ou mal o governo também esteve empenhado mais com muitas reticencia,visto que nao é facil abandonar o poder e tudo em nome da democracia e muito mais em Africa!...Contudo Savimbi nao soube tirar proveito das falhas do governo que era esperar com o tempo e aceitar o jogo sujo do MPLa com humildade,quero eu dizer aceitar o resultado das eleicoes humildemente mesmo sabendo que forao manipulados pelo MPLA,daí poderia surgir cobrando e pressionando o MPLA,na lideranca do país,até porque o MPLA nao é tao forte quanto aparenta só é astuto,a unita teria muito a ganhar na oposicao pressionando e ganharia naturalmente as prossimas eleicoes,Savimbi quer os historiadores queirao ou nao,é sim uma pedra fundamental da democracia em Angola,senao seriamos igual a democracia verificada na RUSSIA E CUBA onde o governo de Angola aprendeu imenso mas com a politica norte Americana o governo teve que se render ao jogo democratico arquitectado pelos americanos.
Muabna Pó (LUANDA): oiii lembrei-me uma passagem que o pai da democracia hahia dito (quando eu ganhar os Malajinos vam empurrar o combio com os dentes)fim da citção .será que um democrata divede povos? o M P L A e o seu lider são os democratas porque lembro-me no Moxico quando a morte do lider deles o savimbi os resto so faltava alguns dia para morrer de fome cheio de bichos , mas os democratas não fizeram isso mandartam parar com a guerra para os salvar porque o mais importante era tirar a pedra pelo caminho.ficaram tantos anos na mata nunca brilharam como estam a brilhar so com 4 anos na cidade mas mesmo assim não esquecem da má vida que tiveram na mata pacaça é mesmo pacaça.
Savimbi foi um Fugileiro(a foto demostra) (O Savimbi,e mesmo um assacino;vejam a foto!): Gostarem como nao;eu digo que o Savimbi era um assacino.
p/Carlos Pacheco, Historiador angolano (Lisboa): Tu deves ser branco e daqueles que gostaria de ter o Savimbi na presidencia de Angola, mandado pelos portugueses. Savimbi é pagina virada na historia de Angola. Nao merece ter nome na historia. Podes coloca-lo na historia de Portugal. Ele foi servente dos portugueses. Os angolanos, negros, nao tem interesse no Savimbi, nem mesmo os que militam na UNITA. So voces mesmo, angolanos brancos, filhos de colonos portugueses, andam atraz da historia do vosso criado e amigo, Jonas Savimbi. Voce é historiador angolano, com nacionalidade portuguesa e todos os direitos dos portugueses, nao é assim? Andas a escrever a historia dos portugueses em Angola ou a historia dos angolanos?
Anónimo : SEM MARGEM PARA DÛVIDAS, EM ANGOLA O DR. JONAS MALHEIRO SAVIMBI FOI O PAI DA DEMOCRACIA. NÃO ENTENDE QUEM NÃO QUER E A PROVA DISTO Ê QUE A UNITA SEGUE OS SEUS ENSIMNAMENTO. ACHAS QUE Ê O MPLA O PAI DA DEMOCRACIA EM ANGOLA? LAMENTAVELMENTE, FOI NECESSÂRIO FAZER A GUERRA PARA HAVE DEMOCRACIA
Anónimo : o savimbe ja e falecido e acabou...
Muabna Pó : Na vida é sempre assim cada um poxa a brasa para sua sardinha, iso este de tal que pretende constuir um monumento ou que tal homenagem pretende fazer para o seu lider calibalista esqueceram se ele é o pai da democracia em Angola eu aceito mas tambem esqueceram de lho-o tribuir a outra homenagem que é maior que este.A do pai da desgraça em Angola porque com a guerra que asolou o país muitos deles de má fé aproveitaram robar.fuiiiiiiiiiiiiiiii
savimbi (beirute): gostaria de questionar o autor desde artigo, se sabe quando morreu Nito Alves ? quem o assassinou ? e quem o assassinou ? obrigado...
Muabna Pó : Nvida é sempre assim cada um poxa a brasa para sua sardinha, iso este de tal que pretende constuir um monumento ou que tal homenagem pretende fazer para o seu lider calibalista esqueceram se ele é o pai da democracia em Angola eu aceito mas tambem esqueceram de lho-o tribuir a outra homenagem que é maior que este.A do pai da desgraça em Angola porque com a guerra que asolou o país muitos deles de má fé aproveitaram robar.fuiiiiiiiiiiiiiiii
Kissonde : A história de Angola independente não começa em 1992. Começa em 1974, quando Savimbi ia ganhar as primeiras eleições democraticas e foi imposta a guerra pelo Mpla para usurpar o poder pela força. Por isso o primeiro culpado da destruição de Angola em todos os sentidos é do Mpla e seus camaradas. Uma esponja não consegue apagar o que se passou de 74 a 92. Sejamos sérios! Digam o que disserem esta é a verdade nua e crua e que doi a muita gente. Savimbi ia GANHAR AS ELEIÇÕES em 1975!
ANDULENSE : Nenhuma nação progressista foi construída com falinhas mansas. A guerra não come capim.... savimbi matou familiares meus, dos santos matou familiares meus. Qual deles é o melhor? savimbi morreu há quatro anos, angola é um país riquíssimo.... há angolanos a passar fome ainda hoje e os estrangeiros têm como angola o paraíso das oportunidades.... que debates serão os mais oportunos????? liguem-se.... não se iludam com balelas..........
Cunha : Enquanto Angola existir a historia do Savimbi e de Angola nunca sera esquecida e sera corrigida. Estes historiadores e cumunistas tortos e mentirosos querem que os estrangeiros continuem a roubar e ditruir o nosso pais.
Cunha : Pelo menos o falecido Jonas Savimbi era um Angolano. Agora o camarada JES e estrangeiro, generais mulatos e estrangeiros. A guerra!!! Quando e que vai acabar?
Nhanga, Malanjinho : Em 1977 o Mpla sobre o Falacido Neto que o diabo cuide dele, mataram muita genta porque dizem que sao feticeiros. porque que esta facto nao e escrito? tem medo das armas? Para voce saber que o outro e feticeiro, voce tambem tem que ser um. Voces estao a dimonizar o Savimbi para as pessoas esquecerem que voces tambem fizeram a mesma coisa se nao o pior. Fuji
voz do sul : prefiria eu tombar como ele tombou do que morrer na russia com graves problemas de figado , devido ao liquidito escoces chamado scott wisckie ...
Anonimo (Infiltrado no futungo Sie): Sr pacheco ... o Sr n sabes nada recebeste uns trocados no Copilipa e vens aqui falar a toa Jonas savimbi foi o grande Patrono da democracia O pai da Liberdade, Lider Carismatico ensaista , e O muata da Paz, tinha um progecto edeal para angola e era um homen serio incorrompivel Felicita....
Anonimo (Infiltrado no futungo Sie): Sr pacheco ... o Sr n nada recebesto uns trocados no Copilipa e vens aqui falar atoa Jonas savombi foi o grande Patrono da democracia O pai da Liberdade, Lider Carismatico ensaista , e O muata da Paz, tinha um progecto edeal para angola e era um homen serio incorrompivel Felicita....
voz do sul : angolanos lembram-se quando existia as lojas do povo que ate ha fuba so era permetida 2 kilos cada pessoa , mesmo que tive-ses dinheiro nao compravas o suficiente para satisfazer o numero de filhos que cada familia possuia ., mas existia ha loja dos cooperantes onde so os do poder e extrangeiro tinhao direito ao cartao de acesso ....etc o povo andava com fome e miseria sem saber o que e um yougurt ou coca-cola etc muitos ate fazia colecao de latas vazias em casa de variedades de sumos ha servejas etc e triste ne ..pois nao preciso de lembrar ninguem as palavras de dr savimbe , primeiro os angolanos segundo os angolanos 3- 4- 5- etc so depois os extrangeiros ...o sr que escreveu este artigo sofreu com as barbaridades da altura e supostamente todos os comentarista tem este problema de infancia e ainda encontran-se muitos familiares com problemas identicos nos dias de hoje ... oque que agostinho neto e jes e companias fizerao por angola? ate as casas donde eles dormen e sonhao forao construidas pelo colono . o jes etc nao construirao nada so ha ponte do cavaco demoliu mais de 3 vezes etc . os velhos no no poder nao se reformao , etc ha ordem ha lei nao funciona , alias nunca funcionou porque nem um corrupto"tado" foi para ha cadeia por desviar milhoes , mas jornalistas e politicos da oposicao ssao presos e algums assassinados como o caso de landu victor etc angola e o pais que nao se pode falar verdades e denunciar os ladroes porque eles comando tudo e corrompem todos ., ate este sr que escreveu este artigo tem , ainda se encontra em estado de nao emancipacao um comunista ha tentar democratizar-se mesmo sabendo que ja nasceu torto e nunca se indereita ...
kudifume-sambila (Luanda): Realmente o Dr:Jonas Malheiro Sidonio Savimbi,foi um grande guerrilheiro,tombou em causa da patria que ele próprio destruiu,e que a sua alma repouse em paz se é que está em paz ,puriço já era tempo de construir um bustre em memória deste homem,embora a sua alma ainda está a asustando pessoas que foram fanaticos mais tem sido só a noite,porque de dia os agentes da Polícia já podiam tomar conta dela,pelo que sei essa alma ronda mais naquelas bandas do Qikolo e um pouco na boa vista ,só as noites quando não luar e chuva porque a alma dele não adora chuvas nen luar,já era tempo de ver a questão da missa dele,pelo herói devemos todos .
tala maku (mongo suila): Estão só a fazer bwee de barrulho porquê???? Voçês repararam bem na posição do MBimbi aí na foto????Será necessário fazer mais comemtários?????Cuidado porque se ele não mandar, pode ser ele próprio a executar. BAzei
Toma : Morreu Agostinho neto também com os seus problemas de alcoolismo e matancas de inocentes,foi morto o Savimbi porque os Criolos assim o criam,Holden Roberto anda feiticado e não pode avancar então a patria fica assim desgovernado pelos malucos e bebados de outros países como São Tome,Cabo verde China e por aí endiante.Os poquinhos comentaristas do cite contra Savimbi são todos de São e verde,se uma coisa de voto aqui o Savimbi já ganhou e foi sempre assim em 1975,92 até a morte do homem,então para frente é o caminho o tal dos Santos que nunca matou já não têm saude para aguentar o peso que a demócracia traz,O Mpla de tal pacheco não têm outro candidato com crebildade e vamos vêr o que o futuro vai desenhar para esta Angola perdida no espaco e no tempo.
Hoji Ya Henda (luanda): ele nao lutou por mim, nem pela minha familia, comuna, provincia, e muito menos pelo meu pais, da mesma forma que o MPLA recente nao o esta a fazer. seja la que for que o disser esta a mentir. Savimbi foi abatido. os outros lideres corruptos e malfeitores tambem tem os seus dias contados. pode nao ser atravez de balas, mas nao vao reinar pra sempre.
Angolano : Seus angolanos de muitas tribos e clâs de que origem é o Eduardo Dos santos que vos faz refém na própria patria de Savimbi ou do Holden.Savimbi o comandante sem igual,lutou,matou e foi morte por uma causa que todos Angolanos jamais se esqueceram deste valente homem.Há 4 anos que homem já esta entre nós mais a sua sombra ainda assusta os novos colonos de Angola.
Nzamba Mbimbi (Luanda / cazenga): Meu querido irmão, a maratona que fazes sobre o SAVIMBI, so mostras que têns a mente confiscada ou so falas assim, porque o lugar que ocupas o obriga a fazer, sabemos todos que as atribuições de cargos em ANGOLA, passa pala militancioa no MPLA. SAVIMBI é sim grande homem na mudança de coisas em Angola, claro que cometeu erros mas não esquece que aqui tambem houve e continua a houver erros. Não fiquem cego com os noticiarios da RADIO, TPA e JORNAL de Angola, é tudo manobra do MPLA. Cuidado o MPLA não presta.
anonimo (luena): Esquecemos do assassino de Savimbi, vamos olhar para o desenvolvimento do país. Os que querem fazer lavagem da imagem o maior assassino do mundo, porque participaram tambem nos massacres e destruição deste povo e país. O tal Sakala ou Dachala que pretende limpar o sangue de Savimbi não se recorda quando veio das matas? Tinha o corpo e o fato que hoje tem? Não tem juizo...
Pacheco!!! ( “ Quem tem a força faz a história”, fim de citaçã): Não há duvidas que os protagonistas da luta de libertação e da guerra civil em Angola cometeram muitos erros. Jonas Savimbi cometeu erros, que reconhecer, com a queima as bruxas (uma pratica no direito costumeiro africano). Agostinho Neto não deixou de cometer os seus com a maior carnificina da história angolana senão de africa com o 27 de Maio. Porém, EJSantos não se deixou ficar atrás com a sexta-feira sangrenta. O povo angolano sabe quem é quem? Quem fez o que? Quais são as virtudes e os defeitos dos protagonista da martirizada história angolana.
Jogo Grande : Já há muito sabia que entre os maiores representantes do demónio na terra estavam Hitler e Savimbi , como acaba por confirmar o senhor Vatulembe ao estabelecer o paralelismo entre os dois cultores da morte, assassinos...// E ao Senhor Mbisa Kanana para que nao se sinta arrependido saiba que mais vale que se perca um Homem ( neste caso um bandido , sanguinolento que já nao conseguia viver sem que fizesse correr sangue humano) do que um povo inteiro.
nandomatos (femomatos@hotmail.com): Bem, não vamos chorar porque o Sr. sakala disse que o Dr JONAS M SAVIMBI foi um arquiteto da democracia. Eu concordo com ele. se não houvesse a briga não haveria possibilidade de democratização de Angola. Quem tem a coragem de lutar contra a corrupção? Quanto jornalistas já foram presos por terem dito a verdade do MPLA e seus colaboradores? e VOCÊS chamam o SAVIMBI de facista, Hitler e o cacete etc, etc... Savimbi errou por ter levado o país a guerra após as eleições fraudulentas, não precisava voltar a selva. Quem tem que tirar a máscara e o Presidente Jose E. dos Santos. Ele é igualzinho ou ainda pior porque e se faz valer do poder da legalidade para se passar por vitima. Angolanos a democracia se faz com dor, suor, lagrimas e sangue. Vamos nos unir contra a corrupção e a favor da publicação do pagamentos da empresas estrangeiras ao público. E que o Sakala falou ou fala é apenas uma mera falta de inteligência.É muito pouco se VOCÊS ou NÒS não lutarmos cntra a corrupção. Dr JmS vez a parte dele, esta na hora do povo fazer o conquistou com a luta do Chefe do GALO. Se vocês que criticam apenas por falar asneiras têm coragem, levanta a bandeira contra a corrupção. Vamos ou vocês querem que o JmS ressucita!? vamos unir Angola contra destruição de Angola seja ele quem for!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
litas (cabinda): essa imagem e que sempre lhe caracterizou e nao so a ele tambem toda camarilha que sempre lhe o apoiou a maior parte ainda vivos agora tao todos santinhos seus assassinos o povo e o mundo jamais irao esquecer o passado triste e o atraso que a unita causou pra angola o que e que adiantou acabaram por perder tudo voces sao piores que staline hitler e diabo
Vatulembua : Desde que esse universo existe,a sua naturesa nunca procurou por homens perfeitos mais sim `necessarios`.Foi a delegacao da UNITA,sob orientacao do Dr.Savimbi que em Portugal durante as negociacoes,nos anos 91,92 que colocou na mesa a necessidade da democracia e multipartidarismo.Tambem quero lembrar, que os povos que dormem pacificamente as suas noites,ignoram a violencia que proteje o seu sono...Homem perfeito nao existe.O Dr.Savimbi,criando o braco armado da UNITA(FALA)fez bem o que devia ter feito porque o programa do MPLA foi sempre de destruir os seus adversarios politicos.As grandes Nacoes do mudo conheceram guerras violentas e valeu grandemente para a disciplina dos homens e das suas mentalidades.O Adolfo Hitler(paz a sua alma)fez mal e bem.O rigor de trabalho do povo Allemao,a sua conduta na sociedade e o seu espirito de vencer desafios e competicoes,nao caio do seu...A relacao entre Adolfo Hitler(paz a sua alma)e a Allemanha de hoje e intima.Para melhor julgar e sobretudo numa sociedade como a nossa,precisamos de ser corajosos.Unidos venceremos.
