Anónimo (Lobito): Sr. Santos Sem comentários! Passe bem aí no Al Garbe!!!
santos (Algures no Algarve, alias no "Al Gharb"): La esta outra vez o anonimo do lobito a dizer besteira:) (esta claro o homem nao quer ser ex-colonizado!!!) o importante e que nao e portugal que colonizou as gentes do algarve (estes foram sempre portugueses e nao arabes!!!) nao sei onde esta a confusao:): Os arabes ocuparam o territorio que pertencia a tribos portugueses (parece que assim me explico melhor:))a uma dada altura estas tribos portugeses se foram unindo em estado uno, ate chegarem ao territorio que se encontrava sob dominio dos arabes. Faz sentido esta explicacao ao anonimo do lobito ou nao? estou a ver que a questao e so uma - os tugas nao querem ser ex-colonizados!?!:):):) Entao estao complexados!?! Se mesmo apesar disto se ter passado ha seculos (olha que a colonizacao do algarve (hoje portugal) e da andalucia (hoje espanha) foi do seculo VIII ao seculo XIII) ate hoje ainda ha quem tuga que fica inconformado com a condicao de ex-colonizado, veja-se la entao como e que os angolanos se sentem tambem(a colonizacao de angola foi do seculo XV ao seculo XX). O certo e que os arabes fizeram e desfizeram, milhares de geracoes passaram por la, andaram e desandaram com as mulheres portugesas, enfim fizeram tudo o que um colonizador pode fazer (o mesmo aconteceu em angola alias) mais isto e a historia ex-colono alias ex-colonizado!!!! Pinta-la nao adianta!!!:):)E ate burrisse!:)
Anónimo (Lobito): O Português realmente se não se estiver atento, é muito dificil e agora respondendo a certos comentadores para aí, senão vejamos: O próprio colunista errou no título: Ele diz: "Angola luta pelo conhecimento do português como Lingua de Trabalho na UA" O senhor colunista deveria ter escrito "reconhecimento" e não conhecimento. A Lingua portuguesa é das mais faladas do mundo, talvez a 5ª ou 6ª. portanto não necessita de publicidade. Quem diz para aí que a Lingua portuguesa deveria estar no museu, no mínimo é um ignorante.
Anónimo (Lobito): O Português realmente se não se estiver atento, é muito dificil e agora respondendo a certos comentadores para aí, senão vejamos: O próprio colunista errou no título: Ele diz: "Angola luta pelo conhecimento do português como Lingua de Trabalho na UA" O senhor colunista deveria ter escrito "reconhecimento" e não conhecimento. A Lingua portuguesa é das mais faladas do mundo, talvez a 5ª ou 6ª. portanto não necessita de publicidade. Quem diz para aí que a Lingua portuguesa deveria estar no museu, no mínimo é um ignorante.
Anónimo (Lobito): O senhor Santos parece que me está a dar razão! A Fundação de Portugal foi em 1143 no tratado de Zamora e o territorio português como sabe era o Condado Portucalense, mais tarde D. Afonso Henriques alargou o território a Sul do condado supostamente ocupado pelos Mouros (é aqui que está a questão do ser ou não colonizado)em 1135 Leiria, 1146 Santarém, um ano mais tarde em 1147 Lisboa, Alcacer e a quase totalidade do território a Sul em 1160...daí deduzo que nunca estivemos sob o domínio dos Mouros, já que os Mouros iam sendo expulsos à medida que as tropas de D.Afonso avançavam para Sul. A única excepção, como sabe, foi a ocupação espanhola durante 60 anos devido ao desaparecimento de D. Sebastião numa aventura no Norte de Africa.
Anónimo : Portugal não é Angola. Se houvesse casos de maus tratos a crianças Africanas o Procurador Geral da Republica a Judiciária, o Governo já tinham atuado.
Mbisa Kanana (Luanda): Só tenho a agradecer ao APOLONIO. Assim deve ser a mentalidade dos ANGOLANOS: em constante inovação e não rígida como a Portuguesa. Penso que a falta de ATITUDE tem prejudicado o nosso país que está tomando um rumo preocupante pois assistimos ao período "abrasileirado" pois fala-se muito e pouco fazem (à parte gostei ontem da vitória de Portugal por 2-0, pois os brasucas têm "moleza" na boca...). A ATITUDE portuguesa também é das mais fracas no Mundo e aí vemos a pobreza (até espiritual) do País. Prefiro até a ATITUDE de CABO VERDE um país pobre mas pelos vistos vai muito bem...com um bom nível de vida. Angola tem que dar passos audaciosos para que possa vencer e o INGLÊS é uma necessidade para vencermos os desafios não só de novos investimentos até do EMPREGO, pois verifico que as PETROLIFERAS recrutam luso-angolanos em Portugal porque estes dominam bem o INGLÊS. Agora não aceito um fubeiro qualquer discordar das minhas ideias pois elas contêm uma ATITUDE para a construção de uma ANGOLA FORTE e PRÓSPERA...
Anónimo : Se falam português como escrevem realmente mais vale aprender inglês. Basta se assassinar a lingua portuguesa! ou então aprendam chinês já que quando pensam em Portugal ficam de olhos em bico
Anónimo : ressabiados do caraças! Sabem que os herois dos tugas são Eusébio e o Obikuelo 2 AFRICANOS e ninguém se sente inferior. Para trocar de lingua escolham o Kimbudo.
Kassala (Cabinda): Mbissa Kanana VALEU!!! ESSA E A MELHOR IDEIA QUE JA APARECEU AQUI!!! Porque nao recolhermos assinaturas para apresentar ao parlamneto ANgolano sobre a consagracao do INGLES como a segunda lingua oficial de ANgola? ISTO E o que os cidadaos querem, porque sabemos que sem o INGLES o PAIZ nao ira para frente!!!! MAssificar o ensino das nossas linguas nacionais e do INGLES e ACABOU!!!! Vamos recolher assinaturas, queremos tirar o nosso povo do obscurantismo, por isso Senhores parlamentares INGLES ja como LINGUA OFFICIAL DE ANGOLA!!!!!!!!!
Mbisa Kanana (Luanda): Lusofonia? Isso não existe...Fui português durante 16 anos e eu devia optar pela nacionalidade que eu quisesse como sucedeu com os jamaicanos na Inglaterra, mas se Portugal tampouco está interessado em promover o seu dialecto como é que Angola se alvora em campeã da defesa da língua tuga? É vergonhoso pois devíamos primeiro aprender bem o Kikongo, Kimbundu, Kioku, Ngangela, Umbundu e depois falar Português. Também devíamos já proclamar o INGLÊS como segunda língua oficial em Angola. Isso traria vantagens enormes.
santos ( Algures em Algarve ou "Al Gharb"): ao anonimo do lobito, tudo depende como interpretar colonialismo. se o facto de mesmo as gentes la viventes serem luzitanos portanto falantes duma lingua diferente do arabe, quando os arabes la apareceram, e os portugueses estavao tao atrasados que nem sequer tinham nomes proprios para as suas localidades tal como aconteceu com o algarve, isto nao significa colonizacao, porqe portugal como tal nao existia, entao nesta logica tambem se pode dizer que angola nunca foi colonizada, um estado com o nome de angola nunca existiu no mapa, haviam varios estados ou formacoes com caracteristicas de estados, mas como estado angolano esse se constitui com a vinda dos portugueses, o proprio nome ANGOLA, tal como o ALGARVE, por exemplo, foi inventado tambem por aqueles que chamamos colonizadores (porque tinham uma lingua diferente dos locais tinahm caracteristicas fisionomicas diferentes dos locais (tambem negros) e porque tinham tecnicas mais avancadas do que os locais). ja nao e bem colonizacao o facto de portugal ter sido sempre parte da espanha ,por exemplo, ou de ter sido sempre parte do imperio romano. com este andar tambem veremos que os angolanos foram parte duma grande tribo africana, os bantus, 2 mil anos antes de cristo que depois se foi expandindo pelo sul de africa, tanto e assim que apartir dos camaroes para baixo a maior parte dos povos sao de origem bantu, como tambem se pode dizer das origens latinas ou romanas dos povos que vao desde a franca, a italia, a espanha e a portugal. o que e certo e que os arabes que la apareceram nunca foram parte da familia romana, e quando aqui chegaram com 12 mil homens comandados por tarik (um arabe negro) tiveram, assim diz a historia, que varrer 100 mil homens comandados por Rodrigo, e se estabeleceram aqui e ensinaram aos portugueses e espanhois do sul as artes modernas da arquitectura, da navegacao e etc, muitas das palavras arabes ate ficaram ate hoje no portugues. felizmente portugal nao teve que adoptar o arabe como lingua, mesmo depois de 500 anos de dominacao cultural e sanguistica dos arabes (mesmo ja naquela altura portugal ja tinha bem enraizado o cristianismo). com angola nao aconteceu o mesmo, porque quando os portugeses ali chegaram subjugou povos diferentes (olha que a composicao de angola hoje e igual aos territorios da alemanha, franca espanha e portugal postos juntos!!) se portugal nao pretendesse colonizar todos estes povos, mas so por exemplo o territorio dos kimbundos (este territorio que vai de luanda a malange (antes ja foi ate zimbabwue, tanto e assim que em zimbabwee existem tribos kimbundos!!) entao os kimbundos tambem teriam permanecido com a sua lingua nacional, e o mesmo se teria passado com os kongos e os umbundos se as fronteiras destes povos fossem respeitadas na colonizacao!!!) Por isso mesmo colonizacao entendesse por ocupacao de territorios habitados por povos com caracteristicas fisionomicas e culturais diferentes dos locais (isto aconteceu em portugal quando os musulmanos (inclundo muitos negros) la chegaram (os chamados "portugueses enegralhados" sao oriundos destes negros arabes) e quando os portugueses chegaram a angola (os "mulatos" sao oriundos destes brancos portugueses!) por isso os povos que hoje habitam portugal e sempre la habitaram, num determinado period da sua historia foram de facto submetidos ao dominio cultural e snaguistico de povos diferentes vindos do medio oriente que na altura ja se tinham ha muito estabelecido no norte de Africa, e misturados com os negros locais. Do mesmo modo tambem e verdade que a um determinado periodo da historia dos povos que hoje fazem angola, estes submetidos a dominacao de pessoas de caracterisiticas fisionomicas e culturais diferentes das dos locais. Em ambas as situacoes, esta domincao dexou marcas que hoje sao visiveis nos tracos fisionomicos das pessoas em ambos os paises e na arquitectura das casas em ambos os paises. Se nao acreditam vao ao marrocos e depois venham ao algarve e verao o tipo de casas. venham tambem ao algarve ver que ha muita gente genuina portuguesa (familias inteiras)aqui que e mais escura e com um cabelo mais africanizado do que o dos mulatos angolanos! este e o passado e nao adianta esconde-lo. nada de complexos, os "algarvianos" foram tao colonizados quao os "angolanos"!