Anónimo : ESTE FOI UM BANDIDO, POR ISSODEIXEM DE RECORDAR O MAL, PENSM NO FURURO.AS PAGINAS DESTE HOMEM DERRARAM SANGUE DOS NOSSOS FILHOS< IRMAOS, TIOS E CRIANCAS.POR FAVOR NADA DE COMENTARIOS. OS BANDIDOS SEMPRE TEM OS PES MUITO CURTOS.
Andulo (Angola): Savimbi e um facínora, um criminoso. Ja quando estudante quando o meu pai o levava do Andulo ao Kuito, tinha ideias reaccionárias, racistas, retrogadas, tribais, vingativas. Infelizmente foi meu conterrâneo. Deixem-se de mer*da e pensem no futuro dos vossos filhos, de Angola, para que vivam melhor do que foi o nosso passado / presente
Mbisa Kanana (Luanda): É absurdo estarmos aqui a discutir o absurdo. Savimbi o carniceiro nunca será reabilitado por qualquer lavagem que se pretenda. Será sempre conhecido como o TRAIDOR, criado pela PIDE-DGS. A UNITA não era conhecida antes de 1974, senão por um grupo de BUFOS. Quando os movimentos entraram nas cidades, paradoxalmente os Kwachas vinham uniformizados como o fardamento do exército português, com armas G3 do exército português e a bandeira com excepção do Galo Negro também era a portuguesa (até o Galo é inspiração portuguesa (galo de Barcelos)). O espirito de tolerância demonstrado pelo Presidente JES apôs a derrota da UNITA nunca poderia ser o mesmo caso a UNITA estivesse em vantagem. Seriam exterminados os desidratados comandantes da UNITA (Neste exemplo seriam arrasados todos elementos do MPLA e os Generais das FAA). A verdadeira história de Savimbi está registada na Torre do Tombo e um dia saberemos a verdade toda... Os Kissondes que numa vã tentativa pretendem lavar a imagem deste assassino nunca terão os resultados desejados. Remember Zenza e Itombe.
MF (Hbo): Savimbi deve ser esquecido. Demos uma grande festa qdo ele morreu (Oro para que Deus me perdoe). Porque o povo angolano estava cansado dos meles que este homem quanto em vida practicou. Vamos pensar no Desenvolvimento pais, na Reconciliacao nacional, no fortalecimento da democracia, no combate contra a corrupcao e a pobreza, no fortalecimento dos espiritos tendo como guia o filho do homem; Nao fumentemos mais terror nem tao pouco insentivar que os malfeitores sejem condecorados.
Anónimo : Conclusao:Nem Agostinho Neto pode ser Heroi Nacional...
kapirinde (luanda): Este artº demonstra a qualidade de julgamento parcial das coisas. Não reconhecer feitos é um disparate para um homem q diz ser do saber. Srº deixe de confundir a ciência com o partido só assim talves poderás ter nome. Lamento em ter q escrever isso.Amém!
KOTASANTOS 2 (LUANDA): Replica ao sr,Helder em Lisboa,esse cidadão está a fazer o quê aí?,não sabe que o paìs está a reconstruir-se devido aquilo que partiu os seus comparsas que dez serem os percursores da democracia? Quando diziam partem as pontes porque virão aqueles que viorão construir e reconstruir!e agora vc está aonde?não achas que este é o momento de vc vir para a terra se de facto ainda não mudou de terra? ou esqueceu que o que vc tb com as sua opiniões que ajudou a destruir está a precisar das suas mãos para erguer novamente?ficas aí e depois amanhã porque tb sou muangolé!vc?vende pátria
KOTASANTOS (LUANDA): Ahh ahh ahhh,começo assim mesmo com um sorriso pela ignoráncia e FALTA DE MEMÓRIA DO CIDADÃO hELDER EM lISBOA,QUANDO DIZ QUE,A UNITA É O PERCURSOR DA DEMOCRACIA EM aNGOLA E QUE O sAVIMBI ERA O GRANDE DEMOCRATA!meu! estou mesmo a ver vc a pedir as Nações Unidas para erguerem uma estátua em memória do seu carinhoso lider não é? Caro Helder é porquê que vc está em lisboa?não será devido a este mesmo percursor? que o obrigou a sair de imbambas a cabeça a pé percorrendo kms e kms a pé? Vendo os seu entequeridos a serem dizimados a canjavite? Meu vc não tem adjectivo para o retratar sr Helder,quando não conheces o que se passou aqui,nem nos jornais vc viu...é melhor calar.fui....
Zenik (LUANDA - porto pesqueiro): O Sr Savimbi foi o pior dos filhos que Angola já teve, porque não pensava noutra coisa senão alcançar o poder para esmagar todos indivíduos que não partilhassem as suas ideias, mas como Deus é justo não permitiu que este filho marginal chegasse ao poder. Que Deus tenha piedade dele, e não permita que o seu espírito reencarne noutro maninho que poderia fazer escorrer mais sangue neste solo que respira de alívio pelo facto do Sr Sanguinário ter partido para o mundo do além fechando assim as suas torneiras de sangue.
Helder (Lisboa): De facto o seu artigo n e mais q uma tentativa d desvalorização do grande feito q o Dr Savimbi fez em prol d todos angolanos.E uma defesa a uma parte do conflito, ou seja, o governo.E sabido q a democracia em Angola surgiu posteriormente a um periodo de guerra,e se n fosse o esforço empreendido pela unita, ainda teriamos o sistema d partido único.De facto, neste seu artigo, foi bastante parcial e mto infeliz na abordagem.
kaluanda (Braga): tenha paciência, se o senhor é historiador, seja imparcial e, analisa devidamente os factos, não confunda a universidade com o Partido e seja um acadêmico
rei-kitexi : para o animoso kiakiakia.vc es un ?
VOZDOS SEMVOZ (ALGURES NA DIASPORA): SAVIMBI? Bem, eu suponho que para começar, nós Africanos ainda nao aprendemos os caminhos da civilizaçao Democrática e tolerância entre os cidadaos. Porquê que um Angolano pensante se ofenderia com a canonizaçao de Nito Alves, Agostinho Neto, Holden Roberto, Jonas Savimbi, Mário Pinto de Andrade, Viriato da Cruz, Lúcio Lara ou qualquer outro lider do PADEPA, PRS, ou quejandos do Paradigma Geopolitico Nacional? Ou todas as familias perderam o direito de exaltar os seus entes queridos à sua maneira e gosto? Entao, se o MPLA pode exaltar Monumentos de eventos que marcaram luto e autêntica chacina fratricida--como o foi o de Quifangondo, etc., porque nao terao direito os partidos da oposiçao de imortalizar os seus liders? Nem sequer eu sou da UNITA, longe de isso. Mas, eu eu, acredito que estes sao os ditames da Democracia: Aceitar, tolerar, reconhecer e permitir a riqueza da diferença, enquanto pacifica e inofensiva. Tombém acredito que Savimbi foi um grande TRIBALISTA, e traiçoeiro à sua própria causa e a causa de todos os Angolanos,de resto, como José Eduardo dos Santos o tem sido por mais de 26 anos de presidência totalmente falida e sem resultados para o bem geral, mas apenas dos do seu pequeno circulo de amigos e compadres. Senao, vejam: Com todos os diamantes que a UNITA explorou e usou para educar no exterior os seus quadros politicos e militares, quantos desses quadros mandados formar pla UNITA, sao de origem dos Bakongos, Mukubangos, Lundas-Tchokwes, Kimbundos, Luvales, Kwanhamas, etc? Ninguém, nunhum. Todos os Generais relevantes, todos os políticos conhecidos que SAVIMBI mandou formar com os DIAMANTES NACIONAIS DE TODOS NOS,sao somente do Sul e só Umbundus e, somente aqueles de afinaidade consaguinia com o próprio Savimbi ou seus associados muito próximos. De modos que quando o seu inimigo figadilio lhe apertou o cerco no Moxico, a UNITA nao tinha nenhuma base social em termos de lideranças políticas e militares locais bem alicerçadas para apoia-la na hora H. Tivesse tido uma visao menos tribalista, e mais nacionalista, e talvez SAVIMBI ainda tivesse uma opiniao a dar no panorama amarrado da democracia MPLISTA--Pax Camarada. Que o MPLA nao incorra no "mistake" SAVIMBISTA de 1966-2002!
LUNDA (NO GURN): Quando iniciei a ler o primeiro paragrafo do artigo saltou-me logo à vista a ideia de que essa era uma ideia de um academico portugues, que muito mal conhece a Historia de Angola, pois percebe-se a isençao de imparcialidade e agarra-se a despresiveis cliches. Logo no inicio diz que exaltar Savimbi nao cria cultura de desanuviamento politico em Angola. Esperei no texto encontrar alguma sugestao sobre como fomentar essa cultura de tolerancia, de desanuviamento. Nada! Repete-se seguidamente frases tendenciosamente criadas e ja citadas que se invertidas para um sujeito outro, como por exemplo, o presidente Jose Eduardo dos Santos teriam exactamente o mesmo valor, sentido e significado. Falar de alguem morto é facil, mas cuidado: será que o JES e o seu grupo de Generais não seguem o mesmo que Ruben Dario diz no seu poema??????
JUSTINO RETORNO : Pacheco, tenta buscar uma forçada imparcialidade para argumentar uma problemàtica complicadissima. Na realidade a critica resulta cerrada e agressiva, mas ao mesmo tempo omite a discrepancia radical quando procura, sem parcialidade, fazer uma comparaçao entre Savimbi e Neto. No entento, a realidade historica na qual esses lideres pariram as suas ideias è radicalmente menos conhecida, e, nisto, qualquer tentativo de desenhar um perfil de cada um deles, manifesta-se precipitada ou mesmo redundante e fràgil. No entanto, Pacheco argumenta nao como historiador (porque nao faz referimento a factos historicos objectivos, mas sim como um politico (nao politologo) que procura uma "via-do-meio" para despistar a dialectica MPLA - UNITA. Mas essa tentativa comprometerà, sem duvida,o seu dever de historiador que é a imparcialidade no seu futuro ou passado discurso sobre a historia objectiva.
JUSTINO RETORNO : Pacheco, tenta buscar uma forçada imparcialidade para argumentar uma problemàtica complicadissima. Na realidade a critica resulta cerrada e agressiva, mas ao mesmo tempo omite a discrepancia radical quando procura, sem parcialidade, fazer uma comparaçao entre Savimbi e Neto. No entento, a realidade historica na qual esses lideres pariram as suas ideias è radicalmente menos conhecida, e, nisto, qualquer tentativo desenhar um perfil de cada um deles, manifesta-se precipitada ou mesmo redundante e fràgil. No entanto, Pacheco argumenta nao como historiador (porque nao faz referimento a factos historicos objectivos, mas sim como um politico (nao politologo) que procura uma "via-do-meio" para despitar a dialectica MPLA - UNITA. Uma essa tentativa comprometerà, sem duvida, a nao imparcialidade do seu futuro ou passado discurso sobre a historia objectiva.
capovog (capovog): Nunca se faz julgamento a um finado. Ponto final.Isto de julgar esta entre nos. Que Deus o receba na sua morada e sua alma descanse em Paz. Valeu Savimbi entre nos. Sentimos sim a sua falta.
HISTORIA : BC, vejo que cita varias frases do meu comentario. Nao sei se as entendeu todas no seu devido contexto, ou sequer se entendeu o meu comentario. Reitero a minha critica fundamental ao artigo do Carlos Pacheco como historiador e qualquer Historiador reconhecera o erro crasso que ele aqui cometeu… Quanto ao seu comentario, ele torna obvias as suas inclinacoes politico-partidarias. Esta no seu direito, mas nao tente passar isso por “objectividade” analitica… certamente nao quando diz, entre outras inverdades, que “esquecem-se que o “maldito” governo do MPLA contra quem a UNITA lutou não embarcou numa cruzada de exterminação étnica contra os umbumdos e outros grupos como Savimbi sempre instruiu e argumentou perante a UNITA e as populações que controlavam”, quando ha um acontecimento historico apelidado de “Sexta Feira Sangrenta” (sem qualquer equivalente nas suas explicitas intencoes e metodos por parte da Unita) a contradize-lo! Pelo menos no que me toca nao me esqueci de nada que tenha sido do meu conhecimento, nem sequer de um artigo do Carlos Pacheco intitulado “Agostinho Neto: A sacralizacao de um despota” ou dos seus varios escritos sobre o 27 de Maio… A minha conviccao e’ apenas a de que nao se saram as feridas causadas a sociedade angolana pela guerra fratricida dos ultimos 30 anos com a demonizacao dos seus principais actores. Por isso digo que devemos deixar a Historia aos Historiadores, porque so analises globais e objectivas das trajectorias dos principais partidos e seus liders envolvidos nessa guerra permitirao contextualizar historica e politicamente as suas accoes e opcoes mais repulsivas e prejudiciais ao tecido social e humano do pais e impedir que se isolem factos aleatoriamente para servir objectivos de demonizacao ou sacralizacao de quem quer que seja, conforme as conveniencias politicas de momento. Finalmente, nao tenho qualquer filiacao partidaria nem nutro ou alguma vez nutri qualquer simpatia pelo Savimbi e muito menos tenho vocacao para a idolatria de quem quer que seja! Promovamos a paz e a reconciliacao nacional com base na verdade historica (por mais dificil que ela seja de estabelecer) e nao em meras pecas propagandisticas.
Anónimo : Se de Savimbi, que é uma figura conhecida, mentes e tentas manipular canalhescamente..imagina de mín...que ninguém conhece, um pobre anónimo...podias merecer mais nomes..mas mula mercenária é suficiénte...também, nao mereces mais atençäo! agora vai lá revistar os armários do quarto, seu corno manso e domesticado!
Kissonde : A culpa de não teres educação não é de Savimbi, porque o pai dele deu-lhe educação. Como não sabes quem é o teu pai, não tens educação nenhuma e por isso continuas a ser um Burro!
Anónimo : a culpa, sua mula mercenária, é do teu deus Savimbi...e estás sím a fazer o corno, só que nao das conta, seu distraído!
voz do sul : porque nao se fala dos que estao vivos e no poder que ainda vem matando muitos angolanos ha fome . miseria , epidemias etc ..camaradas falemos dos vivos .... agora so falta dizerem que jes e os corruptados sao santinhos de asas para os ceus ...quem nao tem kaguffu nao tem e diz bem alto como o sr jornalista "marques"...mas porque . porqueee....!