santos ( Algures em Algarve ou "Al Gharb"): ao anonimo do lobito, tudo depende como interpretar colonialismo. se o facto de mesmo as gentes la viventes serem luzitanos portanto falantes duma lingua diferente do arabe, quando os arabes la apareceram, e os portugueses estavao tao atrasados que nem sequer tinham nomes proprios para as suas localidades tal como aconteceu com o algarve, isto nao significa colonizacao, porqe portugal como tal nao existia, entao nesta logica tambem se pode dizer que angola nunca foi colonizada, um estado com o nome de angola nunca existiu no mapa, haviam varios estados ou formacoes com caracteristicas de estados, mas como estado angolano esse se constitui com a vinda dos portugueses, o proprio nome ANGOLA, tal como o ALGARVE, por exemplo, foi inventado tambem por aqueles que chamamos colonizadores (porque tinham uma lingua diferente dos locais tinahm caracteristicas fisionomicas diferentes dos locais (tambem negros) e porque tinham tecnicas mais avancadas do que os locais). ja nao e bem colonizacao o facto de portugal ter sido sempre parte da espanha ,por exemplo, ou de ter sido sempre parte do imperio romano. com este andar tambem veremos que os angolanos foram parte duma grande tribo africana, os bantus, 2 mil anos antes de cristo que depois se foi expandindo pelo sul de africa, tanto e assim que apartir dos camaroes para baixo a maior parte dos povos sao de origem bantu, como tambem se pode dizer das origens latinas ou romanas dos povos que vao desde a franca, a italia, a espanha e a portugal. o que e certo e que os arabes que la apareceram nunca foram parte da familia romana, e quando aqui chegaram com 12 mil homens comandados por tarik (um arabe negro) tiveram, assim diz a historia, que varrer 100 mil homens comandados por Rodrigo, e se estabeleceram aqui e ensinaram aos portugueses e espanhois do sul as artes modernas da arquitectura, da navegacao e etc, muitas das palavras arabes ate ficaram ate hoje no portugues. felizmente portugal nao teve que adoptar o arabe como lingua, mesmo depois de 500 anos de dominacao cultural e sanguistica dos arabes (mesmo ja naquela altura portugal ja tinha bem enraizado o cristianismo). com angola nao aconteceu o mesmo, porque quando os portugeses ali chegaram subjugou povos diferentes (olha que a composicao de angola hoje e igual aos territorios da alemanha, franca espanha e portugal postos juntos!!) se portugal nao pretendesse colonizar todos estes povos, mas so por exemplo o territorio dos kimbundos (este territorio que vai de luanda a malange (antes ja foi ate zimbabwue, tanto e assim que em zimbabwee existem tribos kimbundos!!) entao os kimbundos tambem teriam permanecido com a sua lingua nacional, e o mesmo se teria passado com os kongos e os umbundos se as fronteiras destes povos fossem respeitadas na colonizacao!!!) Por isso mesmo colonizacao entendesse por ocupacao de territorios habitados por povos com caracteristicas fisionomicas e culturais diferentes dos locais (isto aconteceu em portugal quando os musulmanos (inclundo muitos negros) la chegaram (os chamados "portugueses enegralhados" sao oriundos destes negros arabes) e quando os portugueses chegaram a angola (os "mulatos" sao oriundos destes brancos portugueses!) por isso os povos que hoje habitam portugal e sempre la habitaram, num determinado period da sua historia foram de facto submetidos ao dominio cultural e snaguistico de povos diferentes vindos do medio oriente que na altura ja se tinham ha muito estabelecido no norte de Africa, e misturados com os negros locais. Do mesmo modo tambem e verdade que a um determinado periodo da historia dos povos que hoje fazem angola, estes submetidos a dominacao de pessoas de caracterisiticas fisionomicas e culturais diferentes das dos locais. Em ambas as situacoes, esta domincao dexou marcas que hoje sao visiveis nos tracos fisionomicos das pessoas em ambos os paises e na arquitectura das casas em ambos os paises. Se nao acreditam vao ao marrocos e depois venham ao algarve e verao o tipo de casas. venham tambem ao algarve ver que ha muita gente genuina portuguesa (familias inteiras)aqui que e mais escura e com um cabelo mais africanizado do que o dos mulatos angolanos! este e o passado e nao adianta esconde-lo. nada de complexos, os "algarvianos" foram tao colonizados quao os "angolanos"!
CACADORE CONTRA AS RESTANTES RADIOS ILEGAIS UIGE : 100 COMENTARIOS SOBRE ESTE ARTICULO
Pululu quois : éu ja nao sei se,é pq qué este comentarista de tal RM se é mesmo pessoa.
VIRIATO : Realmente, só não sabe quem não quer. Qualquer opinador, dos que aparecem neste espaço, pode aprender algo sobre os idiomas e evitar fazer figura de parvo. Cada um, só tem que submeter " idiomas mais falados do mundo" a um motor de busca qualquer. E assim, os chicos-espertos que não hesitam em chamar o português de língua morta vão ter uma grande surpresa. É que a tal língua morta é a 3ª. mais falada no hemisfério ocidental a seguir ao inglês e espanhol. As tais línguas, que eles se fartam de chamar vivas, como se fossem muito entendidos, aparecem muito depois. Aprendam e, por uma vez, que seja verdade o que certos eruditos afirmam.
Anónimo (Lobito): Existem aqui historiadores que são um espanto!!! Quando não sabem aquilo que dizem, devem estar calados ou então façam como eu: informem-se! Transcrevo aqui um pouco do que está na Wikipédia qualquer um lá pode ir: "O território português actual foi originalmente habitado por populações ibéricas do Paleolítico, que produziram as Gravuras Rupestres do Vale do Côa. O território a Sul do Douro até ao Algarve era conhecido como Lusitânia e veio a constituir a maior parte da província romana com o mesmo nome. Os Suevos fundaram o reino de Portu-Cale, cuja capital era Bracara Braga, englobando a Galiza e estendendo-se até ao Tejo; os Visigodos conquistaram este reino em 580. Mais tarde invadido pelos Mouros, o condado de Portugal ou Condado Portucalense veio a ser estabelecido depois da conquista do Porto por Vímara Peres, em 868, como parcela da monarquia ásture-leonesa. Portugal constituiu-se como reino independente com D. Afonso I, duranto cujo reinado se conquistaram Santarém, Lisboa e Évora aos Muçulmanos. Terminada a Reconquista do território português em 1249, a independência do novo reino viria a ser posta em causa várias vezes por Castela, no desaparecimento de D.Sebastião em que três gerações de Reis Espanhois dominaram o território (Epoca Filipina), na sequência da crise de sucessão de D. Fernando I, que culminou na batalha de Aljubarrota, em 1385" Pelo que aqui está escrito, nunca Portugal foi colonizado...
Radio Maquele do zombo ............vova : Deve por essa lingua no Museu, o deixa para o Pululu e homens da Hollanda que luta tanto para os uigense dominar bem o ndinga Portugues.
Radio Maquele do zombo ............vova : Deve por essa lingua no Museu, o deixa para o Pululu e homens da Hollanda que luta tanto para os uigense dominar bel ndinga Portugues.
Anónimo : Deve por essa lingua no Museu, o deixa para o Pululu e homens da Hollanda que luta tanto para os uigense dominar bel ndinga Portugues.
Anónima : Mbote-Berlin. A continuada declaração de que Portugal necessita muito de Angola ainda está por demonstrar. Até agora, decorridos 30 anos da independência, tem sucedido precisamente o contrário. Portugal está na cauda dos países desenvolvidos mas, a verdade, é que sempre esteve, mesmo nos tempo das colónias. Angola também está na cauda, só que dos países sub-desenvolvidos. Entre uma situação e outra, cada um que escolha a que mais lhe interessar. Refere o senhor que os portugueses não querem falar a sua língua. Não sei em que estudos ou estatísticas se baseia, porque eu vivo em Portugal e não noto nada disso. Penso que os seus receios de um eclipse de Portugal são pouco fundamentados e convém lembrar que as fronteiras de Portugal são das mais antigas do Mundo e já contam com 800 anos de reconhecimento. A língua portuguesa, como todas as latinas, torna-se de difícil aprendizagem razão que contribui para, algumas sociedades, encontrarem problemas na sua compreensão. Julgo, contudo, que isso poderá ser ultrapassado. Os países colonizados não são obrigados a adoptar o idioma do colonizador e, assim, não vejo motivo para que os integrados na diáspora e que não gostem da língua portuguesa, não se exprimam nas línguas locais. Todos os idiomas do Mundo são fontes de cultura e união de povos. Respeitemos esses parâmetros.
Anónimo : Assimilado Silva, o unico assasino ao angolano foi o português, mataram milhoes de angolanos melhores. Apoiaram o regime do seu pais portugal, hoje querem riqueza de Angola por isso venham de novo como cuitadinhos com as làgrimas de cocodrilho, para depois roubaram. O angolano noa colonizou portugal, nao violó e assisinou portugueses. Cala a boca!!
Mbote-Berlín : Portugal, está claro para angolanos e portugueses, comoteu muita injusticia em Angola, por culpa da estupidez, ingonorancia, e analfabetismo de governantes portugueses, que implantaram uma filosofia racial, de superioridade da raça branca portuguesa, que hoje em dia deixa muita dúvida, porque a final os portugueses sao de uma raça que nem a branca, nórdica ,etc, etc. De todas as formas esta filosofia foi perjudicial também aos portugueses, que hoje em dia necessitam de Angola, e necessitaram. Que será de Portugal se cortar relaçoes com Angola? Perderá mais que Angola (benefícios potenciais da riqueza de Angola). Infelizmente pelos acontecimentos tarde ou cedo Angola cortará relaçoes com Portugal. Porque vai buscar outras vias para entrar em europa que sao infinitas.... Se o odio angolano do passado colonial fosse tao patenta como muitos pensam, as relaçoes diplomáticas já estriam cortadas a muito tempo. Já que depois de muito tempo Angola nunca ganhará nada com Portugal. Hoje em dia china faz mais por Angola em trocas comerciais que portugal que tem que ter muito cuidado para poder beneficiar do potencial Angolano. O futuro de Portugal é muito mais incerto como pais e naçao. Infelizmente esta é a realidade de Portugal pais occidental com cada vez mais imigrantes que nao querem serem chamados portugueses, porque lhes ofende. Se Portugal nao recuperar o autostima corre o riesgo de desaparacer no absurdo!!!