Anónimo : O MAL DO SAVIMBI; FOI MUITO MILITAR QUE DIPLOMATA: QUEM MAIS MATOU É O RAPAZINHO RICO O CHEFE DO PALACIO. MAS JÁ QUE É HIPOCRITA NINGUEM VÊ. TAMBÉM FOI O SAVIMBI QUEM MATOU OS JORNALISTAS E PROFESSORES UNIVERSSITÁRIOS ANGOLANO.
OPERACAO CARIPANDE : nao foi o neto e muito menos savimbi que mandaram a matanca do janeiro 1993, a famosa sexta feira sangrenta. o historiados devias desenvolver bem o assunto e nao querer acusar uns e inocentear o diabo fingido de um santo.
Kissonde : Escreve-se "infestar" e não "investar", seu burro, vai aprender a falar a tua lingua nacional!
Don (por aí): Kissonde, seu rafeiro, tinhoso e sarnento...tú es uma vergonha meu! por favor, deixa de investar este lugar público...nao tens mais coisas que fazer na vida??
Kissonde : E o Prof. Mufulupinga quantas pontes destruiu, quantas pessoas matou, que exercito tinha ele? Quem o matou? Todos Angolanos verdadeiros sabem quem o fez. Mas não foi o Savimbi! São mesmo uns Santinhos! E ainda falam mal do Savimbi? O Savimbi não passa de aprendiz comparado ao Neto/Santos & Cª.
Joao Cataca, ao Sr B.C (Fort Mcmurray Canada): Sr B.C lendo o teu comentario da-me a impressao que intendes substituir a opiniao do Sr Pacheco, ou querias aumentar mais coisas que o Mpla constantemente nos faz lembrar como povo. Estas a nos dizer que o Eduardo dos Santos e melhor que o Savimbi. Eu nao conheco o Savimbi e para te dizer a verdade nao gosto do hemem e nunca havia de votar para ele, mas isto nao significa que os hemens que o conhecem como o caso do Sr Sakala e os seus apoaintes nao devem elogiar o homen. Quando dizes que o Savimbi escolheu viver atraz da forca das armas, estas sinceiramente a dizer que ele era o unico e que ninguem vivia ou vive atraz das armas hoje em dia no pais? Se tu es livre em Luanda, porque o uso do B.C e nao o teu nome? Tens medo de que? Tens medo de meras palavras ou de armas? Os choques, traumas e rancores que tu referes tantas vezes e do conhecimento de todos nos que nao e somente provocados pelo Mpla,Fnla e a colonizacao, mas sim a Unita tem muito haver com isso. A maior dificuldade e como fazer o balanco de quem distruiu mais que o outro. Olha em Luanda desde 1976 ate 1992 nunca houve guerra, mas no meado de 1980 Luanda tinha a aparencia dum campo batalha, alguns dizem que e o resultado da guerra, mas na verdade e o resultado do trabalho de um presidente (jes) que e tal igual ao Savimbi se nao pior. Falando de mentiras, o sr esta a ofender a inteligencia do angolano. Quem fala verdade na politica angolana? A RNA, TPA, JA, ANGOP, JES, GOVERNO falam a verdade? Ja ouviste a expressao o "governo vai fazer"? Dizes que "os membros representantes e apoiantes da Unita andam na capital com toda a liberdade e seguranca que lhes e consedida". O sr esta francamente a dizer que o palamento angolano e livre e sem o controlo das forcas das armas? Se ha tanta liberdade porque que o teu nome e B.C? Que tipo de liberdade a pessoa tem, se for consedida pelos que tem as armas? Disseste "A Unita tem ambicoes individuais e tribalistas", isto pode ser verdade. A unica diferenca com o governo e que o mulato e o estrangeiro e mais valorizado que o preto angolano e se dizeres que nao existe um sistema de Apartaide em Luanda entao o sr e representante simplesmente do Mpla e nao do povo angolano. Disseste, " depois a morte do Savimbi, alcancou-se uma estabilidade e circulacao de pessoas e bens sem receio de ataques, e verdade, mas propositadamente esqueceste dizer que existem controlos que impossibilita o movimento livre do povo, esqueceste que mobilizar o povo e identificar erros cometidos pelo governo nao sao permitidos, esqueceste falar da corrupcao e abusos de poder pelo governo, esqueceste dizer que o governo nao quer democracia em Angola. Eu nao gosto do Savimbi, mas a sua morte nao precisa ser indignicada. Nao gosto do Savimbi, mas eu sinceiramente acredito que o Eduardo dos Santos e pior que o Jonas Savimbi, porque nos ultimos 4 anos vimos mais mortes preventivas, roubos e abusos de poder do que nunca, o que representa o caracter do homem.
Don (por aí): Em Angola, só recebemos mesmo alentejanos, matarruanos e trás dos montes como este kissonde aí ou seu descendente consanguíneos..de modos que está garantido a "ceguera mental"! nao há mesmo forma....mas uma vez mais: podem tentar enfeitar, perfumar,etc,etc a história...nao vao conseguir! as vítimas do monstro, nao vao deixar...esse monstro, nao só causou a nossa divisao em vida...até morto! que desgraça para a naçao angolense!
Kissonde : Como é que alguém pode ter alguma credibilidade para escrever um comentário alongadíssimo (BC) a aplaudir o (Des)Historiador sobre Jonas Savimbi, quando ele mesmo passa uma esponja sobre os acordos do Alvor e tudo o que se passou até 1992. Porque todos sabemos que o grande erro de Savimbi foi não ter aceitado a derrota(???) em 1992. Mas quem roubou o poder a Savimbi em eleições que teriam lugar em 1976 e que a Unita ia simplesmente pulverizar? Quem importou os Russo/Cubanos para impôr o comunismo em Angola e o monopartidarismo? Quem começou então essa guerra? Porque estes criticos de Savimbi ignoram sempre esta parte da historia de Angola, como se nada tivesse passado. Nós que defendemos Savimbi, que sabemos e conhecemos os seus erros, também sabemos porque lutou ele e quando começou essa luta. E por isso sabemos porque perdoamos os seus erros. Mas vocês fantoches, manipuladores da informação, é que distorcem a verdade dos factos como se uma simples esponja apague tudo o que se passou de 1974 a 1992. Como podem ser tão estupidos a esse ponto? Ou pensam que os outros são burrinhos e ignorantes? Porque o vosso Mpla sempre proibiu e continua a proibir imprensa livre e independente em Angola? Não sabem mas eu respondo: Porque irão aparecer muitos relatos e documentos sobre a governação Polpotica do Mpla nestes 30 anos de independencia. Então deixem o Homem em paz e olhem bem para dentro da vossa casa! Se muitos devem o seu sofrimento a Savimbi, muitos mais e eu incluido, devem o seu sofrimento ao Mpla.
velho(italia) : O savimbi,mereceria este acronimo,se realmente depois do bicesse aceitasse o resultado das eleicoes,porque ate entao a guerra era justa,mas com a caida do murro de BERLIM,ja nao havia motivos para justificar a sua revoluçao que muitos dos seus grandes quadro que hoje se encotram em angola,nao foram capazes de contrastar isso significa que nao havia um objectivo comum, o que mas me deixa perplexo é como a unita com todos os intelectuais que possui deixou-se levar pelo um unico individuo! e esta mesma historia é que esta acontecer no seio do Mpla ninguem consegue olhar antes de tudo nos interesses do povo angolano mas sim do sr jose eduardo! é depois dizem que artifice da paz!nao ha paz com o povo a morrer de fome,é por isso a unica personalidade que merece realmente esta qualidade em todo pais é o mais velho HOLDEN ROBERTO.
orlando (bie): este homem devia desaparecer para sempre das nossas vistas, alias estou muito contente neste momento de viver em paz ca na nossa querida bie sem ele. voces quem estao la fora, como nao sofreram das guerras dele, talvez nao tem a nocao do sofrimento que nos aqui tivemos. viva angola em paz! viva unita sem savimbi e viva angolanos!
checo (Chanime): Foi escrito Savimbi não foi melhor como Neto. Pode se dizer que Neto foi melhor como Savimbi, ou JES foi (ou é) melhor como Savimbi? Temo muito que não, porque são muitas dúvidas para dize-lo. Mais propriamente podemos dizer que a culpa esta nos ambos lados do conflito angolano. Então porque encontramos sempre uma tendência culpar só um lado, um homem morto que não pode defender? Em caso preciso dizer verdade, diga mas a verdade total, não só sobre um lado. Parece que Santinho é verdadeiramente santo e JMS fica como um diabo! Mas isso não e verdade real! Tenho dito.
Independente (Luanda): A Foto do Ano. Auuuu.Já morreste .Ninguem mais tem medo de ti.Nem com o teu feitiço.Se pensas que vais voltar nunca mais.Vamos te agarrar.
Lembrança (Luanda): O Monstro deveria estar vivo para ver os que recontroem aquilo que andava a destruir. Deveria olhar para o povo angolano a viajar pelo seu pais sem medo duma emboscada ou ser forçado a listar na guerrilha.O monstro deveria estar vivo para ver a exercito de Zungueiras e roboteiros que ele provocou. O monstro tinha que estar vivo para saber que hoje hraças a ele Luanda já é uma das capitais mais habitadas.O montro deveria saber que hoje se constoiem barragens ,pontes,escolas,hospitais,estradas.O montro deveria estar vivo para ver a alegria deste povo em organizar a sua vida .No entanto o monstro nao pode ver isto tudo porque o MONSTRO morreu.Mesmo assim alguen o comunicara.Que monstros destes nunca mais em Angola.Paz\ Liberdade e desenvolvimento para Angola.
Anónimo : O B.C. e' um militante do MPLA. Basta ver os seus pontos de vista e odio contra o guerrilheiro mais temido em Africa. Se nao fosse o Savimbi jamais teriamos as primeiras eleicoes em Angola. Vamos esperar se o actual ditador sem a sombra de Savimbi consegue nos dizer quando e' que vamos destrona-lo ao marcar a data das eleicoes e sabermos o dia D que vamos votar contra ele e o seu partido da elite que meteu o pais num caos de corrupcao onde ele e' o comandante em chefe.
Mwana N'kento (Fort Wayne, USA): Bem dito e mal dito, para muitos q nunca sofrerao na carne pelo os mal tratos do Savimbi, podem respeita-lo como um grande homen; mas...para muito que sentirao e viverao td os maus tratos, perderam familiares e viram-os a serem mortos nunca dirao que ele foi um grande homem em vida HOJE SIM...MAS NA HISTORIA DE ANGOLA. e Todos este povo que mais sofreu foram os do SUL de Angola. Por isto comigo gritem "Viva Angola e Paz para todos os Angolanos". Obrigado Irmaos(as).
Anónimo : Balumuca.Savimbi como homem fazia diferencia no mundo politicos angolano.Nao esquecas do nacionalismo deste grande homem dito pelo dr.savimbi primeiro o angolano segundo angolano terceiro o angolano.Depois e que o estrageiro.Isto e pensar pelo seu povo.