Ana F. (Paris): O numero de intervenções e o tom apaixonado da maioria delas mostra que a questão da lingua oficial é um tema que merece debate. Contudo, acho que será preciso por água na fervura e encarar os factos com objectividade. Em primeiro lugar, mesmo os mais veemementes detractores da lingua portuguesa usaram esta lingua para se manifestar, o que significa reconhecer, implicitamente, que o portugues é o meio mais adequado para comunicar com outros angolanos.Que seja a lingua do ex-colonizador não é estranho: acontece na maioria dos paises colonizados, em Africa e não só. No caso de Africa, julgo que as unicas excepções são os paises do norte de Africa - que adoptaram o árabe (em parte por ligação entre lingua e religião , o arabe, como lingua do al corão, foi sistematicamente ensinado nas escolas coranicas)e os paises do leste de Africa que adoptaram o swahili como uma das linguas oficiais (Tanzania, Uganda e Quenia). A adopção das linguas dos colonizadores pelos pais fundadores das independencias africanas foi um acto politico, que decorre da mesma vontade de consagrar a intangibilidade das fronteiras herdadas da colonização : uma forma de afirmar a soberania e integridade territorial dos jovens estados. Com efeito, a língua oficial é parte constitutiva do Estado : consagrada na constituição, pode evoluir, alterar-se, extinguir-se, com a historia do estado que a adoptou. Por isso há linguas "mortas", como o latim (que não seobreviveu ao fim do imperio romano e o grego classico. Outras "renascidas" como o hebraico( apos a criação do estado de Israel) e outras em formação( chines)O Frances derriva, como a maioria das linguas europeias, do latim, mas só foi lingua escrita a partir do seculo IX e gramaticalmente fixado no século XVII; só se impos sobre as linguas regionais a partir da revolução e da imposição do ensino universal, obrigatorio e gratuito (fim do século XIX) A ligação lingua oficial/ensino explica a situação que se vive em muitos paises africanos, onde não foi ainda possivel ensinar bem o idioma oficial a todas as populações, nem cuidar da preservação das linguas "nativas", o que exigiria todo um esforço adicional ( passagem das linguas faladas as linguas escritas, edição de gramaticas, dicionarios, formação de professores, politica editorial etc...) Mas é hoje opinião universalmente partilhada de que vale a pena o duplo esforço : melhorar o ensino da lingua oficial e preservar a diversidade linguistica e cultural. ~ Sobre a importancia do portugues: é efectivamente uma das linguas mais importantes do mundo, lingua oficial para 234 milhões aproximadamente.Razão pela qual aumenta o numero de estrangeiros que a estudam (fenomeno que se pode comprovar, da Espanha a China!) Pode ser considerada ainda como "subdesenvolvida" como lingua de comunicação cientifica e comercial, mas esto está relacionado com o estado de desenvolvimento dos paises de lingua portuguesa. Ora, isto é um dado em permanente evoluição e o facto do Brasil ser já uma "potencia global" e Angola e Moçambique dois paises com elevado ritmo de crescimento economico em Africa, deve ter como corolario uma afirmação da lingua nos fora internacionais, como a UA. Não acredito que o ingles seja destinado a ser a lingua única e universal (nem sequer nos Estados Unidos de America!) e acho que a defesa do portugues faz parte da afirmação da diversidade humana. Faço votos para que os paises de lingua oficial portuguesa desenvolvam com a maior força o ensino desta lingua, sem esquecer as linguas nacionais, porque darão assim um contributo precioso para um mundo mais justo, tolerante e culturalmente evoluido e diversificado. Infelizmente, mesmo em Portugal, ha muita gente que pensa como os leitores que acham que "portugues é lingua de burro e atrasado" : muitos jovens portugueses já não sabem falar e escrever a sua língua, acham que o ingles é a chave do sucesso e se condenam a serem analfabetos funcionais ( iliteracia) em todas as linguas!
Lubanzady-Nova York. : A lingua dos originarios chiganos europeos como muitos nórdicos chamam aos portugueses, apesar de ser una língua ingnorada no mundo, de facto é considerada dialecto na europa, é um bém mal para Angola, entretanto nao estamos a falar ainda em Angola línguas como Kikongo, pela sua dimensao historica e falada nos dois Kongos, e Gabao. De quelquer das formas Angola necessita paises de consideraçao e as suas líguas para desenvolver e nao Portugal, que aos poucos vai de novo atrás. País sem historia na tecnologia. Angola sim tem historia na tecnologia, sua arte é só comparada com a egipcias e a maya. O homem africano emigrou a europa, eliminou os Nanderltan, e domonou todo o mundo. Sabeis que o homosapio que é africano dominou o mundo todo. Hoje todo o cidadao do mundo é de origem homosapio. Para mais informaçoes consultem o articlo americano titulado: El hombre modernopodria llevar en Europa 45.000 anos, datada aos 12 de janeiro de 2007, na internett. Isto é para o senhor Tuga!!!.
Anónimo : A lingua portuguesa tambem é lingua de trabalhos - Dr. Agostinho Neto.-
Anónima : JEannot. Quando dizes que o francês e o inglês são as duas línguas mais faladas do Mundo, só demonstras a tua enorme estupidez. O ingês, sim, é a 2ª língua mais falada do Mundo, a seguir ao mandarim. Mas, como ainda estás no analfabetismo primário, próprio de quem ainda devia estar nos galhos de uma árvore, vou explicar-te, estúpido(a). O português, no Mundo é mais falado que o Francês. Não sabias? Não me causa admiração nenhuma, porque de burros e estúpidos está o Mundo cheio. Vê se arranjas alguma cultura antes de apareceres nestes espaços.
JEannot (Europe): A lingua portuquesa nao tem valor no mundo,esse podem memo ser afastado no mundo,e a lingua dos burros,lingua dos bebados,lingua dos bandidos,lingua dos traidors,lingua dos corrupts,lingua dos caes os nossos filhos nao vam mais aprender a quela lingua feia,ate os proprios estam a fuzir a portugal par Franca,Italia,Sussa par aprender a Ingles e Frances os dois linguas mais conhecidas no mundo.
JEannot (Europe): A lingua portuquesa nao tem valor no mundo,esse podem memo ser afastado no mundo,e a lingua dos burros,lingua dos bebados,lingua dos bandidos,lingua dos traidors,lingua dos corrupts,lingua dos caes os nossos filhos nao vam mais aprender a quela lingua feia,ate os proprios estam a fuzir a portugal par Franca,Italia,Sussa par aprender a Ingles e Frances os dois linguas mais conhecidas no mundo.
Para o TUGA (Lisboa): O Tuga nao sabe nada do passado sanguinario dos seus pais e avos. Antes de comentar devia investigar primeiro sobre os massacres da terrivel PIDE-DGS! Seu assustado!
Feliciano (Luanda): Há tanto ódio destilado neste site entre portugas e muangolês, que o melhor seria criar um site específico para os beligerantes. Aqui não. O espaço é para comentar as noticias e nada mais. Enquanto os governantes angolanos deliciam-se do melhor vinho do porto e do outro lado deliciam-se dos melhores diamantes e marfim, quem somos nós para estar aqui a acender fogueiras que nunca queimarão ninguém? Deixem-se de estúpidas discussões. Bom 2007
Anónimo : O TUGAMAN, cada vez pensa menos! Voce afirma que, o sul de Portugal sempre foi arabe, abaixo do TEjo. Sera que a origem dos arabes é a peninsula Iberica? que todo o mundo sabe os arabes tem origem no medio oriente. Olha que o TUGAMAN, nao quer mesmo ser um ex-colonizado.
Tugaman (tugalandia): Os anonimos aqui em baixo: Portugal não foi colonizado pelos arabes, Portugal sempre foi arabe, abaixo do tejo, ate ser conquistado! Durante seculos o sul de portugal foi arabe! Perceberam? E é com muito orgulho que ainda hoje aceitamos a influencia arabe que temos!
Anónimo : sim e reparem o que camoes diz nos seus poemas sobre a necessidade de destruicao do monstro negro, isto vem de longe...
Anónimo : De acordo com as explicaçoes do ramon de Madrid, sobre a colonizaçao arabe em Portugal, posso entender de onde vem esse antagonismo selvagem dos portugueses em relaçao aos negros de Angola e restante Africa, no periodo colonial. Como no passado, foram submetidos por negros arabes, nunca perdoaram a raça negra. Os portugueses, precisam de uma cura interior.
Esta discussao é um escandalo : Os angolanos precisam de curar a dor, a ferida aberta que nao para de sangrar, pelos males que os portugueses fizeram no passado e ainda continuam a fazer com os imigrantes de Angola e seus filhos menores. Angola e os angolanos, ainda nao estao livres. Precisamos de trabalhar muito. Aiwé, meu povo, aiwé mwangolé.....
ramon (madrid): e preciso tambem acrescentar que durante a ocupacao arabe, muitos guerreiros arabes eram de facto negros. haviam destacamento de negros arabes. alias o proprio tafik que invadiu com as suas tropas portugal em 711 era um gerreiro destemido de origem negra. estes eram considerados os mais temidos. Os portugeuses na altura eram de facto vandalos. sao estes arabes que ensinaram aos portugueses as matematicas, a geografia, a navegacao, e a arte de construir barcos durante os 500 anos de colonizacao de portugal. foi gracas a esta colonizacao que portugal depois usando os ensinamentos deixados pelos arabes e mesmo com a presenca dos mesmos arabes ainda la, ja que muitos ficaram (como hoje temos angolanos de origem portuguesa), que portugal conseguiu crar as armadas para os descobrimentos. Esta e a ironia da historia, ela tem altos e baixos, em determinados periodos uns povos sao mais desenvolvidos do que os outros e levam de vantagem,noutros eles sao mais fracos e perdem. O que os arabes (incluindo negros) fizeram em portugal (ate serem expulsos), estes aprenderam e viriam a fazer tambem em angola ate serem expulsos.
Ovelhas perdidas on (Angola para os Angolanos): Angola para os Angolanos,lingua portugues nao e lingua dos angolanos,nos somos bantu negro Africano povo do Ne-kongo eles sao SEMET.viva Ngola,viva o reino do Kongo.
Ovelhas perdidas on (Angola para os Angolanos): Angola para os Angolanos,lingua portugues nao e lingua dos angolanos,nos somos bantu negro Africano povo do Ne-kongo eles sao SEMET.viva Ngola,viva o rei do Kongo.
roque (cabinda): Portugueses deixem-se la de complexos. De facto a parte sul de portugal (portanto habitada na epoca por portugueses)andou durante muito tempo (por ironia, ate mais do que 500 anos) sob dominio dos Arabes. Aqui segue um pedaco da historia do sul de portugal (que alias esta disponivel no internete). os chamados "portugueses enegrados" por exemplo sao oriundos desta area por causa da miscegenacao que ocorreu (claro que os arabes fizeram tambem muitos "mulatos" com as mulheres portuguesas durante a colonizacao, dai a pele e o cabelo normalmente escuros das gentes do algarve. "O território definido como a província do Algarve pertenceu à antiga província romana da Lusitânia, tendo posteriormente feito parte dos domínios visigodos. Os mais de cinco séculos de influência árabe marcaram para sempre os destinos da região, a começar pelo próprio nome: Al-Gharb, O Ocidente. Esta presença, que se prolongou do séc. VIII ao séc. XIII, ainda hoje se encontra bem patente nos nomes das povoações, na agricultura, na arquitectura dos monumentos, nos rendilhados dos terraços e chaminés ou no branco da cal que teima em cobrir o casario de muitas localidades algarvias. No ano de 711, Tarik ibn Zyad passa o Estreito de Gibraltar e derrota o rei dos visigodos, Rodrigo, na batalha de Guadalete. Em 712, Abd Al-Aziz Ben Mussa conquista o "Gharb Al Andaluz". Da palavra árabe "Al-Gharb" deriva a actual palavra portuguesa Algarve. Em 1143 dá-se a fundação de Portugal. Em 1144 estabelecem-se os segundos Reinos das Taifas: o governo dos Muridines (filósofos sufis) e do místico Ibn Caci em Silves. Em 1147, a dinastia berbére Almóada (Al-Muahadin) reunifica o Al-Andaluz. Em 1189, o Rei de Portugal, D. Sancho I, auxiliado pelos cruzados, conquista Lagos (Az-Zauia) e Silves (Chelb) pela primeira vez. Em 1190, o Almóada Yacub Al-Mansur ( Almançor) conquista o Gharb Al-Andaluz, retomando as localidades algarvias em poder dos portugueses. O poder Almóada termina em 1230 com o estabelecimento dos 3º Reinos das Taifas. Em 1241 Lagos e Silves são conquistadas definitivamente pelos cristãos, comandados D. Paio Peres Correia, mestre da Ordem de Santiago. Em 1249, no reinado de D. Afonso III de Portugal, o Algarve fica totalmente conquistado pelos portugueses. Desde então, e até à proclamação da República, em 1910, os monarcas portugueses passaram a ostentar o título de "Rei de Portugal e dos Algarves". O contributo da cultura árabe na Península Ibérica foi marcante na arquitectura, agricultura e técnicas de rega, artes de pesca e de construção naval, literatura, matemática e geografia, bem como na maneira de ser e fisionomia das gentes, e em mais de 600 vocábulos na língua portuguesa." Por isso deixem-se de facto de vaidades complexos e vamos sim e nos ocupar cada um com o desenvolvimento do seu pais. Portugal precisa de acabar com os seus analfabetos e tornar-se so um bocadinho mais industrializado, por exemplo fabricando pelo menos uma marca de carros, ja nao digo uma nave espacial. Angola tambem precisa de cicatrizar as feridas do passado e transformar-se no motor economico da Africa!!! A ver vamos quem chega primeiro a meta - Portugal inventando e fabricando finalmente tambem uma nova marca de carros (em vez de estarem pelos vinhos), ou angola conseguindo se tornar no "hong Kong" da Africa!!! Para isso ambos (portugueses e angolanos) precisaremos de aprender mais ingles, e acabar com os analfabetos em ambos os paises!!
voz do sul : acho que deviamos falar e encinar nas escolas as nossas linguas nacionais e falar ingles como oficial ..! falar portugues e um atrazo de vida e ja agora .porque nao dar as costas a portugal porque e um pais completo de mesquinhos , duas caras, e sem qualquer caracter ...tenho um sonho , ver todos os portugueses fora de angola .
Anónimo : Os comentadores deste espaço sao o maximo. A noticia diz uma coisa, os comentarios dizem totalmente outra. O senhor Muanza tem sim senhor razao. Os paises lusofonos adotaram o frances como lingua oficial( se bem que alguns tem o suhairi como lingua oficial), os anglofonos o ingles, os lusofonos como è o nosso caso o Portugues. Normalmente nos encontros internacionais as linguas que sobressaiem sao: frances, ingles e espanhol. Se o Umbundo ou o kioko, ou kimbundo ou sei là fossem falados em mais Paises, ai sim poderiamos lutar para que uma dessas linguas tivesse lugar nos trabalhos da uniao africana. Podemos ver que mesmo dentro do Pais nòs nao temos nenhuma lingua nacional que nos une e se eu disser que apartir de hoge todos tem que aprender a falar e a escrever em Umbundo a minha querida lingua, logo dirao que sou fantoche e estareis todos contra mim. O que querem afinal? Usem a cabeça.
Anónimo : este o dito muanza, nao tem cabeca. na europa nunca uma lingua africana servira como lingua de trabalho.
Anónimo : este o dito muanza, nao tem cabeca. na europa nunca uma lingua africana servira como lingua de trabalho.
Anónimo : este o dito muanza, nao tem cabeca. na europa nunca uma lingua africana servira como lingua de trabalho.
Anónimo : este o dito muanza, nao tem cabeca. na europa nunca uma lingua africana servira como lingua de trabalho.
Anónimo : este o dito muanza, nao tem cabeca. na europa nunca uma lingua africana servira como lingua de trabalho.
Anónimo : este o dito muanza, nao tem cabeca. na europa nunca uma lingua africana servira como lingua de trabalho.
Anónimo : este o dito muanza, nao tem cabeca. na europa nunca uma lingua africana servira como lingua de trabalho.
Anónimo : este o dito muanza, nao tem cabeca. na europa nunca uma lingua africana servira como lingua de trabalho.
Anónimo : este o dito muanza, nao tem cabeca. na europa nunca uma lingua africana servira como lingua de trabalho.
Anónimo : este o dito muanza, nao tem cabeca. na europa nunca uma lingua africana servira como lingua de trabalho.
Eu mesmo (Algures): Sempre que aparece uma noticia com a palavra portugal é o máximo, os leitores do site deitam fumo! Os comentários tresandam a ódio! Ora bem: 1º - É mais que normal o ex-colonizado sentir ódio contra o ex-colonizador. Sempre assim foi e será! Não passa de um complexo de inferioridade. 2º-Portugal não foi colonizado por arabes, Portugal sempre foi Arabe (do rio tejo para baixo), até ser conquistado por D. Sancho II, para nunca mais voltar ás maos arabes! 3º- De todos os colonizadores, Portugal até foi o menos mau! Não comparem com o que Inglaterra (EUA), Espanha (América do Sul), ou Holanda (Africa do Sul) fizeram! 4º - A importancia da Lingua Portuguesa já passou á história! O ingles é a lingua universal e ponto final! Não devemos tentar ensinar o portugues, mas sim aprender outras mais importantes. 4º - Para finalizar, povo angolano deixem de odiar tanto os tugas, preocupem-se mais convosco, ja há problemas que cheguem para resolver aqui. E Tugas, deixem de invejar tanto angola (já sabemos que seria melhor governada se ainda fosse tuga), a historia faz-se a olhar para o futuro, não para o passado!
Anónimo : - Minha senhora laranja, laranjinha boa! Compra laranja doces; compra-me também o amargo desta tortura da vida sem vida. Compra-me a infância do espírito; este botão de rosa que não abriu; princípio impelido ainda para um início. Laranja, minha senhora! Esgotaram-se os sorrisos;com que chorava; eu já não choro. E aí vão as minhas esperanças;como foi o sangue dos meus filhos; amassado no pó das estradas; enterrado nas roças; e o meu sour embebido nos fios de algodão que me cobrem. - Compra laranjas minha senhora! Leva-me para as quitandas da Vida o meu preço é único:- sangue. (Quitandeira, Sagrada Esperanca, Agostinho NETO)
Anónimo : Minha Mãe (todas as mães negras cujos filhos partiram);tu me ensinaste a esperar;como esperaste nas horas difíceis;Mas a vida matou em mim essa mística esperança;Eu já não espero, sou aquele por quem se espera; Sou eu minha Mãe a esperança somos nós os teus filhos,partidos para uma fé que alimenta a vida; Amanhã entoaremos hinos à liberdade; quando comemorarmos a data da abolição desta escravatura; Nós vamos em busca de luz (Sagrada esperanca, Agostinho NETO)
chibaza (kuito kuanavale): portugal foi corrido de angola, macau portugal entregou sem problemas. ai esta a diferenca. Portugal nao quiz deixar angola, porque ha muita riqueza em angola. o saque desenfreado destas riquezas (sem deixar nada) e o que fez angola correr com os portugueses. Hong Kong nao tinha nada quando os ingleses la foram, hoje Hong kong tem tudo e esta em termos de desenvolvimento humano a uns bons palmos acima de Portugal. mesmo com as riquezas em 1975 depois de 500 anos de colonizacao, Angola nao tinha caminhos de ferro em condicoes (os que haviam eram para escoar productos para portugal,e nao para facilitar a vida aos angolanos), nao tinha universidades (a unica que surgiu nos anos cinquenta foi para facilitar a vida aos colonos, nao aos angolanos. tanto e assim que foi gracas a igreja que os poucos nacionalistas foram estudar a portugal como agostinho neto. bom o Tuga pode dizer que quando os arabes foram corridos de portugal, depois de terem 200 anos colonizado portugal, este nao estava melhor, pode ser, mais isto justifica nada.
Anónimo : Última flor do Lácio, inculta e bela, És, a um tempo, esplendor e sepultura: Ouro nativo, que na ganga impura A bruta mina entre os cascalhos vela... Amo-te assim, desconhecida e obscura. Tuba de alto clangor, lira singela, Que tens o trom e o silvo da procela, E o arrolo da saudade e da ternura! Amo o teu viço agreste e o teu aroma De virgens selvas e de oceano largo! Amo-te, ó rude e doloroso idioma, em que da voz materna ouvi: "meu filho!", E em que Camões chorou, no exílio amargo, O gênio sem ventura e o amor sem brilho! (Língua Portuguesa, Olavo Bilac, poeta brasileiro, 1865-1918)
anastacio (toronto): Mesmo este camoes entao nao e ele que cantou nos seus poemas,de que os portugueses tanto se orgulham (os luziadas) que a africa era um monstro que devia ser destruido? e entao nao foi ouvindo este chamamento, que os conterraneos do camoes em angola fizeram e desfizeram (venderam-nos os mais fortes, debilitaram as forcas da nossa Mae rainha Ginga Mbandi e colonizaram-nos, retiraram todas a riquezas do nosso povo, obrigaram o nosso povo a trabalhar nos cafezais e nos campos de algodao a salarios miseros de cinco dolares por ano?! nao sao eles que depois ajudaram a criar as guerrilhas e revoltas nos movimentos de libertacao, facilitaram a invasao de angola pela africa do sul e etc? nao sao ainda eles que hoje como alguem ja denunciou atras cometem o genocidio contra o nosso povo, ao tentarem elimina a memoria genetica dos nossos filhos ao vende-los a brancos para servir de domesticos prostitutas e outro tipo de escravos modernos?!. alguem de facto acredita que as cirancas que estao a ser entregues aos brancos em portugal (estao de facto a ser preparados para amanha serem ministros ou presidentes em Portugal? O tuga mesmo acredita nisto?!) Alguem ainda acha depois disso tudo que temos razao de nos orgulharmos ou de camoes ou dos seus descendentes ou da lingua deles?!? O tuga acha mesmo que os Portugueses postos no lugar dos angolanos teriam menos razoes de rejeitarem tudo que e do colonizador nestas condicoes? Se so os 200 anos do jugo arabe continua encravado na garganta de cada portugues, porque o Tuga pensara que os 500 anos de jugo em angola nos teriam feito melhor?! Nao brinca com a memoria dos povos!!! Coma a sua banana e chega!!