B.C (Angola): EXCELENTE ARTIGO. Parabéns para o Sr. Carlos Pacheco autor deste artigo, porque já desde a muito que precisava-se publicar algo que demonstrasse uma analise mais critica e de certa medida neutral em face o que tem se demonstrando ser o estabelecimento de uma mentalidade de idolatria e culto de personalidade do falecido Jonas Savimbi, algo que sistematicamente tem sido feito de formas a se ocultar e até mesmo transformar a mancha negra que este homem representa para história angolana. Mentiras quando são repetidas varias vezes começam a ser acreditadas com sendo verdades, e este é um caso em ponto. MORTE DE SAVIMBI. Já em contrario ao autor eu não lamento-me da morte que Savimbi teve e muito menos do tratamento que ele teve após tal acontecimento. Isso no meu ponto de vista foi até muito mais do que os milhares de vítimas da UNITA tiveram. Se foi parte estratégica por parte do governo do MPLA em reduzir o poderio militar do seu adversario em expor os eventos da forma que fez, não obscura a imediata e importância que a passagem física daquele homem teve e continua a ter para o país. Savimbi escolheu em viver através da força das armas e teve o fim que mereceu. Eu simplesmente lamento que tal facto não aconteceu muito mais cedo na nossa história. TRAUMAS E RANCORES. Aprecio o facto do autor ter tido ainda a sensibilidade de considerar os choques, traumas e rancores no seio de apologistas do "Galo Negro" e de que tais dificilmente desaparecerão. Acima de tudo, o MPLA na actual condição de partido e governo no poder deve de imediato iniciar o processo de resolução dos graves problemas de fragmentação socio-económica e politica. Este processo tem de necessariamente passar por reformas fundamentais dentro do partido, do governo, do estado, e do regime politico que se vive. Mas devemos admitir sem receios ou inibições que os choques, traumas e rancores, não foram somente provocados pelo MPLA, FNLA, ou o processo de colonização que se viveu. A UNITA sobe o comando de Savimbi e seus diversos apoiantes (domésticos e internacionais) tem a sua cota de responsabilidade. Neste caso especifico abordamos a figura de Savimbi, e é a ele e o movimento que liderou que eu atribuo metade senão maior parte da responsabilidade e culpa sobre o passado sangrento recente que foi a guerra 'civil' que Angola viveu. SAVIMBI NUNCA FOI, E NUNCA LUTOU PELA DEMOCRACIA. Os argumentos ou historiais ideológicos apresentados por vários académicos e políticos de formas a apresentar Savimbi como o ícone ou o “pai”, como alguns assim o referem, da 'democracia' angolana não são somente totalmente disparatados mais também extremamente perigosos ao processo de escrita e gravação da historia de Angola para futuras gerações. Tais académicos, políticos, entidades e organizações com uma melhor capacidade analítica devido a estudos avançados, experiencias pessoais, ou recursos históricos, estão deliberadamente engajados num processo de alteração e deturpação de factos e realidades vividas e conhecidas sobre a figura de Savimbi de formas a exaltarem-no como o homem que conduziu a “verdadeira luta de libertação dos angolanos em rumo a democracia”. Todo este processo deve ser SEMPRE contestado e denunciado como tal que é, uma mentira muito bem elaborada. Mais esta mentira somente pode ser devidamente confrontada e extinguida se justamente o governo de MPLA organizar meios e a abertura necessária que facilite a exposição de emoções e sentimentos de rancor, ódios, e recalcamentos que as populações continuam a carregar dentro de si, assim também como a exposição de actos cometidos e sofridos por todas as partes no conflito. Podemos até aprender muito com o processo de verdade e reconciliação que foi levado a cabo pelos sul-africanos. Isso é de extrema necessidade para a futura estabilidade socio- económica e politica de Angola. MPLA, AGOSTINHO NETO, JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS. Mesmo neste aspecto o artigo demonstrou claramente objectividade num sumario breve de qual foi o historial do partido logo a seguir a independência assim também como as acções dos seus líderes e suas falhas ideológicas graves, algo que se faz sentir até hoje. Da mesma forma que estes merecem extensas criticas e analises, assim o mesmo deve ser feito a outras organizações e individualidades influencias, algo que esta a ser feito com este artigo sobre Savimbi. CRITICAS SOBRE O ARTIGO E AUTOR. Li até agora todos os comentários publicados e as criticas apresentadas por muitos dos leitores, e estas reflectem os lados negativos da cultura e mentalidade de muitos angolanos que pretendem reter o trunfo moral ou mesmo até ser os verdadeiros “angolanos defensores da democracia”. A falta de tolerância, compreensão, justiça, negação da nossa realidade e historia, e muito mais perigoso ainda o tribalismo severo, são aspectos bem visíveis nas criticas feitas acerca deste artigo. Muitas destas criticas carecem até da objectividade necessária visto que abordou-se Jonas Savimbi e o significado dele na história angolana. As criticas apresentadas foram de que; “o artigo é um erro de análise histórica. Uso de 'alegados factos' sobre a trajectória de Savimbi. Factos carecem de devidos comprovativos. O artigo e uma peça de propaganda política. Distorção de factos políticos. Falta a recursos de arquivos documentais. Deixar a politica do passado para historiadores. Savimbi como qualquer um foi imperfeito e sujeito a errar. Título do artigo, simples e vulgar. Autor um fundista da bajulação. Historiador incapaz. Artigo sobre incentivo e apoio do MPLA. Não vale a pena rever-se o passado com este artigo. Não devia ter escrito o artigo em resposta ao artigo do Sr. Sakala. Análise crítica do Savimbi na base de dados fornecidos pelo MPLA. Esquecer o passado e viver-se o presente, não se escrever sobre assuntos do género. O autor não reconhece o papel de Savimbi, homem que forçou a mudança em Angola. O autor não conhece a realidade Angolana. Deixar a memoria de Savimbi em paz porque já esta morto.” Todas essas criticas sobre o autor mas do que tudo demonstram que Savimbi como homem que foi continua a ser idolatrado pelos seus seguidores. Maior parte das vezes de uma forma obcecada que impossibilita tais pessoas de apreciarem a verdadeira herança que ele e a UNITA deixaram para Angola. Uma herança de ódio, rancor, divisão e tribalismo. AMBIÇÕES INDIVIDUAIS E TRIBALISTAS. Que fique claro e bem marcado Savimbi e a UNITA nunca defenderam os interesses dos angolanos mas sim as suas ambições individuais e tribalistas na base de uma ideologia distorcida de luta de libertação contra compatriotas angolanos que não partilhassem a sua visão ou que fossem apontados como membros ou simpatizantes do MPLA. Os defensores da UNITA e Savimbi que hoje se dizem ser os defensores da ‘democracia’ em Angola, esquecem-se de mencionar que as áreas controladas pela UNITA nunca durante todos esses anos de guerra usufruíram de democracia ou praticas democráticas, para não mencionarmos ainda qualquer que fosse algum desenvolvimento melhor ao das áreas controladas pelo MPLA. Esquecem-se de todas as atrocidades cometidas directamente por Savimbi os os seus apoiantes dos quais muitos hoje representam a UNITA como membros de oposição na cidade capital com toda a segurança e liberdade que lhes e concedida pelo o regime que eles sempre apontaram como o inimigo implacável, carniceiro, corrupto e comunista. Esquecem-se que o “maldito” governo do MPLA contra quem a UNITA lutou não embarcou numa cruzada de exterminação étnica contra os umbumdos e outros grupos como Savimbi sempre instruiu e argumentou perante a UNITA e as populações que controlavam. Esquecem-se também, que logo a seguir a morte de Savimbi uma relativa estabilidade foi alcançada em Angola, permitindo uma melhoria significante na circulação de pessoas e bens sem receios de ataques ou conflitos armados. Esquecem-se que somente agora podemos realmente começar a concentrar os nossos esforços no processo de reconstrução do pais em todos os aspectos. Jonas Savimbi enquanto vivo lutou pura e simplesmente por um único objectivo que era o do poder absoluto e arbitrário com forme os seus desejos. Por causa de suas ambições todos nos pagamos caro, disso mesmo até os indivíduos influenciais dentro da UNITA estão a par. Quando uma vez perante eleições em 1992 a UNITA poderia ter-se consolidado como um verdadeiro partido de influencia numa nova dispencao politica, Savimbi e seus apoiantes optaram pela guerra. Tal ceifou mais vidas do antes havia sido testemunhado. Mortes directas e indirectas durante a guerra da década de 1990 aconteceram por causa da ambição desmedida de Savimbi que podia muito hoje continuar a ser o líder de uma UNITA politicamente forte. Nem Savimbi nem UNITA tinham ou tem politicas sensatas que a curto, médio, e longo prazo que visam transformar o destino de Angola para algo melhor para todos. Tal incapacidade já foi várias vezes demonstrada dentro de uma assembleia nacional onde este partido de oposição tem a oportunidade de se expressar e fazer sentir que realmente e melhor do que um MPLA ou outro partido que ali existe. Estas são realidades que foram vividas, estão a ser vividas, e continuaram a ser vividas durante tempos que se seguem. Infelizmente uma outra realidade e a de que a guerra continua. Graças a esforços enormes não pela a via armada, mas agora infelizmente por vias económicas, sociais, e politicas. Entretanto devemos também realçar que a mesma esta a ser combatida na dimensão ideológica, histórica e académica, e para o bem de todos nos angolanos nos devemos encarar a realidade como ela é por mais dolorosa que seja para nós, assumir e reconhecer os nossos erros, apontar, culpar e responsabilizar os que merecem, e talvez perdoar, mas nunca esquecer.
nanikupovela-angolano (luanda suja): esse home tem mesmo a cara de diabo e satanas+ dos santos dos Eduardos...! qual e a diferenca entre a cobra e snake? esses dois homens e as sua familias sao mal ditos. porque nao houve nem uma rezao para fazerem uma guerra tao longa e criminosa. eu pessoalmente perdi os meus estudos e a vida so para defender o dos satanas nas fileiras das FAPLA, aveglement...! os raptos as violacoes e tudo que voces cometeram aom de pagar se nao for a force, entao na prisao na hollanda como o antigo presidente Liberiano, Charls Taylor.
that girl (bahia): O apos-guerra deixou miseria,o povo nao tem o k comer, nao ha agentes de saude suficiente p gerenciar a saude publica do povo angolano,a educacao é precaria,mal conseguem pagar os assalariados,apartir de quando vao passar a preocupar-se com k realmente importa,eleicoes zero...passividade total,e o povo a sofrer,sempre o povo, a maioria no sofrimento,e a minoria num escalao de vida super elevada. \
Anónimo : Carlos Pacheco escreveu sobre o 27 de Maio, cujas maiores vitimas ja nao estao vivas para confirmarem ou desmentirem os seus escritos e pelos protagonistas ainda vivos foi contestado! Carlos Pacheco escreveu sobre Jonas Savimbi que ja esta morto e e' contestado por muitos dos seus sobreviventes! De que "realidade" escreve o historiador Carlos Pacheco?
Mussiango Banzo Capitão : Tudo quanto foi escrito pelo senhor CARLOS PACHECO,é uma realidade. Jà li escritos dele sobre o Vinte e Sete de MAIO de 1977,27/05/1977,que ninguém mais trouxe tais informações ao Mundo. Ninguém que adora o seu lado gosta de ser criticado. Pior são os fanàticos de parte à parte. Para eles sejamos realistas. O senhor JONAS SAVIMBI,não teve uma estratégia devidamente concebida para o perìodo posterior aos acordos de Bicesse. Caso fosse mais realista e pragmàtico,certamente seria um dos homens mais felizes em Angola mesmo que nunca fosse Presidente. Não que seja uma distorsão,mais o senhor SAVIMBI,atirou para o solo toda a imagem constructiva e aceitàvel que dele se pudesse fazer com a recusa dos resultados eleitorais. Não é aquilo que consideram de Vexame que o seu Corpo tenha passado que ajudarà o Mundo tirar à menção diabòlica que dele fez posterior as eleições de 1992. Ele não era um Homem de palavra. Caso fosse,talvez o momento politico Angolano seria mais diferente. Não temos alternativas e por este facto ganharà quem soube com o mal ainda fazer crer que é...,tudo,menos Democrata também. Tanto o MPLA,a FNLA,a UNITA e demais partidos ou Partidecos de Angola,não são Democratas. Por isto vamos é manifestar a nossa Repulsa ao senhor Primeiro Ministro de Angola que quer pedir uma Coima hà certo(s) jornalista. Apenas com uma imprensa livre e honesta,é que podemos existir. Guardo muito pouco ou nada de bom sobre a imagem do senhor Savimbi pela sua compostura politica-mental.
Ao Carlos Pacheco : Se o teu objectivo e de mais alguns era saber como a sociedade ve a figura de Dr. Savimbi, a resposta e simples, Savimbi nao morreu na memoria de muitos. Pela proxima procure ser mais moderado e discreto com os teus ensaios sociais. Como Anonimo la abaixo disse: " Nao adianta tentar enfeitar a Historia", senhor Carlos Pacheco. O Pepetela as vezes tem razao de nao te dar ouvidos, voce sera um historiador "de se cocar" ate quando souberes filtrar os factos no meio do teu subjectivismo. Acho que se calhar o processo que voce move contra pepetela nao deve passar mais de intrigas pessoais.
Anónimo : Existe alguma fotografia, oficial ou não, do Zedú com o Mandela?
Mussiango Banzo Capitão : Tudo quanto foi escrito pelo senhor CARLOS PACHECO,é uma
Catete Njila (catete_njila@hotmail.com): Jonas Savimbi é um Mártir, morreu como tal pelas suas convicções e não se deixou corromper pelos Dollars do Governo, em defesa dos interesses mais profundos do povo angolano. Durante muito tempo, vamos, discutir Jonas Savimbi, porque, acima de tudo era uma pessoa que irradiava o MESSIANISMO. Teve um pensamento para Angola, que está registado em vários livros por ele redigidos. Ao contrário de outros que andam a mais de 27 anos no poder e, até agora não têm um projecto para Angola! Agostinho Neto, morreu, e pouco ou nada se fala dele, por que no meu entender foi muito pouco visionário, da causa angolana. Quanto ao Presidente Eduardo dos Santos, esse, mesmo vivo não dá saudades, quando mais morto! Portanto, Jonas Malheiro Savimbi, vai prevaler na memória colectiva do povo angolano, mais pelo seu pensamento de angolanidade do que pelas barbáries cometidas. " PARA MAL DOS NOSSOS PECADOS, SE QUISERMOS VINGAR ENQUANTO PAÍS NÃO TEMOS ALTERNATIVAS, SE NÃO, PÔR EM EVIDÊNCIA OS PENSAMENTOS DO BÁRBARO! E ESSA AHÃ!"
Anónimo : me desculpe sr. pacheco foste infeliz falar assim do Dr. Savimbi e pior ainda a angoNoticia soltar uma noticia desta, suscita revolta e a falta de respeito para os membros da Unita, solicito que retirem esse lixo, que decepção
Por Aí : Para min este tal do Carlos pacheco com esta sua anaracão estava bem feita a sua certidão de óbito.Numa altura em que o Angolano morre de fome,de cólera,de marbugo ou sei lá vêm este tipo com esta gragiamento e ofender um Savimbi lider dos Umbundos...
Alciudes Sakalito (HUAMBO): Savimbi foi um Monstro em sentido literal.Savimbi nao era pessoa.Com a Morte dele,Angola conquistou a paz eterna.VIva Jose Eduardo dos Santos.
Anónimo : As vitimas? Quais? As do comboio do Zenza ou as do 27 de Maio? As dos "Campos de Reeducacao" do MPLA, ou as da Jamba da UNITA? As da malaria, colera e demolicoes, ou as da "feiticaria" e fome nas matas? As de Neto e JES, ou as do Savimbi???
Anónimo : Querem enfeitar a história..mas nao vao conseguir...as vítimas, nao vao deixar!
HISTORIA : Apenas para acrescentar que no meu comentario anterior os 36 anos referem-se apenas ao periodo que vai da fundacao da UNITA a morte de Savimbi. Antes disso, nunca e' demais notar, ele foi membro da UPA/FNLA e do MPLA.
Anónimo : Ainda nao tirarao, o artigo sobre este animal selvagem???
ANGOLANO (Luanda / Angola): Falar do Dr Savimbi é sinonimo de homem que lutou contra a neocolonizaçao de Angola e do regresso dos angolanos as roças e ao trabalho forçado,embora tinhamos que fazer os ditos SABADOS VERMELHO, ou as tais EMULAçOES SOCIALISTA sem contrapartida ou melhor salàrio. Como jà disseram muitos comentadores aqui, este historiador,que se fazer um lugar na nomenclatura do poder ou ainda receber algumas notas,tendo em conta que os seus protegidos do MPLA correm o risco de nao passar pelos exames eleitorais que ai vêem. Lamento muito, que ste camarada, pretende que lhe chamemos de historiador,se realmente da histria de angola nada sabe, sao eses os historiadores que irao escrever a nossa historia,sem tomar parte deum partido? Porque é que o mesmo dito historiador ou melhor Estoriador, insurgiu se do Dr Savimbi, no invez do Sr Sakala que escreveu o livro? porque o Dr Savimbi nao pode lhe responder por estar morto? Sr Peixeco, nao é assim, respeitemos os mortos, o Neto està morto e os da UNTA o tem respeitado,vocé tambem com o te MPLA, Partido dos Perguiçosos, devem respeitar a memoria do Dr Savimbi. SAVIMBI é o nosso GUIA,SAvimbi é o nosso Guia. Repouse bem Dr Savimbi, estamos prontos para dar continuidade dos teus ideais.
HISTORIA : Fiz o primeiro comentario a este artigo e depois de ler os que se seguiram e de voltar a ler o artigo, apenas tenho a acrescentar que e’ lamentavel que um historiador caia num erro tao crasso em analise historica como sustentar a sua analise e conclusoes num argumento “non sequitur”, isto e’, usar alegados factos da trajectoria de Savimbi para deles extrapolar a conclusao de que “nao custa imaginar o que ele teria sido a cabeca do Estado”. Ora, “o facto de, nao implica que” e a extrapolacao em analise historica e’ uma arte bastante delicada, so aceitavel seriamente se baseada em factos devidamente comprovados, com documentos e depoimentos de credibilidade devidamente abalizada. Nao que os crimes de Savimbi nao tenham existido e que nao haja testemunhos crediveis deles, mas nao e’ com base explicita na sua sistematizacao que o autor tece a sua analise e conclusoes, assim tornando este artigo em pouco mais do que uma peca de propaganda politica facilmente caracterizavel como pouco mais do que “distorcao politica dos factos” que selectiva e aleatoriamente elege para a sua analise… Savimbi tera tido “a mascara tragica” aqui descrita, mas nao teve apenas essa mascara. A sua trajectoria de 36 anos a frente de um movimento guerrilheiro, que conseguiu levar a eleicoes legislativas e presidenciais com resultados remarcaveis (o que da credito a sua designacao como “pai da democracia multi-partidaria” em Angola porque, gostemos ou nao, o facto e’ que foi o seu movimento de guerrilha e as sucessivas negociacoes e acordos por ele provocadas que forcaram a realizacao dessas eleicoes), sedimentando a sua posicao como maior partido da oposicao angolana, mostram muito mais do que apenas essa mascara… A sobrevivencia do seu partido, ainda o segundo maior apesar dos pesares, para la da sua morte, evidencia que os seus militantes (entre os quais continuam a figurar sobreviventes de familias por ele vitimadas) nao eram apenas um “bando por ele arrastado numa proeza ingloria que pouco mais foi do que uma grandeza numerica”… Savimbi tera beneficiado do apoio militar do regime do apartheid, mas nao e’ liquido que sem esse apoio ele nao teria feito a sua luta, como o demonstra o periodo pos-1992, ou que a iniciativa desse apoio nao tenha partido do proprio regime do apartheid que, como se sabe, atacou outros paises da regiao que nao tinham quaisquer grupos guerrilheiros anti-governo… Na sua trajectoria politica e militar de 36 anos, Savimbi grangeou apoios internacionais e fez compromissos implicitos ou explicitos com a comunidade internacional que nao lhe permitiriam simplesmente aplicar ao comando do Estado a “lei da selva” que tera tido que aplicar para sobreviver nas circunstancias a que foi obrigado… Em suma, o autor deveria ter feito como Mandela, que tera recorrido aos arquivos documentais do regime do apartheid para se certificar da exacta natureza das relacoes de Savimbi com aquele regime, tendo observado registos de uma conversa, em Agosto de 1985, em que Savimbi dizia a Botha apelando a sua libertacao: “Se Mandela morre na prisao, voces nao terao com quem falar. Este pais tera centenas de Mandelas e a comunidade internacional nao aceitara qualquer explicacao”… Mandela recebeu Savimbi em 1998 na sua terra natal (encontro do qual ha pelo menos uma fotografia mais elucidativa do que a que ilustra este artigo) e ter-lhe-ha dito: “Enterremos o passado para o bem da futura geracao”! E’ tempo de fazermos o mesmo e deixarmos a Historia para os Historiadores.
animoso (algures no mundo): matei-me de rir com a primeira intervencao do rei-kiteche, sao poucas as vezes q neste site, se fala a verdade com sentido de humor. gostei... deixem a politica do passado para os historiadores q se encarregarao de falar a verdade as nossas criancas.
galsog@hotmail.com : Ola ! E uma honra ver o estadista i naturalista Dr i general Jonas Savimbe realmente todos nos cometemos porque nao somos imperfeitos uns são abertos nas suas falhas ou erros mas outros ocultam mas nao devemos ocultar a Historia, assim dizer a verdade a gerações vindouras . este homens ja nos anos 60 falava de uma União Africana onde ele i o Kadafi propuseram esta ideia mas muitos começar ver isto como algo nao muito real ... foi ele que em 1992 disse que temos que deixar cair todos os P mas os incultos interpretaram para as palavras do democrata mesmo assim Angola nao vive numa democracia mas sim demoníaca ... porque ate hoje ninguem sabem que matou o Mfulumpinga mas porque matar os velhos será que eles tenhe medo da verdade ? nao podemos mas tapar o sol com a peneira .. e por isso o meu professor Britânico diz que em Africa nao existe governo mas sim grupos eu estou de acordo com isso nos temos um grupos de corruptos mas quando isso desabar vai trazer muitas consequência especialmente para o seio do governo ou revolta interna no seio deles .
galsog@hotmail.com : Ola ! E uma honra ver o estadista i naturalista Dr i general Jonas Savimbe realmente todos nos cometemos porque nao somos imperfeitos uns são abertos nas suas falhas ou erros mas outros ocultam mas nao devemos ocultar a Historia, assim dizer a verdade a gerações vindouras . este homens ja nos anos 60 falava de uma União Africana onde ele i o Kadafi propuseram esta ideia mas muitos começar ver isto como algo nao muito real ... foi ele que em 1992 disse que temos que deixar cair todos os P mas os incultos interpretaram para as palavras do democrata mesmo assim Angola nao vive numa democracia mas sim demoníaca ... porque ate hoje ninguem sabem que matou o Mfulumpinga mas porque matar os velhos será que eles tenhe medo da verdade ? nao podemos mas tapar o sol com a peneira .. e por isso o meu professor Britânico diz que em Africa nao existe governo mas sim grupos eu estou de acordo com isso nos temos um grupos de corruptos mas quando isso desabar vai trazer muitas consequência especialmente para o seio do governo ou revolta interna no seio deles .
galsog@hotmail.com : Ola ! E uma honra ver o estadista i naturalista Dr i general Jonas Savimbe realmente todos nos cometemos porque nao somos imperfeitos uns são abertos nas suas falhas ou erros mas outros ocultam mas nao devemos ocultar a Historia, assim dizer a verdade a gerações vindouras . este homens ja nos anos 60 falava de uma União Africana onde ele i o Kadafi propuseram esta ideia mas muitos começar ver isto como algo nao muito real ... foi ele que em 1992 disse que temos que deixar cair todos os P mas os incultos interpretaram para as palavras do democrata mesmo assim Angola nao vive numa democracia mas sim demoníaca ... porque ate hoje ninguem sabem que matou o Mfulumpinga mas porque matar os velhos será que eles tenhe medo da verdade ? nao podemos mas tapar o sol com a peneira .. e por isso o meu professor Britânico diz que em Africa nao existe governo mas sim grupos eu estou de acordo com isso nos temos um grupos de corruptos mas quando isso desabar vai trazer muitas consequência especialmente para o seio do governo ou revolta interna no seio deles .
Anónimo : um lider que preferiu estar sempre nas matas ao lado do seu povo, quando poderia estaria numa boa numa metrpole qualquer, jamais angola terá. o zedu até a omentos que foge do país para ir respirar um ar diferente no exterior. Hao de pensar o Dr. Savimbi
checo (Chanime): Quem dos senhores só uma vez estava falar com Dr. Savimbi? Eu estava encontra-me com ele acho que quatro vezes, cada um encontro era para me um momento grande apesar de que minha estada era pouco mais desagradável (eu foi capturado pela UNITA como técnico estrangeiro) mas a influencia pessoal era sempre bastante grande.
Anónimo : mais venho angolano da naturalidade puro maisvenho da banda viva os angolano viva angola KIEKIEKIEKIEKIEKIEKIEKIERKIEKJIERKIERKIEKIEKIERKIREKIEKIEKIER modanca politica avera un dia
Cam Cam : Saudades do Doutor Savimbi! Político e general bravo como o Sr jamais voltaremos a ter. Que a terra lhe seja leve, Mano Mais Velho!
rei-kitexi : angolano kunanga vivo 100 partido.pq tds sao iguais farinhas do mesmo saco.
rei-kitexi : por favor senhor jornalista carlos pacheco.vosse como um bom historiador angolano,por favor sera que tambem e possivel que o senhor jornalista fizese um pequeno articulo sobre o 27 de maio de 1977.sua exlencia
Jean-Christ (jeancmarquex@yahoo.com.ar): Quero ter um debate público com o Senhor Pacheco.
checo (Chanime): Agora depois de ler todos comentários em baixo vejo que eu tinha verdade com meu primeiro comentário. A gente está atacar de um a outro, sem dúvidas lógicas, sem argumentos puros. Se esta intento de AN é uma pergunta aberta. Neste momento e preciso como possível mudar o regime em Angola, limpar (fazer limpeza pública total) instituições estatal etc. Todos corruptos meter as manilhas, confiscar todo que mantêm. Mandar fora os operários chineses (Angola tem bastante grande nůmero dos operários próprios), é claro que especialistas vão ser preciso ainda muito tempo mas o número regulado. São muitos que podem ajudar mas em regime actual em qual Angola funciona neste momento ninguém não quer fazer nada. Tudo é nas mãos dos Angolanos! Vote seu próprio futuro! Experiencia de mais como trinta anos creio que chega!
Anónimo : Apesar dos pesares, Savimbe faz falta a Angola, era depois de Eduardo dos Santos o homem mais respeitado desta grande Angola.
CARLA : FOTOGRAFIA MUITO LINDA
Jornalista : E pena que ja nao se faz jornalismo de verdade em parte nenhuma. Agora, faz-se propaganda manipulando uma vez mais os incautos que tem uma visao e referencias criadas pela historia mal contada. O jornalismo actual e politizado, os meios de informacao so veiculam informacao do agrado dos "doadores". O Publico, e outros jornais portugueses, bem como certos sites deveriam procurar ajudar angola de outra maneira porque a situacao actual e tambem culpa de uma descolonizacao mal feita e com ressentimento. Deixem de incentivar fanatismo. Promovam paz! Deixem de levantar doencas graves desta sociedade. A figura de Savimbi nao se desmorona facilmente, porque a sua legacia perdura para sempre. Que ele foi um tanto apressado la isso foi, mais quem e perfeito? Neto, Holden, Nito, Zedu? Deixem os mortos em paz.
changongo (panga): por que esta foto? Isto so para comecar e ser tendencioso, pois sabemos o dividendo politico que se tirou dai. Savimbi foi nacionalista no seu tempo e cometeu erros proprios do seu tempo. Agora oande estao os nacionalistas, quando o tesouro publico e arrombado? Aonde estao os nacionalistas de hoje quando so um grupo se beneficia da riqueza que e de todos nos? Deixem o Mbimbi em paz, vamos nos concentrar nos problemas do presente. Vamos parar com o enriquecimento ilicito de alguns em prejuizo da maioria dos angolanos
checo (Chanime): Não entendo de título deste artículo quando próprio título é simples vulgar e próprio AN esta avisar: Exmo(a) Senhor(a), Não aceitamos linguagem vulgar nos comentários! Todos comentários que contenham conteúdo calunioso ou difamatório serão eliminados. É mesma porcaria como com nossos diários, provocar a gente ser contra si.
ekuikui (ekuikui-4@hotmail.com): este pseudo historiador angolano nao passa ,na verdade,de um fundista da bajulacao...em busca dos dolares roubados do povo . por mais exercicios que se facam pra retirar o merito de heroi nacional de savimbi...sera em vao,pois existe um savimbi em cada angolano..... savimbi e e foi um marco contra a opressao do autoctene angola...um defensores dos valor e cultura angolanas ...um lutador pla continuacao da angola sonhada plos arquictectos da angolanidade. gloria e honra a este grande filho de angola.
Elisandra Candido (Curitiba): Não entendo nada de politica, mas o que eu acho é que se o "governo" continuar a "passar a mão na cabeça" desses homens que durante anos e anos causaram e continuarão a causar tanto sofrimento ao povo angolano, isso só servirá de incentivo para que surjam outros digamos, inconformados. Savimbi teve a morte q mereceu, acredito inclusive que poderia ser pior. Sou contra esse monte de formalidades e falsidade que insistem em incutir-nos, Savimbi tinha q morrer, aliás não só ele como todos os seus compatriotas, eles sequer mereciam lugar algum na Assembleia....
josé eduardo (luanda): o savimbi nos empos a democracia
Kissonde : Este senhor carlos Pacheco de historiador tem muito pouco. Não é mais do que mais bajulador do mpla. Então não é que ele mesmo se contradiz no artigo? Diz que Savimbi não fez mais do que Neto ou JES, mas conclui sempre que foi pior. Isso é puro fanatismo e falta de conhecimento. A isso responderam muito bem alguns comentadores argumentando com fundamento, nomeadamente o primeiro comentador. Vale mais ler os comentários resposta em defesa de savimbi do que o artigo dum historiador barato. Oxalá que Angola tenha historiadores mais capazes e inteligentes. Savimbi, para mim foi uma das maiores figuras Africanas de sempre. Também reconheço que cometeu erros. Mas se até eu cometi erros na minha vida, lá por isso na minha introspecção, não me considero uma pessoa má! Se reagir a quem nos roubou o pão que tinhamos para a nossa familia é pecado, porque não é esta independencia que Savimbi desejava para Angola, já para alguns oportunistas aproveitadores querem sempre denegrir o nome desse grande Angolano?
francisco sebastiao (nampula-moçambique): savimbe foi heroe e nao deveriar-lo matarlo assin.so tevi apoio de caracamanos porquê obrigarlo.comunista mpal igual frelimo.viva renamo e unita unificado.
Anónimo : Meus caros porque tato fel. Não é negando ou aceitando os factos que vamos valorizalos. Os factos valem o que valem e valem por si proprios. O Savimbi descordando ou concordando faz parte da nossa historia e mais vale uma boa percentagem do eleitorado. 39%
Antonio Bernabe (kajiantonio@yahoo.com.br): Savimbe foi um homem apoiado pelo partido democratico dos estados unidos e por toda democracia ocidental depois da saida dos democratas no poder comecou a vida tragica do galo negro.falar de savimbe se foi um lider democratico ou nao e um obsurdo mas e certo que ele lutou contra os comunistas isto e uma verdade verdadeira.
Antonio Bernabe (kajiantonio@yahoo.com.br): Savimbe foi um homem apoiado pelo partido democratico dos estados unidos e por toda democracia ocidental depois da sauda dos democratas a vida tragica do galo negro.falar de savimbe se foi um lider democratico ou nao e um obsurdo mas e certo que ele lutou contra os comunistas isto e uma verdade verdadeira.
rei-kitexi (desde maquela-minha terra de orgulho): TUGA VELHO,teu pobre que nos anos xxx vosses e que vieram nos procurar!a nao for nos conforme o mundo sabe com que diz a verdadeira historia do mundo.que ali avia a falta de bacalhao e binho.e por isso o tal caputo diogo cao de verdade tinha ficado espantado com os outros artigos,mais validos duque o binho e bacalha que e o cafe,cacao,madeira,pesca,casa,terras batidas,terras planaltos.rios e lagoas,uniao e o entendimentos entre homens iguais que aqui na europa ja nao existia naqueles tempos!mais que entre nos povos bantus e resto da africa sempre existia a uniao sem a vossa civilisacao,com que hoje vosses dizem.que fomos civilizados + que a vossa civilizacao so nos trouxe o odio,ganecia,manipulacoes nos resultados eleitorais,conhecer um partido unico afinal que nos ja naqueles tempos dos nossos reinos ja avia eleicoes livres de todo os tribos.teu rasista continuando i como de abuzo tambem tinha-mos diamantes,ouros,cobres,cobaltes,petroleo,heranio,que vcs ai nao tem.duvidas com isto teu kilombo verujado por causa do odio contra oque e meu.vaila maze e queimar as matas dos alentejo mbua futa!EM PORTUGUES!cao do mato COMO O TEU TIO DIOGO CAO MESMO.
rei-kitexi (desde maquela-minha terra de orgulho): TUGA VELHO,teu pobre que nos anos xxx vosses e que vieram nos procurar!a nao for nos conforme o mundo sabe com que diz a verdadeira historia do mundo.que ali avia a falta de bacalhao e binho.e por isso o tal caputo diogo cao de verdade tinha ficado espantado com os outros artigos,mais validos duque o binho e bacalha que e o cafe,cacao,madeira,pesca,casa,terras batidas,terras planaltos.rios e lagoas,uniao e o entendimentos entre homens iguais que aqui na europa ja nao existia naqueles tempos!mais que entre nos povos bantus e resto da africa sempre existia a uniao sem a vossa civilisacao,com que hoje vosses dizem.que fomos civilizados + que a vossa civilizacao so nos trouxe o odio,ganecia,manipulacoes nos resultados eleitorais,conhecer um partido unico afinal que nos ja naqueles tempos dos nossos reinos ja avia eleicoes livres de todo os tribos.teu rasista continuando i como de abuzo tambem tinha-mos diamantes,ouros,cobres,cobaltes,petroleo,heranio,que vcs ai nao tem.duvidas com isto teu kilombo verujado por causa do odio contra oque e meu.vaila maze e queimar as matas dos alentejo mbua futa!EM PORTUGUES!cao do mato COMO O TEU TIO DIOGO CAO MESMO.