Eusebio (Lisboa): Tuga, se Portugal anda a violar as criancas angolanas da maneira como o fazem, a isto chama-se GENOCIDIO!!!! Comparar Angola com Portugal em termos de desenvolvimento humano e baixo, e o mesmo que comparar batatas com bananas. Todo o tempo eu lhe estava a comparar Portugal com a Noruega e com a Holanda, pois estes paises, no mesmo indice de desenvolvimento humano que anunciou, ocupam respectivamente o Nr1 e o Nr 10. Eu dizia que Portugal com os analfabetos que tem, o melhor seria estar na Africa, pois de facto se analisar bem esta lista vera que Portugal e o ultimo na lista dos paises ocidentais na posicao 28 (actualize a tua lista, a mais recente e de 2006 e la Portugal caiu uma posicao abaixo:)), e e ultrapssado inclusive por paises do leste europeu, como por exemplo a Slovenia:):)Atras de Portugal so esta a Turquia, mas a Turquia sempre foi mais "asiatica" do europeia, alias este pais nem se quer esta no lista dos chamados paises de "alto nivel de desenvolvimento" e encontra-se na 87 posicao. Mas e preciso tambem explicar que o indice de desenvolvimento humano e um indice que compara o nivel de desenvolvimento humano relativamente ao bem -estar das populacoes. O Tuga deve explicar por isso que Portugal so pode estar acima de paises do leste como Cuba, a Polonia ou a Russia (que ate e uma super potencia espacial e nuclear so comparada aos EUA) exactamente por causa do comunismo nestes paises, onde o nivel de desenvolvimento humano nunca foi avaliado em termos de bem estar pessoal dos cidadaos (estes paises do leste nao tem analfabetos, tem um maior indice de formados universitarios do que portugal, mais tem menos contrapartidas em termos de bens materiais. Por exemplo um engenheiro de construcao de naveis espaciais russo pode viver mil vez pior do que o mesmo engenheiro nos EUA (nao comparo com Portugal claro, porque Portugal nao tem engenheiros de construcao de naves espaciais:). Isto porque? Porque as sociedades ocidentais foram construidas como materialistas enquanto que o homem do leste foi construido como "espiritual". se comparares a vida dum medico oftalmologo cubano (para la vao ate portugueses curarem os olho, para nao falar dos espanhois e americanos) com o mesmo oftalmologo portugues, podera ver que o cubano nem sequer uma casa decente tem, nao tem carro pessoal e usa o transporte publico, com un salario que rondaria por ai os 200 dolares americanos. Ja o portugues nas mesmas condicoes teria mansoes, clinicas privadas, barcos de recreio, alfa romeo do ultimo modelo, e um salario de pelo menos 10 mil euros por mes. Se deres estas caracteristicas a ONU, assim se compreende que estando Portugal com Cuba na mesma lista de paises de alto nivel de desenvolvimento, Portugal esteje na 28 posicao, mas na cauda dos paises ocidentais (isto e paises materialistas, por causa dos seus analfabetos) enquanto Cuba tambem pais de alto nivel de desenvolvimento esteje na 50 posicao (mesmo sem os analfabetos de portugal e com um indice superior de engenheiros e medicos relativamente a Portugal). Por isso meu caro, quando apresentar ou ler estes dados, e preciso entender as razoes das discrepancias primeiro e so depois julgar quao valente e Portugal. Se formos mais alem e compararmos o passado tanto de Cuba como de Portugal, entao vera que Portugal teve 500 anos de exploracao dos recursos dos paises africanos (Cuba foi ela propria colonizada ate os anos cinquenta quando Fidel a libertou do ultimo colonizador). Em 50 anos de liberdade Cuba acabou com o analfabetismo no seu pais, Portugal com milenios de anos de existencia (retiro so os duzentos anos que tambem viveram sob colonizacao dos arabes) como nacao independente ate agora nao encontrou a formula para se acabar com os analfabetos. Por isso meu caro Tuga nao se engane a si proprio e o melhor ate e nem apresentar estes dados aqui. Portugal esta hoje atras da Slovenia na mesma lista (pais do leste que nunca teve colonias) e o ultimo dos paises ocidentais deixado de longe por paises aos quais me referia como tendo um sistema de educacao mais efectivo do que o de Portugal (Noruega e Holanda). Quanto a Angola, se nao fosse a guerra que alias Portugal semeiou, para dividir os angolanos e fazer canalizar os recursos nao para o desenvolvimento mas para a guerra destruidora, hoje ja estariamos muito longe.Alias foi mesmo com medo disso que Portugal meteu guerra em Angola. Comparar hoje Angola com Portugal e comparar hoje Angola com a Alemanha depois da segunda guerra mundial e os EUA. Nao fosse o plano marshal, A Alemanha e a europa em geral (deixo Portugal de parte pois sabe que este por cobardia nao se meteu na guerra, preferindo alimentar o salazar doente fascista) nao se teriam levantado dos escombros da guerra. Mas o Tuga sabe que nenhum plano marshal foi concebido para Angola, mesmo depois de nos terem destruido o pais, e e gracas a china que nos vamos pondo aos poucos de pe. Nao estamos a ver complascencia do "irmao Portugal" (que devia ser de facto o primeiro a vir em ajuda de Angola, ja que esta na 28 posicao enquanto que a China esta na 81 posicao na mesma lista, e ainda por cima nunca colonizou Angola, nunca vendeu escravos angolanos e etc. Depois disso ainda quer que apoiemos a lingua de camoes na uniao africana?!?! Ela vai nos atrasar a vida (isto custa dinheiro apoiar algo como lingua de trabalho numa organizacao internacional). por isso nos achamos que o dinheiro que querem empregar para fazer traducoes, o estado angolano deve empregar no ensino do ingles aos angolanos pois os investidores falam ingles e nao portugues, no maximo chines....
Mvumbi AO TUGA (Bern_SCHWEIZ): Tuga,tu es mesmo Tuga.Quer dizer nao entende nada neste mundo.Fizestes tanta comparacao e critica,antes e depois da colonizacao desta Angola;sabes que ser colonizados pelo Portugal foi a nossa disgraca?.Depois de 500 anos da colonizacao e humiliacao quantos universitarios formaram?.Ate a sorte que voces tenhem em Angola e o Mpla qui esta no poder,ao contrario nem a vossa lingua mudara.Dizer que Angola nao avanca nao sao os vossos filhos que dirigem o Pais?.Roubam para ir construir em Portugal.Tuga nao tens vergonha;aqui na Europa um Tuga nao nada,ate ser um Tuga e vergonha.a vossa lingua fora do Portugal quem fala mas isto?.Mas porque voces dao-vos importante na realidade portugal a nivel Europeo e mundial nao e nada?.Tuga e bom vir aqui na Schweiz,Deutschland,Nederland para ver o que represente um Tuga.A confusao em Angola e vossa obra.Os tugas deixaram o Pais na tanga como diz Burao.Se nos fomos colonizados pelos English,Frensh,Deutsch ou Nederland o Pais nao podia ser ainsi.Nao tenhemos nada com povo do Portugal,mas tudos tugas que se meta no assuntos da nassa terra vamos combater-lhes.Os dia do vosso regime e contados e a frente veremos qual o futura da vossa lingua e o resto.
Anónimo : TUGA, em algumas partes estas certo, concordo contigo. Esse odio dos angolanos contra portugueses, advem do facto de Portugal como colonizador, ter apagado grande parte da alma dos angolanos. A colonizaçao dos outros paises, foi muito mais inteligente, deixaram a alma dos negros colonizados, intacta. Para explicar, quando se apaga a cultura(alma) de um povo e se substituiu por outra, as pessoas prejudicadas tornam-se como autenticos caes raivosos. Os portugueses nao foram felizes e nao souberam conquistar o coraçao dos povos que colonizaram. Por exemplo, o grande objectivo dos portugueses, no passado, era o amestiçamento de Angola, varrando de Angola, todos os negros. Eram os mulatos, filhos de negras com brancos, que no passado se embrenhavam nas aldeias e matas, para caçar os negros e ajudar a enviar para a escravatura no Brasil e etc. Esses mulatos, eram conhecidos como pombeiros. Alguns negros juntavam-se aos pombeiros, como forma de nao serem caçados e seguir para a escravatura. Agora entendes que Portugal esta a colher o que semeou? quem semeia ventos, colhe sempre tempestades.
Anónimo (tuzolo1966@Hotmail.fr): quando se fala de uma lingua deve-se trata-lo em todos angulos muitos aqui pensa que se uma pessoa se expressa mal em portugues principalmente em angola que minham terra que a pessoa é estupida mais a lingua portuguesa tem muitos dificuldade na interpretaçao dos manuais cientifico no dominio das novas tecnologias o caso concreto é a traduçao de um programa informatico como (SOFTWARE)em portugues nao tem traduçao como em frances o SOFTWARE SE TRADUZ (em LOGICIEL) ai esta a diferencia do nivel academico da propria lingua o portugues desde os tempo nunca deu um passo na evoluiçao é uma lingua estagnada em comparaçao com frances espanhol ou mesmo o mandarin chines o (TAHKNAUTO)os atropologos ou etinologos portugueses devem trabalhar muito ou fazer muitas pesquisas para o bem da lingua deles,é no interesse deles de ter um lugar no concerto das naçoes europeias,lamento bastante mais a promoçao da lingua portuguesa no mundo nao é da responsabilidade angolana,na europa o greco deu muitas linguas ou mesmo o latin um africano que reclama ou quer promover a lingua do seu colonizador?mas internacionalmente para levar o portugues em quel mundo no mundo da diplomacia subterranea mas comprendo muitos que sente-se valorisados quando o fala quando outro disse que portugal estava a frente de polonia ou da lituania sim senhor voce esta enganado simplesmente a lintuania é uns dos paises do ex-bloco sovietico tem uma tecnologia do ponte que nao deve nada a holanda belgica ou filandia porque ao falar da lituania com os filandes sao da mesma origens ai nao a comparaçao entre a filandia com portugal quando muitos angolano criticam o portugues nao é de odiar a lingua portuguesa mais é devido ao fraco nivel de assimilaçao desta lingua para o desenvolvimento cientifico e tecnologico
Vizinha Zongola (Algures por Luanda): Ao Tuga, Dino, Setas, Zeca Ngiva, o mesmo individuo de sempre a destilar odio pelo povo angolano...A resposta a sua pergunta e muito simples, a actitude que os portugueses tem para com os africanos, especialmente angolanos, e de um despreso, humilhacao e um odio arcaico jamais visto em qualquer outro pais ex colonizador, exemplo disso esta a Englaterra. Os gov. de muitos paises no poder nem sempre representam a vontade do seu povo, por isso a repressao e todas outras conseguencias que dai advem. E so olhar para Portugal salazarista. Hoje Portugal e o que e devido a politica de Durao Barroso que conseguiu tirar o pais do anonimato e ser ouvido dentro da UE. De uma coisa esteja certo Angola ha de superar com a saida compulsiva de Ze Kitumba e seus malditos apoiantes. Esse dia ha de chegar pos nao ha desgraca que dure para sempre, ate Hitler foi derrutado e Bush esta ha um passo de um impecheament.