Anonimo (Washigton Dc Columbia): Mister Pacheco , Your are Criser!!! Look and Listen , Dr savimbi Was a one of the best Lider around of the world Ok Sr Pacheco Este seu comentário já tem cunho politico do Mpla dá bem amostra de meter a fotografia do Dr Savimbi Armado só para ludribiar a sua imagem e para esquecermos a miseria e a corrupção do Mpla tenha quidado seu vagabundo !!!
Anonimo (Washigton Dc Columbia): Mister Pacheco , Your are Criser!!! Look and Listen , Dr savimbi Was a one of the best Lider around of the world Ok Sr Pacheco Este seu comentário já tem cunho politico do Mpla dá bem amostra de meter a fotografia do Dr Savimbi Armado só para ludribiar a sua imagem e para esquecermos a miseria e a corrupção do Mpla tenha quidado seu vagabundo !!!
Anónimo (POR AI FORA): Deixem se mas é de se distrair com historias do passado,isso é so para ver que mpla é incapaz de enfrentar o seu presente e futuro,porque mpla durante sua governaçao,nao demonstrou nada se nao abusar do poder,desviar fundos e atemorizar os civis com restriçoes a liberdade individual,e isso nao sao crimes banais cometidos pelo mpla.Agora como nao tem savimbi para subterfugiar,toda a ma governaçao e desvios de fundo,querem reviver o passado,mas desta vez nos camada intelectual,esta atenta,e nao vamos deixar ser manipulados,e este sistema corrompido mpla tem que ser destronado nas proximas urnas.Falando das urnas foi grças ao savimbi que hoje em dia podemos falar de democracia neste pais,apesar da mesma estar nos seus primeiros passos ,cabe a nos futura geraçao de dar mais dinanmica a esta democracia,porque hoje em todo o mundo a palavra de ordem é democracia e nao ha lugar para dictaduras,como esta que se verifica em angola.
KUILUANGE : Nas historias de Angola sempre foi assim, dividir para melhor reinar. Nao sou apologista do DR. Savimbe,mais acho que o senhor que escreveu este artigo têm os seu interesses pessoas. Has magua,traumas;e sofrimento, sao bem patentes na nossa memoria, nao é bom levantarem- as velhas poeira,paz para toda ha humanidade.
cito (lisboa): Este é sem duvida o melhor artigo que ja vi neste site, muito bem conseguido uma analise com pés e cabeça do que é o estado angolano do que foi o lider Savimbi e do que é o partido no poder. Excelente só me surpreende pela positiva o facto de este historiador ser angolano, pois tanta qualidade num historiador angolano, é deverás surprendente.
MARCAM SO A PROPIA DATA : seja qu vosses aqui por a imagem do agostinho neto,ou do savimbi.eu como angolanos de com os olhos aberto e nunca irei de votar nesses dois partidos!produzidores do sofrimento do povo angolano:bem que vosses todos carros jornalistas i comentaristas sabem.nunca ate o regresso do fp????
Hermeneutico (Los Angeles): Sr. Pacheco, com todo o respeito, mas acho que o Senhor sequer devia escrever este artigo. O Senhor Sakala tem toda a liberdade de pensar como quiser. Aos críticos literários caberá apresentar as provas contra os referidos argumentos, numa perspectiva crítica, e não numa perspectiva política, como o Senhor acaba por escrever, ao dar a entender que está a defender outra coisa que se não à evidência dos factos. Eu classifico o seu artigo mais como artigo de opinão, inbuído de subjectivismo e não como artigo de análise histórico. Queria me desculpar mais uma vez. Estou a exercer tão-somente a minha liberdade de pensamento e expressão, e espero que não se irrite com isto. Passar bem.
lambu diavongovongo (Mbanza-kongo): O Dr Savimbi era um bom democrate,ele combate muito para regimo communista em Angola,quem que troco os Cubanos em Angola?Neto avait transforme le pays comme un champ de bataille en faisant appel la force internationale:les Cubains et la Russie,c'est lui qui as laisse le pays dans le chaos,il n'a pas respecte les accords d'Alvor signe en 1975 entre:Fnla,Mpla et l'Unita.En Angola aujourd'hui,il n'y a pas un acteur de la paix,l'acteur de la paix en Angola,c'est le peuple.Dos Santos avait choisi la voie d'elimine physiquement Savimbi pour couvrire la democratie en Angola,l'Angola d'hier est egal l'Angola d'aujourd'hui donc il n'y a rien qui vaille,il n'y a pas la liberte d'expression,pas des medias prive,le peuple n'a pas droit de manifester,ou est la democracie maintenat?En tuant:Savimbi,Johnny Pinnock,Mfulumpinga,Paulo Tuba,Amos,Mawenga,Panzu etc...c'est ca que vous appelez la democracie?La loi ne fait pas la democracie c'est la democracie qui fait la loi"Par conclusion je vous dis en Angola il n'y a qu'Holden Roberto le pere de l'Independance,il a lutte pour la liberation de l'Angola et Savimbi qui a chasse les Cubains et la Russie de L'Angola,les restes sont le mensonge grossier.Obrigado
lambu diavongovongo (Mbanza-kongo): O Dr Savimbi era um bom democrate,ele combate muito para regimo communista em Angola,quem que troco os Cubanos em Angola?Neto avait transforme le pays comme un champ de bataille en faisant appel la force internationale:les Cubains et la Russie,c'est lui qui as laisse le pays dans le chaos,il n'a pas respecte les accords d'Alvor signe en 1975 entre:Fnla,Mpla et l'Unita.En Angola aujourd'hui,il n'y a pas un acteur de la paix,l'acteur de la paix en Angola,c'est le peuple.Dos Santos avait choisi la voie d'elimine physiquement Savimbi pour couvrire la democratie en Angola,l'Angola d'hier est egal l'Angola d'aujourd'hui donc il n'y a rien qui vaille,il n'y a pas la liberte d'expression,pas des medias prive,le peuple n'a pas droit de manifester,ou est la democracie maintenat?En tuant:Savimbi,Johnny Pinnock,Mfulumpinga,Paulo Tuba,Amos,Mawenga,Panzu etc...c'est ca que vous appelez la democracie?La loi ne fait pas la democracie c'est la democracie qui fait la loi"Par conclusion je vous dis en Angola il n'y a qu'Holden Roberto le pere de l'Independance,il a lutte pour la liberation de l'Angola et Savimbi qui a chasse les Cubains et la Russie de L'Angola,les restes sont le mensonge grossier.Obrigado
Critico : Sr Carlos Pacheco, esperamos que este estoria foi bem examinado, aliais pesquisado e q nao e simplesmente uma reacao critica do livro do sr Alcides Sakala. Muitos dos exemplos citados no teu relatorio sao bem conhecidos por todos angolanos, porque muitas destas informacoes vem do Mpla. Eu nasci 1973 e cresci no tempo do Mpla, e durante este tempo nos so aprendemos que a Unita sao carcamanos, queimam pessoas etc. e se acahassemos que o governo esta a nos tratar mal a pessoa era considerada como da Unita. Para muitos de nos, a Unita/ Savimbi e o causador da guerra e distruidor do pais, que e uma pura mentira, o Mpla propositadamente distrui pontes e infrastrutura q o portugues deixou (Por Ex: O meu pai dizia q quando os Tugas foram-se embora o Mpla encorajou o povo em distruir casas, mas se ele soubesse como ja sabe agora ninguem o fazia). Estou muito apreencivo que nesta altura alguem pode escrever a cerca dum homem como o Savimbi, de formas a fazer todas as pesquisas do alcancamento da verdade. Eu li o livro do sr Sakala, e a minha conclusao do livro e q o sr Sakala viveu com o Jonas Savimbi e sabe melhor da vida deste homem do eu. Cada um tem a sua forma de contar a mesma historia, por isso e preciso reconhecermos que o sr Pacheco precisa nos dar provas que fez investigacoes (entrevistou aqueles que conheciam o Savimbi, os que gostam dele e os que nao). Vendo a situacao do pais com o governo que temos, da-me a impressao que o Savimbi nao era tao mau.
muxito (TALAMUNGO): ELE FOI LIDER PAI DA NACAO. DESPERTADOR DOS CEGOS
José Neto (Lisboa): Com todo respeito que tenho pelas pessoas independentemente do que elas façam e não querendo condenar Savimbi digo que depois dos colonos Portugueses não existe outro ser ou seres tão maus quanto Savimbi que atrasaram em muito o nosso desenvolvimento aliás até os próprios membros da UNITA desconheciam de que lado jogava Savimbi lutava pela Democratização do país mas oprimia as pessoas na Jamba, era contra o colonialismo mas apoiava o Apartheid, criticava o MPLA mas não agia de maneira diferente...Savimbi é tão heroi como a minha avó é virgém, até porq no canal história (cá em Portugal)quando passam a história de Angola classificam Savimbi como um ignorante um líder que nunca soube o que queria e que apenas causou dor e sofrimento aos seus próprios compatriotas.
Anónimo : Eu acho que a imprensa angolana deve moderar a sua maneira de falar o passado, será que a imprensa ñ sabe a história desse diabo? pessoa q ñ tinha pena da sua família nem do povo, como estar sempre lembrando desse homem? só angolense que faz estas besteiras, se ñ outras imprensas sabe o que fazem, qtos jornais foram mortos na epóca do savimbi? agora q o povo quer viver a liberdade, pq buscar mais a imagem q traz dor na vida do ser humano? assim esta imprensa está ameçando já o povo de ñ votar com o dever do cidadão! ñ só angolano mais dessa fomra dou razão ao mpla, pq nesta altura tda imprensa como politicos devem trabalhar na consciencia do povo esquecer o passado e viver o presente, isso q importante, caso a imprensa ñ tem nada pra publicar cala boca ou fecha o jornal. Já imaginou uma publicação como essa qtos traumas traz na cabeça do povo? Mesmo a unita tbem deve se conscientizar q nesta epóca deve párar se aventurar com estas aventuras de falar besteiras, afinal ñ se resolvem assuntos políticos só com armas mas sim nas conversas, e o mpla tbem deve moderar a sua conduta com os outros políticos saber q agora é a hora de deixar a democracia reinar com os outros politicos, pq o pais ñ do mpla mais sim de td politicos e povos ensi. falo isso como pessoa q sente o sofrimento do povo africano.
HMarcio (Luanda): Meus srs., é um facto k é graças ao sr. Savimbi k o nosso país se encontra nesta miséria, embora o governo nos roube foi culpa deste sr k levava a morte e desgraça ao nosso povo. Angola seria democratica sem armas nos nao estariamos tao atrasados. É triste para mim admitir k um homem foi capaz de trazer a desgraça a fome a miseria do meu povo. Para mim a morte nao foi o suficiente para ele..... Espero k a UNITA nao volte a cometer o mesmo erro
Zizi (Huambo): Ene a suku yangue!!!??... Savimbi again? I don't believe, por favor nao voltem meter esta imagem horrenda para as pessoas verem, para o vosso conhecimento nao temos saudades nem um pouco desta figura. Que o diabo o tenha!!! Senao nunca mais nos esquecemos do passado desagradavel.
Zizi (Huambo): Ene a suku yangue!!!??... Savimbi again? I don't believe, por favor nao voltem meter esta imagem horrenda para as pessoas verem, para o vosso conhecimento nao temos saudades nem um pouco desta figura. Que o diabo o tenha!!! Senao nunca mais nos esquecemos do passado desagradavel.
Maná : Constato com tristeza q os Srs retiraram todos os comentarios favoraveis a Savimbi
Anónimo : O auto nomeado herói foi aliado dos racistas carcamanos para o regime racista sul africano se manter no poder. Tal como os regimes colonialistas na Namíbia e na Rodésia. O auto nomeado herói ia à África do Sul racista fazer conferências em escolas só para negros para dizer que o comunismo era muito mau e claro o racismo bom! Mas foi corrido com tomates pelos estudantes. Deixem-se de mentiras e de propagandas. E agora esse senhor Sakala que andava esqueleto na mata a destruir Angola e foi salvo pelo governo, agora esses galinhos já cacarejam de novo e vêm lançar mentiras e glorificar o hitler africano.
Kakwala Toyo : Kambi Mbimbi matoya sakula infandu tchilipa mboya kawala nzetu wimbola mayatu tchipando.
Esperança (Luanda): Mas poquê a imagen deste monstro de novo? O Povo ja estava a começar a esquecer assim nunca mais vai-nos sair da alma. Por favor parem de apresentar este homen. Se~´a que ele ressuscitou? Trabalhem bem esta imagen no computador e alteram aquela mão a ir buscar a pistola para mater alguen.É um favor que fazem ao Povo Angolano.Paz para este povo em definitivo.
Uigense (Switzerland): Para mim de facto o Neto começou mal,e depois rependeu-se para mudar com as coisas la onde os sovieticos lhe mataram,Na verdade nos angolanos nunca vamos ter mais um vivido como Savimbi foi um lider estraodinario graças a ele os angolanos podem falar da democracia,uma franca verdade o Dos Santos é um semelhante a Lisfer8 incarnaçâo do mal, da miseria dos angolanos) nunca foi um democrato, e nunca vai ser hoje o povo angolano sofre toda miseria do mundo por acaso dele, mais sempre dizemos um dia chegara que os do mpla-pt vâo ser detronados e pagar por tudo o mal que eles fizeram ao povo,o Savimbi merecia mais do que Neto nos todos sabemos melhor que a luta da libertaçâo nâo foi feito só pelo mpla-pt, mais hoje o fruto da libertaçâo de angola so o Mpla e as suas bandas dos créoles e mulatos que o profitem,90 % dos angolanos vivem de menos de 2 dolares por dia,quem pode me dizer a receita de angola nâo pode dar pelo menos comida nos angolanos? o tempo ja passou da reconcilhaçâo total, os créoles devem pagar e ser julgados pelos seus crimes cometidos, o Nito Alves,Mfulumpinga, Savimbi e muitos outros nos bacongos morremos como câes sem justificaçâo,Nando Miala nos desterminou sem justiça, e querem hoje reconsilhaçâo sem justiça pesem que somos burros o quie? a morte do Savimbi abriu o caminho da democracia, e a morte do mpla-pt abrira o caminho que o povo regosijem o fruto dos seus mineiros e viver em abondencia.
Wilil : Cada um opina como quiser e melhor lhe apetecer. Mas convinha percebermos, que a perspectiva de Sakala é aceite, dado que, se Savibi não tivesse lutado, com certeza, hoje estaríamos nas malhas do comunismo. Aliás, estámos num rol de comunistas destemidos de poder. No entanto, não significa que ninguém é proibido de dar uma chicotada ao malogrado Savimbi, porque a ser assim tão grave, pensemos no que o Mpla fez, faz e fará. Só os que comem da mesa do M é que se iludem na utopia triste e maquiavélica.
zangado (zangado): Parabens sr.historiador ,simplicidade,clareza,autocritica ,Bom trabalho para frente é o caminho. O cenario triste e diabolico desde as fogeiras para os pinhos humanos por feiticaria ou traicao etc.etc.etc.pela loucura desmedida pelo poder,que o resto do galinheiro tudo bem sabe.é preciso chamar as coisas pelo seu nome,é preciso termos a corragem de aceitarmos a realidade dos factos. Para o bem dos Angolanos Savimb nunca se devia esquecer do Holocausto provocado na Provincia do Bie, Huambo, Cunene,Camabatela,o comboio do zenza Etc. Que pecam canonizacao ao senhor da democracia.Amen.
José Franck Dos Santos (shiko_santos@yahoo.fr): Camaradas, Para o bem do nosso pais é preciso começamos olhar o futuro com a tolerancia e confiança. Sou filho do Mpla, que dizer Mpliste do sangue. Mas acredito que O Savimbi era um mal necessario para salvaguadar o poder do povo angolano. Quem inicio a guerra em Angola, são os meus avos do Mpla senão Angola sera um pais africano mas democratico e desenvolvido com três partidos politicos a saber o Mpla, Fnla e a Unita. Nunca o PT mudara com pacto da hegemonia comunista na terra angolana. Não posso fazer uma comparasão entre fulani e outro. Hoje sem a luta da Unita não falaremos do multipartismo e democracia em Angola. Então quem é um simbolio da democracia em Angola entre Dos Santos, Savimbi, Lara, Neto, Holden e Nando ? O brigado
zangado (zangado): Parabens sr.historiador ,simplicidade,clareza,autocritica ,Bom trabalho para frente 0 o caminho.
ZENA STAR (CAMATAMBO): O Savimbi era colaborador da PIDE e agente da CIA, foi o instumento da guerra fria para combater o communismo, depois da queda do muro de Berlim e o fim do blocos Communistas e ofim da guerra FRIA. Savimbi nao é o pai da democracia em Angola , foram obrigados de mudar para democracia, quando o Savimbi visitou o parlamento europeo de Strasbourg. Nao podemos culpar ninguem nem a FNLA, nem a UNITA, nem o MPLA.os Partidos UNICOS estavam na MODA. os dois protagonistas que acabaram com a guerra fria sao REAGAN e GORBATCHOV.Savimbi é sempre Lider como Neto e Holden e outros lider ANONIMOS de Angola que morreram para a nossa INDEPENDENCIA.
BULA MIONGO : MANOS ENQUANTO O MPLA ESTIVER NO PODER NAQUELA TERRA NINGUEM SERA OUVIDO. CURTAM O NOSSO DESPORTO, PORQUE NELE HA MAIS ALEGRIAS. A POLITICA ANGOLANA DA MUITA FRUSTRACAO!!! O QUE ME DOI é SABER QUE OS AFRICANOS POLITICOS MESMO ESTUDANDO MUITO NAO PASSAM DE BURRINHOS. COITADOS NAO PERCEBEM NADA SENAO DE ROUBAR AS RIQUEZAS DO PAIS PARA OS SEUS BOLSOS... UM DIA ELES SE ARREPENDERAO DE TEREM NASCIDOS
anonimo (luanda): sr. deputado Sakala o sr. está esquecido que o seu lider a quem dás o título de h... só queria o poder e nao quria saber da paz? aquele monstro merece tal título? pense bem ta!...
BanDiDo : Samuel H. Sousa...este teu comentario eh muito ATOA irmao.
Samuel H. Sousa (Europa): Muitos desses srs q nao reconhecem o papel do Dr Savimbi como homem q forcou a mudanca para Angola sao em primeiro lugar pessoas q nao viveram no lado certo da vida em Angola desde os anos apos independencia ate mesmo agora. Srs/Sras para mim que fui MILITAR das FAPLA de 1980-1989, passando por varias regioes militares reconheco e muitos mais reconheceram quao chefe poderoso, organizado e amigo era o Dr Savimbi. So de saber q no nosso lado havia comandantes q desviavam material militar nosso para a UNITA, e nada era feito contra estes Srs, um tal de capitao da forca aerea (FAPA DAA),e.x. q dava coordenadas aos nossos pilotos e estes eram derrubavam pelos Sul-Africanos. Os pilotos Jovens formados com fins de fazer face a guerra, helicopteros novos q custou muito dinheiro, e q fez com q neste ano passassemos muito sacrificio alimentar afim de se comprar e equipar a forca aerea e nao so. O Tribunal militar apos o julgamento deste capitao, centenciou-o com pena de morte por fusilamento...mas!!!... porque era capitao mulato e acho cunhado ou sei la do presidente Jose Eduardo dos Santos o Tribunal teve aqui...digo aqui porque nao o fez para o fusilamento dos bailundos e outros achados como colaboradores da UNITA, recordem-se de alguem q se disse ter transportado bomba na Biblia este foi morto...entao o tribunal teve q pedir autorisacao ao PR, nao sei se por ser CAPITAO, (Capitao nao e oficial superior recordem-se) mais mesmo q fosse pelo menos fosse preso. O PR ja sabia do resultado da centensa e simulou uma digressao a Europa, foi nesta altura q disseram q o Bonga era da UNITA!!! Os angolanos atentos e anciosos a espera do regresso do Presidente da R. q iria dar luz verde sobre a centensa nada disse ate hoje, e este capitao desapareceu das cadeias se e q la esteve... o Paiama q na altura foi Ministro da Seguranca foi quem deixou o homem sair do Pais e os papeis todos queimados. Pergunto qtos helicopteros eram derrubados por dia? Depem a RNA q tem os editorias lidos pelo Simone, Balduino e outros. As forcas da UNITA capturavam estes coitadinhos pilotos e foram devolvidos antes das eleicoes. O Dr Savimbi nunca deixaria tal episodio acontecer. Ele qdo lhe chega uma noticia dada por aqueles q muitos nao julgam...como o caso do chefe da policia Nzau Puna, Valentin da informacao e talves outros q almejavam destruir a UNITA e o Dr Savimbi, O Dr escutava os relatorios e mandava condenar. Generais foram despromovidos a soldados e apanhavam chapadas, muitos foram condenados. De recordar q este e um movimento de guerrilha q tinha q ter uma ordem e voz, porque tinha um fim. Do mesmo modo foram assassinados Deolinda Rodrigues e outros como o da Juventude, quem os Matou? Se o MPLA ja como governo o fez ao longo destes anos, e muito recentemente o S. Van-Dunen q ja foi Presidente em exercio quanto mais um movimento? Srs, numa das entrevistas q o Tony da Costa Fernades no nosso ex decano no Reino Unido deu aqdo da sua dissidencia (estupida)UNITA disse q o Dr Savimbi nao tinha dinheiros escondidos e q nao era corrupto isto afirmou. Hoje lemos aqui q a TAAG perdeu 18 milhoes de dollares, e ate aqui nada se esta a fazer com relacao a este Sr. Vejamos, q, enquanto houve guerra os Generais do MPLA roubavam tudo e tudo e mandavam destruir tudo e tudo, tanto mais q agora sao os mais ricos do PAIS. Para aqueles q foram militares das FAPLA e nao FAA sabem bem da situacao, e como se destruiu o Pais, meus Srs, nao foi a UNITA q destruiu Angola, e nem mesmo algumas pontes...Nos nas FAPLA (CUBANOS)destruiamos pontes por formas a impedir o avanco das tropas inimigas UNITA, para nos FAPLA esta bem porque tinhamos Caminhoes pontes q nos dava accesso ao avanco ou recuo. Aposto q dentro da UNITA havia homens proximo do Dr Savimbi que trabalhavam contra, e o MPLA investiu muito, neste proposito instalou tecnicas q provocavam o Dr. Savimbi, sabia-se q ele manda condenar tudo de soldado a general passando por familiar ou nao. Um dia iremos saber q a morte de Willson dos Santos e Chingungi foram provocados pelo MPLA q ja estava a ganhar terreno no campo de CHICOTY e Chipilica. Um dia saberemos como Chicoty amnistiou-se ao MPLA, nao sera por isso q o seu tio fosse fusilado? O Puna ainda la se encontrava... Srs e Sras O Dr Savimbi e o Sr da Democracia em Angola e sem ele hoje ninguem aqui estaria a escrever isso, nem teriam telemoveis e nem tao pouco accesso a internet. VIVA a mudanca e viva a UNITA.
Mbisa Kanana (Luanda): O artigo diz tudo...No entanto é pertinente realçar que a UNITA não lutava para a democracia mas sim pela sobreposição de um regime ditatorial com Savimbi à cabeça, com algumas características messíânicas em que o povo ovimbundu como maioritário aparece como pretexto. Em caso de vitória savimbista os outros partidos seriam logo ilegalizados e extirpados. A democracia em Angola é produto do contexto internacional da queda do muro de Berlim. A luta da UNITA pela tomada do poder é uma coincidência histórica disso mas não deixa de ser produto da guerra fria. As palavras do Savimbi em que refere que quando caimos no buraco não interessa quem nos está puxando para a nossa salvação, reflectem bem o seu pensamento oportunista.
Puro bade (Soyo): Angola nunca tera mais um homem como o Dr.Savimbi..
uhm (luanda): Tyno, exageraste ninguem vai ler isso tudo.Ate fiquei com preguica.
Educador : Imaginem uma pessoa q n aceitava criticas nas ideias e quem o fizesse era fuzilado com a familia, como e q iria dirigir o pais? Iria nos matar a todos em frente as camaras televisivas, n iria haver este parlamento de mentira q existe hoje q a unica coisa q conseguem aprovar la e a compra de carros e aumento de subsidios pra eles proprios, o povo iria viver no terror. Nem o Savimbi era a pessoa certa para dirigir Angola. Mas um dia ira aparecer alguem capaz de dirigir o pais, pode demorar mas vai aparecer alguem q vai fazer o pais crescer.
anonimo (luanda): comentaristas de meia tijela! vão todos a mer...
Tyno (tyno1@msn.com): ARTIGO SOBRE A PUBLICAÇÃO DO LIVRO (A Formação Da República De Angola 30 Anos Depois Da Independência) A Formação da República de Angola é um livro de extrema importância para analisar a História política econômica social e cultural do povo angolano. É Nesse contexto que o Escritor Angolano - Óscar Benjamim Constantino, Historiador - Formado Pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Residente em Lisboa à Rua Dr Antônio Agostinho Neto 12, escreveu uma obra de História intitulada - “A Formação da República de Angola 30 Anos Depois da Independência" onde retrata com detalhes a formação de uma Burguesia de Estado, formada pela elite política atual na sociedade Angola, idealizada pelo Medico e Político Antônio Agostinho neto, como um PROJETO DE NAÇÃO, caracterizada pela formação de quadros que ao longo deste período (Três Décadas) contribuiu para a consolidação das forças políticas econômicas sociais e culturais da Atual saciedade angolana, ou seja da elite política dominante na República de Angola. Retrata também com profundidade a formação das Instituições públicas desde a independência, e faz referencia a isso como sendo um PROJETO DE NAÇÃO, caracterizado pela história de luta do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) e das restantes forças políticas partidárias sociais culturais e religiosas atuantes na República. A caracterização e semelhança com que trata e menciona o PROJETO DE NAÇÃO IDEALIZADO PELO MEDICO E POLÍTICO AGOSTINHO NETO, faz da obra uma obra especial para as futuras gerações e constitui-se numa obra que as Universidades e escolas do país irão precisar para analisar a história de um jovem país que surgiu das cinzas depois de uma guerra sangrenta contra o colonialismo, imperialismo, contra a dominação das forças do apartheid, e da luta dos povos vizinhos da Namíbia Zâmbia Moçambique cabo verde São Tomé e Príncipe e Timor Leste. A Historia retratada pelo professor pesquisador e Historiador Óscar Benjamim Constantino, identifica-se com a Historia da Formação de Várias Repúblicas dos cinco continentes, de tal forma que não pode ser vista como um caso comum, mas sim uma obra que traz à luz o renascer de um brilho nos olhos daqueles que arduamente lutaram para que hoje pudesse - se visualizar um sorriso no futuro da nação angolana, que de tanto martirizada conseguiu finalmente mostra-se segura dos seus objetivos e da direção que tomou para consolidar aquilo que os Historiadores chamam de nação soberana. A obra é uma mina de ouro e diamantes que ao ser lida deve tirar a conclusão de que, o povo angolano ao mostra-se forte perante a investida dos seus inimigos, mostrou que pode trilhar todos os caminhos que a levam para a vitória dos seus filhos. A Missão de idealizador deixada clara pelo escritor mostra que os militantes dos vários partidos que hoje se fazem representar pelo povo angolano sempre tiveram esperança de que um dia o dia da soberania absoluta ia chegar, principalmente daqueles que fizeram parte desde a formação do pensamento político que iniciou a formação do movimento pela libertação de Angola, da Luta contra o colonialismo, contra o imperialismo, e contra a dominação capitalista selvagem orquestrada por grupos que só queriam explorar o povo angolano. É interessante como o Pesquisador e Historiador Óscar Benjamim Constantino faz referencia aos combatentes do Maqui descritos por Pepetela no seu livro, e como levanta e retrata a luta dos presos políticos que conseguiram com a ajuda dos membros dos movimentos de luta pela libertação invadir as cadeias de lá tirarem os políticos que mais tarde seriam protagonistas de um cenário que levou Angola a ser conhecida como uma Nação independente e soberana. A História desse País dos seus filhos, dos seus mártires precisa ficar retratada pela mão e obra do Historiador, Pesquisador e Professor Óscar Benjamim Constantino, para que de hoje em diante os seus sucessores possam olhar para o passado de lá tirarem o exemplo de luta dos camaradas, dos Irmãos dos companheiros, e do povo que lutou firme e decisivo pela soberania que hoje desfruta. 30 anos de Historia devem ser vistos como uma analise da formação da República de Angola, onde o olhar dos angolanos deve ser para o que hoje precisa ser feito para que a Nação se fortaleça cada vez mais tirando exemplos e lições na conduta daqueles que idealizaram a luta, a independência e a consolidação da República, em especial Agostinho Neto, e a outros que junto com ele fizeram a diferença na consolidação da burguesia de Estado que se apresenta como condutora da Nação Angola para a implantação total da Democracia angolana. O Panda, Junto com a canda, respectivamente "Partido da Aliança Nacional Democrática Angolana" e "Convenção Alargada Nacional Democrática Angolana" (PANDA) e (CANDA) como uma força política Representativa idealizada pelos mártires da República e pelo, povo, dá seguimento a luta pela implantação da Democracia multipartidária e pela consolidação das Instituições Públicas na República de Angola, mostrando ao mundo que (A LUTA CONTINUA e A VITÒRIA é CERTA). Salienta ainda no livro, o historiador, pesquisador e Professor Óscar Benjamim Constantino que o povo angolano SEMPRE ESTEVE FIRME NA LUTA CONTRA A DOMINAÇÃO E CONTRA A EXPLORAÇÃO, DESDE A CHEGADA DOS PORTUGUESES POR LÁ. A HISTÓRIA DE ANGOLA É UMA MINA DE OURO PARA QUE SE INTERESSA PELA HISTORIA DA AFRICA. É com esse artigo que o professor “Constantino” alerta aos Brasileiros de todas as classes, principalmente os descendentes de Africanos ou afro-brasileiros como são chamados, a participarem da palestra de abertura do curso de História da África, que será ministrado pelo mesmo e colaboradores a partir de Março de 2006 na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, aonde o pesquisador vai detalhar com mais sutileza a luta, a garra, e a coragem com que o povo angolano conseguiu consolidar a soberania da República de Angola, que estão narrados nos livro em referencia. O livro é um verdadeiro guia para quem se interessa pela História da África, e é uma verdadeira obra de arte política, para os admiradores da arte mais classe da humanidade. A retórica com que retrata a História da África num capitulo que é parte do livro, o Historiador se apega à semelhança e a similitude para explicar as origens e a dispersão dos povos e das identidades culturais africanas. Ao comentar a disporá desde a escravidão e exploração da África, pelos europeus e não europeus, Pesquisador Constantino, como é conhecido, descreve com atenção as influencias arábicas e européias presentes hoje na realidade e na cultura africana contemporânea. Ao retratar o pensamento dos idealizadores do Projeto de Nação para Angola, o pesquisador descreve que o Projeto de Nação Angolana vem desde antes da chamada “descoberta da áfrica” e que a democracia é um fenômeno típico dos povos africanos, embora mais tarde o absolutismo tomou conta da grande parte da constituição das sociedades tribais, e dos reinos africanos. A democracia descreve o professor é um fenômeno africano, que aparece como característica de organização política entre os africanos desde antes da era cristã, portanto a.C. O capítulo que retrata a história da religiosidade politeísta africana ou não com ricos detalhes, é descrita pelo Professor, Pesquisador e Historiador Constantino como um fenômeno comum a todas as religiões: alcançar a perfeição (Deus) ou (N’Zambi) como é chamado em várias línguas africanas, é a entidade mais cultuada pela maioria do politeísmo africano. Um detalhe característico do livro neste capítulo é a aproximação com que o autor descreve o culto a Deus em todas as religiões, e a semelhança com que demonstra os dogmas que caracterizam todas as religiões. A sutileza com que o professor descreve a realidade atual africana é que apaixona os seus leitores, pois o mundo esta habituado, e cenários históricos comuns, mas ele mostra que a realidade atual africana está perto de ser o exemplo de humanidade a ser seguido não pelo seu desenvolvimento, mas pela forma como os africanos conservam o meio ambiente, uma das preocupações do mundo desenvolvido para preservar o meio ecológico; Enfim o livro é uma verdadeira obra de arte em todos os aspectos, vale a pena comprar. E as editoras portuguesas e de outras línguas que ainda não têm o livro devem pedir porque é um sucesso de vendas na Espanha, e nos Países de Expressão oficial Espanhol.