Os portugueses nao prestam : Angolanos, tenham a certeza, que os portugueses continuam os mesmos malvados em relaçoes aos negros. Em Portugal os juizes, recebem os filhos das angolanas e outras africanas, e dao para adopçao, a familias portuguesas. Nunca aceitam doar ou dar a guarda de menores em suposto risco a outros membros da familia da mae ou do pai que resida em Portugal e que tenha condiçoes. O sistema de protecçao de menores em Portugal, atras de documentos falsos e caluniadores, que fazem chegar aos tribunais de menores, arrecadao mao de obra barata para as casas dos portugueses e num futuro muito proximo, quando a criança tornar-se adulto, mao de obra barata e ate gratuita para as obras e restaurantes. Os negros continuam a ser escravos em Portugal, da mesma forma que no passado. As comissoes de protecçao de menores, fazem o mesmo tratalho que os portugas faziam no passado, arrecadar escravos para os trabalhos domesticos e sub-alternos. Exatamente como no tempo da escravatura, trocam os nomes das crianças e nunca mais ha encontro entre a criança e progenitores. Essa gente nao tem coraçao. Nao entendo porque os angolanos, estao a tentar apoiar a expansao dessa lingua de gente ma e sem sentimentos. Temos em Portugal, muita mae angolana, a chorar lagrimas de sangue, porque o tribunal de menores lhes tirou todos os filhos, apenas por nao ter uma casa e viver numa barraca. Se for uma branca a morar numa barraca, nao recebem os filhos. Nao legalizam as pessoas e usam da ilegalidade, para roubar judicialmente os menores aos seus pais. A mao de obra barata e gratuita dos negros, foi e é um grande suporte da economia em toda a Europa. A escravatura continua a coberto de outras leis. Essa gente é criminosa. O governo de Angola, devia estar preocupado com esse assunto e exigir explicaçoes sobre o paradeiro dessas crianças, que a maioria é de nacionalidade angolana. Os governantes angolanos, continuam os mesmos desleixados com o seu povo. Este assunto de menores angolanos, roubados as maes e as familias que os levaram para Portugal para estudar, por falta de escola em Angola, vai estar presente nas proxima campanha eleitoral em Angola e atrapalhar a vida de quem, nao cuida dos menores angolanos e permite que façam deles os novos escravos dos portugueses.
Malaba Cisse : Obrigado Manuel Muanza por ter revelar que os dirigentes e quadros angolanos tenhem complexo durante e perente outros dirigente e quadros africanos.Porque sempre nos,perquntamos; como é o Presidente de Angola nao participa nos encontros a nivel Africano?.Afinal ja temos a resposta.Esperar o portugues para sentir-lhes bem entao devem sair desta UA,caso nao,devem aprenderem English of Francais.Mesmo o actual President da Uniao Europea,desde que ele esta ai portugues numca.O portugues mesmo aqui na Europa fora do Portugal eles nao falam.Entao como e os colonizados vao defenderam esta lingua do ultimo comboio?.E porque Os Angolanos sao diferentes de tudos colonizados do Portugall?.Os unicos colonizados quem dao importancia nos tugas sao voces,sera que voces com 500 anos foi poca coisa?.
eusebio (lisboa): o anonimo que parece-me ser outra vez o tugamna alias o tuga, nao sabe ou esta a fingir que nao sabe que os analfabetos portugueses nao estao nas cidades mas nos kimbos portugueses:):) nos kimbos portugueses nao ha imigrantes meu caro. trata-se de facto de portugeuses genuinos os analfabetos. admira-me que o tuga nao saiba disso, pois ate os programs da rtp internacional retratam disso nos seus programs. nao precisa posi de informacoes da uniesco para saber disso. depois como falou de imigrantes tambem khe diria que ao contrario da holanda e noruega e outros paises, portugal tambem e um daqueles paises que tem uma politica de integracao de imigrantes estupida (ou melhor que nao tem politicas de integracao de imigrantes). Qualquer pessoa que e de cor (por exemplo os portugueses de origem africana) nao se sentem como em case em portugal, tem os mesmos direitos no papel, mas nao se revem nad politicas de integracao de portugal. Ora isto ja nao acontence na holanda e na noruega por exemplo os paises que citei, basta so te deslocares para la e veras. alias so basta ver que muitos angolanos por exemplo que gostariam de ter refugio na europa, mesmo tendo conseguido o visto de portugal acam estranhamente nos campos de imigrantes da holanda e da noruega e nao em portugal (o que devia ter sido normal pois tem uma lingua comum). nunca mais todos eles fogem de portugal- exactamente por causa da discriminacao, masi tambem para nao se confundirem com os portugueses na altura se contarem os analfabetos!!!:) e fazem eles bem. os analfabetos sao mesmo genuinos porgugueses, se nao acrdita, va so um dos kimbos proximos do porto por exemplo e dirija-se mkesmo a camara municipal e inquira sobre os analfabetos na area e te dirao. estres sao dados oficiais do estado portuges (nao e invensao da unesco:):) Agora tambem falou de mim perguntando porque estaria a lamber o"ku deles". pois siaba que nao sou eu que estou a lamber o Ku deles sao eles que estao a lamber o meu Ku. Exactamnete por casua da falta do ingles nos portugueses e que uma grande multinacional que nao quer atrazar a sua vida com os portugueses decidiu delegar-se em lisboa como representante seu. assim que dou eu trabalho aos portugueses e nao ao contrario:):) e digo-lhe mais trato muito bem os mesu assalariados portugueses se bem que as vezes me chega a cabeca fazer o mesmo que voces fizeram aos angolanos durante 500 anos, mas nao so para essas baixisses e nem sou rancoroso...
SHARA. (Argélia.): a uniao africana na minha opiniao,deviria adoptar uma lingua oficial africana,(shuailee*)por ex. ou de perferencia a mais ou uma das faladas no continente,e traduzidas nas respectivas linguas oficiais,acredito que muitos leitores nao tenhen ou tiveram en conta,que o frances e o ingles tambem como o portugues, sao linguas dos ex.colonizadores, a posiçao de angola enquanto o portugues for a nossa lingua oficial, julgo ser normal. en relaçao ao problema tribal, que un leitor levantou, q pode derivar-se de linguas africanas, isto é um problema q relembra-me a (conferencia de berlin,e suas consequencias para o continente),e que passa por concertaçoes a nivel do continente,entre e somente os africanos,ou adoptan-se linguas oficiais africanas regionais,e o ingles,portugues ect,linguas comerciais,enfin, ou aceitamos de uma vez por todas,actual situaçao. por outra,gostaria de pedir com muito respeito, a todos os leitores e utilizadores deste meio de livre expresao,que podessemos fazer dele, 1 meio de trocas de ideias, de perferencia construtivas,e nao de ofenças a moral publica,o uso de palavroes por ex. nao é a soluçao dos problemas,mais sim o dialogo,pacifico,franco,claro e o respeito pela diferença seje ela qual for. *nao estou certo da ortografia,agradeço en caso de erro uma correçao.
Anonimo : O EUSÉBIO, esquece-se que uma das razões apontadas para o elevado índice de analfabetismo em Portugal é precisamente por acolher inúmeros imigrantes de África. Esse fenómeno, regista-se um pouco por todo o Mundo, nomeadamente a Europa e Países como a Holanda, Suiça, etc que há muito haviam erradicado o analfabetismo viram ressurgir esse problema. A mim só me faz confusão o seguinte: Se não gostas dos portugueses e de Portugal, se não valorizas o idioma que praticam e não te sentes bem nesse País, porque razão não vais para outro lado qualquer em vez de continuares a lamber o cú deles? Eu penso que devias ter um pouco de respeito por ti próprio e assumires-te com alguma dignidade.
Emani (Europe): A lingua portugusa e lingua da cuzinha,lingua morta,lingua dos burros,lingua da vinho,lingua feia.
NML (L): Perca de tempo...dirigentes sem visão de futuro. Hoje e amanhã a ciência e tecnologia é e será toda feita em ENGLISH. Por mim implementavam o Inglês como segunda língua oficial e a longo prazo poderia ultrapassar o Português,passando à primeira língua, pq com a língua do camões estamos perdidos. Actualmente a língua inglesa é um factor de competitividade entre países no acesso a tecnologia e ciência em primeira mão sem a necessidade de traduções que só nos levam a distorções de interpretação. Angola diviria olhar para os países vizinhos que têm o Inglês como língua oficial e ver os avanços que estes usufruem por causa da língua( por Ex: a Namíbia). Certamente estes países não têm problemas de literatura (livros) porque os melhores que existem estão publicados em Inglês. Claro que não podemos ser totalmente radicais, ao ponto esquecermos a nossa identidade cultural que se traduz nas línguas nacionais (Kimbundo, Fiote, Kikongo, Umbundo, etc..), embora achar que estas línguas nacinais correm sério risco de extinção, devemos fazer alguma coisa nem que apenas para preservar alguma escrita/voz/fonética sobre aquelas línguas. Penso que a implementação da língua num país é uma questão política, pois a língua portuguesa foi-nos imposta e penso que podemos abandona-la se quisermos mas nunca podemos abandonar a nossa identidade cultural (as nossas línguas nacionais), um povo que se preze deve preservar a sua identidade.
aioé : Dever-se-á ir a referendo. Ou há democracia ... ou comem todos. Temos todo o tempo do mundo ... quem manda em Angola são os angolanos. Podemos muito bem escolher a língua chinesa, como língua oficial e, durante 500 anos não pensarmos noutra.
Angolano de frança (Paris / França): A lingua portuguesa é marginalisada pelos proprios portugueses, por exemplo o Presidente da Uniao Europeia Sr Durao Barros, nao usa o portugues nos seus discursos na UE, preferindo sa linguas francesa ou inglesa, também os jogadores portugueses que deveriam ser os embaixadores desta lingua preferem tambem as linguas dos outros. Os portugueses devem acabar com o complexo de inferioriade a que vivem durante seculos.