ndjento (mocambinque): todos voces sao assassinos quem matou o mfulu mpinga landu victor? lembrem que perdoar nao e esquecer.mas um dia vao pagar, as matancas, violacoes pilages as casa e cabanas queimadas ao de pagar.
ndjento mponda (mocabinque): e verdade que o savimbi foi un grande assassino+Eduardo dos Satanas. esses dois homes malditos matram muitos e fizeram atrazar a vida dos outros. porque? o mbimbi ja tombou e o outro tem que ser caputurado vivo, elevado para huegue-hollanda....!
caricoco (lukala): por favor parem de fazerm este tipo de noticias que nao e noticia para os angolanos. isto esta ultarpassado vamos pensar no futuro para bem de todos angolanos
BweMwangole (Luanda): Meus irmãos, ainda é cedo para avaliações sobre o papel e figura de nossos lideres ou apenas chefes. Uma coisa é certa, sem a UNITA certamente não teriamos democracia e sem a flexibidade, ainda que forçada, do MPLA estariamos bem pior. Savimbi foi de facto um grande homem, tal como todos teve defeitos e virtudes. José Eduardo, ainda em vida, é um grande homem, seu feito é incontornavel, não significa que seja tudo um mar de rosas, mas temos que reconhecer, tal como o dizemos em relação a Savimbi, nem tudo é de sua lavra. Há abutres em ambos os lados, gente que não viveria sem a figura deles e que alimenta a perpetuação das coisas. Vamos vencer, estamos fartos desta vida miseravel, vamos chegar mais longe, mas temos que estudar mais e valorizar mais a vida humana, as familias, etc...Angola é dos poucos países do mundo onde se dá tanta improtancia aos partidos por isso se assim continuar vamos a lado algum. Ha que deixar o partido com a sua vida que so beneficia quem o seu trabalho é ser politico. E nos, o povo? Temos mesmo é que trabalhar cada um perseguindo o seu interesse, alimentar a familia. andam a distrairnos a muito, pois eles fazem tudo pelas suas familias e ficamos aqui a bater boca por nada. Fiquem bem, vou trabalhar...boelos!
KARPOV : Penso que o comentarista KALUANDA SEMPRE ATENTO devia alterar o pseudónimo para SEMPRE DESATENTO. Diz ele na sua intervenção que quem construiu Angola foram os angolanos. Pura aldrabice!...Quem construiu Angola, foram os portugueses(brancos,negros e mestiços)até 1975. A partir daí é que foram os angolanos, não a construir mas a destruir tudo o que puderam. Só agora é que estão a começar a pensar no próprio País e a fazer alguma coisa por ele e pelo povo. Mesmo assim, há que lembrar que 95% das obras em curso, são unicamente de reconstrução e recuperação. Isto é, reposição de tudo o que havia e que fazia de Angola o 2º país de África, só ultrapassado pela República Sul Africana. Estar a tentar branquear a História, sangrenta e destruidora, dos 3 Partidos culpados dessa sanha maléfica que qualquer deles praticava, é colaborar com os verdadeiros culpados da situação. MPLA, FNLA e UNITA, partidos democráticos? A democracia deles está nos milhares de assassinatos que cometeram e nas chorudas contas que foram semeando pelos diferentes Países do Mundo. O Savimbi era igual aos outros lideres.
Vyny Biny (Intelectual Sem Fronteira) : Na historias, meus amigos, os "what if's" nao contam. Savimbi nunca chegou de ser presidente de Angola -- chega. Agora estarmops aqui a especular o que eh que pais seria com ele no poder eh uma forma de masturbacao intelectual -- nao resulta em nova ideias ou iniciativas. Iria escrever mais mas tenho que ir ler um livro sobre as grandes decisoes geosstrategicas que tem 600 paginas e nenhuma fotografia!
Senador (Luanda): Parem de falar deste homen. Sabem quantas pessoas estão neste momento assustados? Resposta:Angola Inteira.Enterrem de vez este homen e deixem Angola renascer das cinzas.
Operador : Não adianta ser o mais inteligente, um líder, QI altíssimo, se pensar que os fins justificam os meios, Savimbi se fosse líder de Angola, estaríamos perdidos, poderia existir qualquer regime, MENOS DEMOCRACIA, ainda bem que ele foi desta pra melhor, não estou satisfeito com o regime do PR, mais ao menos posso expressar minha opinião sem medo que amanhã batam na minha porta pra me "suicidarem"
Estevão (Lda): Savimbi pai da democracia? E quem disse que há demoracia? Ja não esta o regente Dos Santos a mais de três décadas no poder? Um verdadeiro ditador. O povo é que terá de implementar a democracia senhores.
TINTY (tintyhot@hotmail.co.uk MANCHESTER): Palavras pra k ?o homem ta morto.vamos pensar no futuro ...e o resto sao bananas. power to the people .
Antonio Ngunza : CARLOS PACHECO e um tanto astuto, mas nao consegue fintar todos, nem que fosse Robinho!. Ele procura morder todos com uma dentada so, cuspindo em todos cantos. Deixem o mais velho Galo descancar em paz! Se nao fosse as revoltas de savimbi as "eleicoes" nao teriam chegado em 92. Quem sabe que ainda estariamos encravados com as filosofias do marxismo-lenismo! Ele foi extremamente inteligente basta ler as suas intrevistas. Mas nem por isso foi perfeito, foi um tanto quanto megalomano. O erro que ele cometeu foi ter aceitado jogar o jogo que os outros queriam que ele jogasse por isso acabou, infelizmente, exposto como cao. E politicamente incorreto deitar as culpas do colapso actual ao savimbi tal como e incorreto atribuir so a Neto o caos do 27Maio. Angola nunca teve lideres perfeitos e pode mesmo nunca ter. Por isso deixem os nossos herois : Neto e Savimbi descansar em paz. Somos ingratos. Ate ja com o Holden nem um pingo de reconhecimento? Senhor Carlos Pacheco nao misture Historia com Politica. Se quiseres ser politico pegue um voo da va logo ao tribunal supremo e registe o seu partido, como e habito! Deixem o mais-velho Galo em Paz! Por favor.
WCP : democracia angolana? isso existe? acho que nao e se nao existe como pode ter pai?
Ex-FAPLA (Portugal): MAIS UM JORNALISTA PORTUGUES PAGO PARA FAZER SERVICOS DO MPLA. VA LA CONTAR HISTORIAS DE SALAZAR E MARCELO CAETANO. MAZE QUERES OS DIAMANTES ANGOLANO, SO MEU RACISTA.
Kamundongo (Seattle, USA): Eu andei na maioria de paises africanos e mesmo ca nos EUA, digo-vos os intelectuais africanos consideram o Savimbe como um dos lideres africanos com um IQ altissimo. Em qualquer revolucao ha sempre problemas internos. O MPLA notando on seu IQ ficou tao amedrontado que mesmo a corrupcao tinham medo de o fazer contando que um dia Savimba iria os apanhar, este era o grau de medo dos nossos camaradas. SIM SAVIMBE E O PAI DA DEMOCRACIA EM ANGOLA. Todos nos sabemos.
Sugestão (Toronto-Canada): Uma análise intelectualmente bem concebida. Mas completamente descontestualizada e longe traduzir o sentimento da maioria de Angolanos. Savimbi tornou-se no monstro para se opor a monstruosidade com se bateu. O senhor não conhece a realidade Angolana, nem tão pouco sabe o que é comandar uma organização politica militar nas circunstancias em o Dr. Savimbi o fez. Vai pastar bois.
Don (por aí): Eu sinceramente, nao acabo por encaixar, porqué que Savimbi andou a destruir o país todo...a democracia chagaria na mesma...mesmo que nao houvesse a unita! sao tudo tretas para tentar justificar o narcisismo e agocentrismo deste individuo, que se cria o messias...nao tinham nada que partir o país todo!
SedianganyMbimbi (Rio de janeiro): Um dia vossos filhos vão reconhecer o que fiz por Angola....Posso nao ser a água que vos da de Beber, mas sou a chuva que cai na hora certa...O mundo so respeita e presta atenção para aquele que o incomoda...Angola pode ser a capital da África Austral se drem opurtunidade aos verdadeiros nacionalistas...Viver na historia de Angola é um previlegio Morrer pela minha patria é um prazer...Td isto dito e escrito por DR Savimbi... Td bem irmaos temos muito a lamentar pelo que o Dr fez mas ...faço das palavras deste sabio...incomparavel ao nossso PR ...as minhas palavras...
Kin la Belle : Entretanto pode-se revirer e vitoriar Neto(quem limpou 80 mil nitistas e está na génese do conflito angolano) com estátuas, mausoleus, canticos, moeda, universidades, ruas e avenidas...sem que isso desajude a harmonia, paz e reconciliacao nacionais! Haja decencia
Didi Ingles : Deixem la o homen em paz. Ele ja esta morto pa!
KALUANDA SEMPRE ATENTO : Idolotrar Savimbi ou outros é o fanatismo, inimigo do respeito pelas ideias dos outros. Dizer que foi o "pai" da democracia é uma aberração. Quem construiu Angola foram os Angolanos, muitos desconhecidos de que deram a sua vida por uma causa e por um valor devem ser lembrados . Hoje passados tantos anos tanto de um lado como do outro ( os apoiantes de Savimbi e os seus inimigos) verificaram que a sua ideologia não serviu de nada e vêm que o mundo tem que ser governado de outra maneira, havendo uns que têm mais que outros, não podendo todos ter o mesmo, isso é utopico. O que ´´e necessário é que haja mais solidaridade com aqueles que precisam mais. É impossivel todos ganharem o mesmo, terem as mesmas coisas, terem casas iguais, carros iguais etc. .
Ferdinando Pinto Leite (v): Compreendo a expressão de Sakala sobre Savimbi; Teremos que notar, que a História há-de fazer justiça sobre nomes como os Agostinho Neto, Jonas Savimbi, Holden Roberto, Daniel Chipenda e Pinto de Andrade.Todos, sem excepção tiveram um papel preponderante na História actual de Angola. Quem cpomo, estudou fases da vida de Savimbi, sou obrigado a reconhecer, o seu valor como Figura Militar (Estratega), Político e acima de tudo como Poligolota. Que me perdoem quem me leve a mal, mas conta a História de um Jornalista Francês, que um dia se abeirou do Presidente Senghor do Senegal, e lhe perguntou: SABE V. EXCªS QUE É CONSIDERADO COMO UM DOS MAIS ILUSTRES POLITICOS DE ÁFRICA?, ao que respondeu: PORQUE VOCES NÃO FAZEM UM ESTUDO SOBRE FIGURAS COMO A DAQUELE QUE ALI VAI " REFERIA-SE A SAVIMBI". Esse sim, é um Homem que vai longe, e esse poderá ser o eleito como um dos maiores Lideres Africanos. Penso que deveriamos respeitar esta Figura que foi Savimbi, mais a mais que era um Angolano, e verdadeiro nacionalista. Se pensarmos bem, então ele com o acesso a diamantes, que pelo seu movimento passava, em vez de comprar mantimentos, medicamentos e armas, porque é que não pôs num Banco da Suiça, para uma reforma num futuro? Seria megalómano Politico?. Afrimar que não errou, seria uma gafe muito grande, mas quem não erra?. Sera´que os valores que temos actualmente, no seio politico, pensam e agem da mesma maneira?. Compreendo expressões como as do Sr. Sakala, e acredito não ser com saudosismo. Outra coisa gostaria de questionar...Terão sido os muitos actos bárbaros que acusam Savimbi, mandados perpretar por ele, ou existiram muitas figuras que aproveitaram o seu estado de graça, para mandar... alegando ser ordem do mesmo? Não acusemos, só porque foi opositor ao regime do MPLA,olhemos hoje para a Figura História que o mesmo ostenta,e não nos deixemos hoje, com os conhecimentos que temos, acusar a oposição de actos que nem sempre foram reais. Fundamentemos a história do futuro, com testemunhos não vinculados à area oportunista ou Politica. Sou Angolano, nascido em Luanda "Camundongo", como sempre foram apelidados os nativos de Luanda, e não quero tomar posições a favor de A ou B, daí poder pronunciar-me com isenção.
Anónimo : Bom, se idolatrar Savimbi e’ um disparate e nao ajuda a pacificar os espiritos e a sarar as feridas da sociedade angolana, este tipo de analise e’ um disparate ainda maior e demonizar Savimbi como o faz tambem nao ajuda em nada. Entre o cravo e a ferradura que vai dando nuns e noutros, fica claro deste texto que ambos os regimes e liders em analise eram totalitarios e nao recomendaveis para consumo da sociedade angolana. A unica diferenca e’ que Savimbi nunca deteve o poder absoluto em Angola e os crimes de que e’ acusado ocorreram em circunstancias que se nao o excusam, tambem nao justificam os crimes de igual monta e maior amplitude nacional cometidos pelo outro lado com todos os instrumentos do poder absoluto. Era de se exigir mais de quem teve em maos a possibilidade de fazer melhor.