Assim sejas o filho e amigo desta terra esquecida. (Os meus cumprimentos em saber que nao sou sozinho.): Obrigado a ti tambem,e que desejo-lhe antes demais nada,uns boa Saude que e a base fundamental de todos Nos.Olha chamo-me A.Jose Bunga,mais conhecido por "Sherryf",nasci na Aldeia QUICANGA KUMBA,junto de Bairo QUISSEMBO.Ca tens a minha direccao electronica (( telo_maka@yahoo.de )).seu contacto sera bem-vindo ao seu Conterraneo. Pelo que desejo-lhe um bom fim de semana,e uma boa Saude.
eusebio (lisboa): Tugaman ou tuga, uma coisa e ter a lingua ensinada apartid do 5 ano e outra coisa e o sistema de ensino. portugal tem um sistema de ensino dos mais burros do mundo, as pessoas nao aprendem nada. o tugaman me esta a dizer que se eu me passear pela baixa de lisboa e perguantar aos passantes algo em ingles, eles me vao esplicar por exemplo como deverei chegar ao meu hotel?!? se assim pensa esta tungaman se calhar vive de facto em angola e nao em portugal. eu estou a falar de lisboa, porque noutras partes de portugal entao nao se fala. portugal ate hoje alias e o pais europeu com maior indece de analfabetos (20 % segundo as ultimas estimativas da unesco) e o tuga alias tugnam me esta agora a dizer que o ingles se ensina apartir de nao sei quando?!? a effectividade do ensino ve-se no que se passa nas ruas. se fores a oslo ou amsterdao por exemplo o tungaman podera viver la dez anos sem saber uma palavra em noruegues ou holandez, (porque porque o sistema de ensino nestes paises e efectivo, todos falam ingles), o mesmo o estrnageiro nao pode se aventurar em lisboa. eu pessoalmente ja tive que "salvar" muita gente estrnageira ate no aeroporto de lisboa, porque nem os trabalhadores deste lugar sabem falar ingles (voce me diz se aprende desde sei la que raio!!!) Oh, OH, ... deixe de ba...
eusebio (lisboa): Tugaman ou tuga, uma coisa e ter a lingua ensinada apartid do 5 ano e outra coisa e o sistema de ensino. portugal tem um sistema de ensino dos mais burros do mundo, as pessoas nao aprendem nada. o tugaman me esta a dizer que se eu me passear pela baixa de lisboa e perguantar aos passantes algo em ingles, eles me vao esplicar por exemplo como deverei chegar ao meu hotel?!? se assim pensa esta tungaman se calhar vive de facto em angola e nao em portugal. eu estou a falar de lisboa, porque noutras partes de portugal entao nao se fala. portugal ate hoje alias e o pais europeu com maior indece de analfabetos (20 % segundo as ultimas estimativas da unesco) e o tuga alias tugnam me esta agora a dizer que o ingles se ensina apartir de nao sei quando?!? a effectividade do ensino ve-se no que se passa nas ruas. se fores a oslo ou amsterdao por exemplo o tungaman podera viver la dez anos sem saber uma palavra em noruegues ou holandez, (porque porque o sistema de ensino nestes paises e efectivo, todos falam ingles), o mesmo o estrnageiro nao pode se aventurar em lisboa. eu pessoalmente ja tive que "salvar" muita gente estrnageira ate no aeroporto de lisboa, porque nem os trabalhadores deste lugar sabem falar ingles (voce me diz se aprende desde sei la que raio!!!) Oh, OH, ... deixe de ba...
Don William : Por fim o angolano comum esta abrir o olho; quando longe estiverem da lingua ou dos portugueses melhor estaram. Investam na lingua inglesa estaram better off, sempre vos tenho dito. Portugues e lingua de albrabices, voces sabem disso melhor que ninguem.
Tugaman (Tugalandia): Ó Eusébio tu és burro!!! Em portugal há mais de 30 anos que se aprende uma 2ª lingua a partir do 5º ano na escola! A partir do 7º aprendes duas! E há 2 anos que se aprende ingles na escola primária! E digo mais, estou-me borrifando para a lingua portuguesa em Africa, eu e todos os portugueses, pois há muitos anos que descobrimos que a lingua universal é o inglês...
BUENGA NORTE , SUL E KUILO KAMBOSSO (UIGE) : caro compatriota fiz analise do meu conteodo estas plenamente correcto. um abraço.
ANGOLANA NA DIÁSPORA (WASHINGTON): Não sei o porque os nossos governantes estão preocupadas com a necessidade de tornar o Português língua oficial da OUA. OS PORTUGUESES TÊM VERGONHA DE ASSUMIR QUE EXISTEM POVOS QUE FALAM PORTUGUÊS EM ÁFRICA, PREFERINDO MUITAS VEZES UNIR FORÇAS COM OS BRASILEIROS, APESAR DE OS MESMOS SABERAM QUE AO BRASIL, PORTUGAL NÃO INTERESSA. ENTÃO ANGOLANOS, SE EVENTUALMENTE PORTUGUÊS VENHA A TORNAR-SE LINGUA OFICIAL DA OUA QUE SEJA CLARO, QUE SE TRATA DE " PORTUGUÊS AFRICANO" TAL COMO OS BRASILEIROS COM "PORTUGUÊS BRASILEIRO". OS PORTUGUESES QUE FICAM LÁ COM O PORTUGUÊS DE PORTUGAL.
Don William : Por fim o angolano comum esta abrir o olho; quando longe estiverem da lingua ou dos portugueses melhor estaram. Investam na lingua inglesa estaram better off, sempre vos tenho dito. Portugues e lingua de albrabices, voces sabem disso melhor que ninguem.
A final Angolanos sao burrus : Esta lingua da mata que nao tem ne valaro,se voces queres portugues pelo UNIAO,voces sai na UNIAO,vai fazer vossa uniao ,com Brazzilia,Mozambique,portugual,esta lingua nao tem valore ne nada,hahahahahahahahah
Kilundu (Somalia): Portugal deve desaparecer do mapa de Africa, urgentemente! Ja matou muitos africanos, no passado. Agora deixem-nos em paz. Os africanos ate hoje ainda nao mataram ninguem em Portugal e nao tem essa pretensao. Rua colonos!
Nos estamos lutarem para a boliçâo do portugues : Nos somos inimigos eterna dos portugues e nao queremos a lingua dele,particularamento no sol KONGOLES,nos nao temos uma historia e nao queremos confiança com unico pais na colonizaçâo que colocare a nossa terra 500 anos,abaixa abaixa ,sai fuiiiii
Em Angola temos Kuanza Norte e Kz.Sul (Ninguem vai conjugar o verbo...): Nao e so Buenga Norte e Buenga Sul que se encontra em comum!...Em Angola temos a Provincia de Kuanza Norte e a Privincia de Kuanza Sul...Ninguem-me vai aparecer aqui;escrenvendo"Kuanzas Norte,e Sul!.Se assim for,entao e bom mesmo deixarmos da Lingua portuguesa,porque nao nos pertence;e vamos tentarmos unifomizar-se de Idioma Angolana;que eu nao sei qual destas sera!.
eusebio (lisboa): Tuga, marketing nao tem nao so as linguas nacioais, marketing nao tem nem o PORTUGUES, por isso aqui o problema e so um: nao adianta gastar dinehro em fazer o portuges linuga da uniao africana, e preciso gastar o dinheiro com o ensino do Ingles e ponto final!!!! Alias esta e uma mensagem que vale bem tambem para portugal!!! portugal tem que fazer mais para que as suas gentes saibam pelo menos um bocadinho de ingles! ate hoje em portugal aprender uma lingua continua a ser um luxo reservado a pessaos como o barroso na Comissao europea!! Isto e vergonhoso!!! na europa nao se pode estar como se estivem em africa!!! alias nem admira que tenham saido de angola so com fogo enquanto que todos os outros colonizadoes sairam bem os ingleses, os belgas etc!!!! enfim portugal esta mal, esta mal...!!! qwuanto mais nos afastamos deles melhor!!!
Anónimo : Ressalvo ( assim todo )e nao do.
Ja cheguei a uma conclusao.... (Ha problemas na conjugacao de verbo creio!.): Bom,Compatriota,se ha algum problema,a forma e tao simples...existe dois Buengas,Norte e Sul. E simples ( BUENGA NORTE E SUL )assim do elemento entende o que o Compatriota deseja. Buengas Norte,Sul-esta fora do contiudo.
BUENGAS NORTE,SUL E KUILO KAMBOSSO [ UIGE] : AMIGO nao gostou e nem estas de acordo no bairro Ialamo municipio dos Buengas nasci eu. Buengas e =dois norte e sul portugues correcto.estou de acordo e satisfeito por por teres menciodo a terra acima referida voce,eu,Buengas e o vicki nsumbo somos sim da mesma terra.
Anónimo : o Tuga, tem inveja dos angolanos. Ele nasceu e mora num solo e subsolo infertil, que nao tem petroleo nem diamentes, onde desde que nascem ate morrerem so conseguem falar uma lingua e bem mal falada. Na segurança social do country dele, injectam dinheiro das riquezas de Angola, desde ha seculos. Dependem economicamente da fertilidade economica de Angola. Vivem as custas de pilhagem e colonizaçao de outros povos. O TUGA é um infeliz! Desaparece TUGA. Nos somos descendentes de Ngola Kilunanje kyasamba e Nzinga Mbandi, patroes dos portugueses. Nzambi é o nosso Supremo Deus, a nossa bandeira.
Mauro Bis : Esse tal de Mauro Zua que quer varrer o portugues da nossa Angola, tem um nome muito africano: MAURO ! Há um ditado que diz : Varra primeiro diante da sua porta e depois diga que o bairro está sujo.
Creio que ja-te escrevi a forma ideal de Buengas. (Nunca no Mapa_Mundo consta Buengas Norte!.): Compatriota,existe sim" BUENGA NORTE,e BUENGA SUL...pelo que Buengas Norte nao ha e nao existe,consulta tao-e-bem o Mapa-Mundo,ou coisa simples o Mapa de Angola!,e em Lingua portuguesa,a abreviatua da letra ( QUE ),nao vai com " K ".Diria-lhe com a voz alta,que tentas superar-se a forma ideal de escreveres o nome de Buenga Norte...E se o compatriota desejas escrever a forma certa,ca tens ( Nos Buengas ),e nao tem que colocar"o Norte"...Se entrar o Norte;e ja chamado== BUENGA NORTE ==e BUENGA SUL==.Na nasci e la fiz a minha "Quarta Classe"Colonial.
BUENGAS NORTE,SUL E KUILO KAMBOSSO [ UIGE] : ya um tipo como CANHANGULO nao sabe o k diz ou nasceste para ver a terra eo ceu, nao sabe k ser um portugues no vizinho espanha e no proprio continente=le e entedes bem o comentario do TUGA .
Tuga ninguem entendeu-te o que voce escreveu... (E muito facil ler,mas costa entender o lido!.): Os Comentaristas que estao falar mal do Tuga,sou souberam ler o que ele escreveu;mas ninguem soube entender e compreender o que o Tuga Comentou!,e isto provoca uma total desorientacao as e nas Pessoas que por sua vez so saibam ler,e nao entendendo o que alguem escreveu!.Gostaria que todos nos,consentrassemos nas coisas com uma base...ler,compreender e para depois tornarmos assim fazermos as nossas criticas;que por sua vez ja nao sao criticas,porque sao acompanhados das ofensas por exemplo tratar-se de alguem Burro!.Se os Compatriotas chegarem ao nivel de saberem ler,compreender e etc etc;entao,havera uma grande vitoria do e o que agente tratamos de homens capazeses de serem!.lamento pessoalmente o comportamento de muitos de nos so saberem ofenderem as outras pessoas,voces proprios nunca fizeram Comentarios em Opinioes para que alguem possa tambem ler,e saber que sois capazeses de darem umas Opinioes que alguns dos leitores desejam ler e apreciarem!.Voces so aparecem acima dos Comentarios dos outros criticando e ofendendo!.--Kiadi Ntelo maka--
Imperdoável : Também eu, angolano genuíno, prefiro exprimir-me na lígua portuguesa em vez de adoptar qualquer outra. É, muito por influência do Brasil, o 5º. idioma mais falado no Mundo. Há línguas de países extremamente desenvolvidos, que não passam das fronteiras dos seus territórios e ninguém se incomoda com isso. Quando leio comentários estúpidos a dizerem que na Europa, e não só, não ouvem falar português, fico sem saber se esses países não dispõem das suas línguas. Será que em França, na Noruega, Suécia, Finlândia ou Itália, para não referir a Rússia, Mongólia ou Cambodja, tem mesmo que se falar português? Que estupidez. Se estes palermas não querem utlilizar o português porque não fazem noutra língua qualquer? Pensam que o Mundo se ressente com isso? Uma coisa é certa: Se optarem por outra língua, escolham uma bastante fácil para evitarem matratá-la como fazem com a NOBRE LÍNGUA PORTUGUESA.
Angolense racional e estudioso (Quimbele - Uige): A maioria dos individuos que detesta a lingua portuguesa sao estrangeiros que nunca conseguiram aprender na Vida nenhum idioma inteligivel e expressam-se de forma primaria!!!!Se Nos os angolanos fossemos "dar cavaco" a comentaristas ignorantes e atrevidos que se expressam contra a lingua portuguesa..., entao estariamos desgracados!!! Qualquer Angolano normal que nao esteja afectado de doencas psiquicas parte do principio de que os idiomas sao vehiculos de expressao do pensamento e de consolidacao do "Pensamento politico Nacional Angolano"!!! Os Angolanos comecaram a falar e a escrever portugues e Holandes muito antes dos bresileiros e "africaners"!!! Mas o dwesconhecimento da "Historia de Angola" por certos comentaristas contra a lingua Oficial Angolense - o Portugues.....e um drama terrivel...Deveriam tais primatas Ler Agostinho Neto, Amilcar Cabral, Samora Machel e Muitos outros Africanos que se expressavam fluentemente em lingua portuguesa sem quaisquer complexos!!!Gosto da lingua portuguesa porque faz parte da minha Heranca Angolana, assim como o Kikongo, o Kimbundo, Umbundo, tchokwe, Kwanyame, grego, hebraico, Latin, Espanhol, Frances, Ingles, Russo, Polaco...etc. etc... e falo fluentemente esses idiomas e escrevo-os sem vacilar....Mas nao sou um renegado da Lingua Oficial Angolense...O Portugues!!! Os que nunca se expressaram fluentemente em nenhum idioma do Mundo sao Dorntes Mentais e precisam de ir ao "psiquiatra"!!!!
Angolano 100% REALISTA (AMBAKA): A lingua que mais angolanos falam e na qual melhor exprimem o seu pensamento e o PORTUGUES!!! Pouco importa o que fazem os Tugas e os Brasileiros com a Lingua Portuguesa!!!! O Mais importante e que para os Angolanos a Lingua Portuguesa e a "Lingua Oficial da Nacao Angolana"!!!! Devemos assumir o Passado, a Nossa Historia e a Nossa Identidade Nacional e Cultural que inclui tambem a Lingua Portuguesa que e tambem uma Lingua Nacional para a maioria dos Angolanos!!! Deixemo-Nos de xenofobismos, tribalismos e ignorancia e de comparacoes irracionais!!! Todas as Linguas, Dialectos e idiomas que fazem parte do Patrimonio Nacional e Cultural dos Angolanos sao parte integra da Heranca Angolana!!!Quando os Angolanos ja dominavam e utilizavam a lingua portuguesa de Cabinda ao Cunene, o Frances ainda nao era lingua de todos os franceses! Nem tao pouco a lingua inglesa era idioma de todo o Reino Unido!!! Estavamos ainda no Seculo XVI quando ingleses e franceses ainda andavam "a procura da rolha nas Europas"!!! Deixemo-Nos de ignorancias atrevidas ou de histerismos xenofobos primarios porque o portugues sera eternamente Lingua dos Angolanos, ainda que os tugas sejam engolidos pela europa anglofona ou francofona!!! Nos falamos ANGOLENSE, uma versao mais Humana e racional do portugues tugueiro!! Viva a lingua angolense um idioma moderno mais dinamico que a lingua Mae portuguesa ja "envelhecida e senil!!!
Anónimo : Os africanos, nao estao interessados em falar lingua portuguesa. Essa lingua, nao tem saidas para o desenvolvimento. Isso é lingua historica, de museu, velha e antiga. As linguas africanas superam essa lingua de zarolho!Prefiro falar swailhi.
Edilson Muangala (Brasil): A Língua portuguesa é a quinta língua mais falada no mundo, na Europa está em terceiro lugar. A União Africana já deveria adotar esse método há anos.
Chico (londres): esta e a ideia menos sensata que ja se ouviu de angola. o portugues nem se quer se fal bem nos paises lusofonos. ele e so bem falado no brazil e em portugal 9porques estes nao tem outras linguas) a maioria das populacoes em todos os outros paises lusofonos fala as linguas nacioais e crioulos quaisquer. o portugues tem neste momento menos palavras cientificas do que o polaco de facto, isto para nao falar no russo. isto a termos cientificos em ingles que nao tem contrapartida em portugues. isto so acontece quando o volume de participacoes nas ciencias dos falantes de portuges em relativamnete baixo. portugues e uma das poucas linguas de expansao mundial que nunca se ouviiu falar no espaco extra-terrestes, posi nunca la enviaram um austronauta seu. nem parece portugal estar interressado nisto:):) fazer uma lingua de trabalho duma organizacoa internacional requer muita massa sobretudo. como o portugues nao nos via levar a nada, o caminho mais direito a expancao de angola no mundo nao e o comudismo de alguns diplomatas ou ministros que se deslocam a uniao africana e devem falar por isso ingles. se estes nem falam ingles, entao estao mal na diplomacia. por isso o portuges significa dar muitas voltas desnecessarias. o tuga tem razao que ate portugal seria melhor se falasse ingles. e que quem tem massa nao quer ir para um lugar onde precisa de andar con traducotes e pagar mais, ele proprio como e o que tem massa esta ainda menos interessao em aprender algo mais do que o seu ingles. por isso a solucao e massificar o ensino do ingles nas escolas. ele deve ser aprendido a par do portugues aprtir da primeira classe. assim teremos mesmo pessoas so com a quarte classe com algum conhecimento de ingles. isto por sua vez iria permitir a melhor integracao de angola assim como alias portugal no mundo. por isso em ves de gastar dinehro para introduzir o portuges na uniao africano para permitir o nando falar em portugues, o melhor e ensinar o nando a falar o ingles e mais ensinem tambem todo o angolano a falar nem e problem a nao falar portugues hoje em dia e problema nao saber falar ingles. paises mais desenvolvidos como os paises nordicos por exemplo a suecia, finlandia, noruega a holanda a dinamarca, ja ha muito tem o ingles ensinado a para das respectivas linguas a poartir do ano zero nas eascolas. isto torna estes paises "foreigner friendly" e logo com condicoes para acolher investimentos estrangeiros. nos e que precisamo do ingles, e nao nenhum outro pais do portugues. por isso mesmo Miranda aprenda tu o ingles en gaste odinherio na massificacao do ingles nas escolas, para as poessoas nao se verem obrigadoas a apredner o ingles quando forem mais velhos demais como tu. o ingles e futuro, ano ha outras hipoteses e quando mais cedo isso chegar a cabeca od ministro da educacoa mais rapido angola estara a caminho dos investimentos privados estrangeiros!!!!
mauro zua (zua74@yahoo.com Cape Town): atraso MENTAL... em vez de lutarem para que a africa, e o mundo, conheca pelo menos, uma das nossas linguas nacionais... continuam com a lingua dos vossos CUNHADOS... que VERGONHA...
Uma nova lingua para Angola : LINGUA DEMOCRATICA - Nem portugues, nem ingles, nem o raio que o parta. Os especialistas em linguas nacionais, formados e nao formados, devem imediatamente, criar uma lingua nacional unica, cujo vocabulario, seja composto de palavras das varias linguas angolanas. Eles sao mesmo preguiçosos, vao sempre pelo mais facil. NZAMBI é a nossa palavra de unidade nacional.
Lulinha (Lisboa): Oh TUGA burro! se para extrair petroleo dos poços de Angola, houvesse uma lei que condicionasse essa actividade ao falar e escrever pelo menos uma lingua nacional, todo o mundo, incluindo o Bush, iriam aprender. Gramaticalmente, as linguas bantu, sao superiores a qualquer lingua europeia. Sao 4 mil anos de cultura bantu. O 500 de colonizaçao, nao foram suficientes para enfraquecer-nos. Abraços oh Tuga!
Anónimo (Algures): O Tuga tem razão. A língua portuguesa é o factor de unidade nacional. Se não fosse o português, o colosso chamado Brasil teria se fragmentado. Assim, a língua de Camões jamais deixará de ser a língua oficial do Brasil. É a "cola", como diz o Tuga. Isso não impede que outra língua, nomeadamente o inglês, seja utilizada para transações comerciais etc. Uma língua torna-se apetecível à medida que um povo evolui social e economicamente. Existe já um crescente interesse pelo Mandarim (chinês). Pessoas estão a estudá-lo para fazer negócios com os chineses, que serão a superpotência do século XXI.
Anónimo : Preguiçosos, procuram sempre as soluções que não exige esforço nem puxar pela mente. Estudem só o inglês e o resto é história. O English é universal e acabou-se pá, vão á escola...e deizem de lenga lenga
Anónimo (tuzolo1966@Hotmail.fr): uma pessoa que nao tem identidade cultural é que pode promoverr isso lamento muito que um do nosso a ter a iniciativa sei-la por fazer como diz os frances faire plaisir ao seu chefe que paralèm de dingala nao sabe falar nem uma lingua nacional trata-se do jose eduardo dos santo ficao a saber que unica lingua nacional que ele fala é o dingala dos dois congo
Anónimo (tuzolo1966@Hotmail.fr): uma pessoa que nao tem identidade cultural é que pode promer isso lamento muito que um do nosso a ter a iniciativa sei-la por fazer como diz os frances faire plaisir ao seu chefe que paralèm de dingala nao sabe falar nem uma lingua nacional trata-se do jose eduardo dos santo ficao a saber que unica lingua nacional que ele fala é o dingala dos dois congo
Europeu democratico (Cabinda Zinza ... CONCORDO PLENAMENTE): Ainda ontem o SR Barroso numa conferencia onde deveria falar em portugues preferiu falar em frances, ou seja nunca o escutei falando portugues. Portugues esta perdendo terreno e com a ma politica dos portugueses nao tenho duvido o Polones dentro de alguns anos sera mais falado que o portugues. Quem precisa portugues hoje em dia? Uma lingua pobre e para pobres ou entao perguntam o senhor Barroso.
Cabinda Zinza : Portugues nao, se o proprio Durao Baroso como Presidente da EU prefere falar Ingles o Frances nas intervista o discuro que propria sua lingua, e nos africano angola onde queremos levantar essse lingua puga na Africa, a UA deve adaptar so com uma lingua o france o Ingles, passa pelo voto de todos africa escolher agual a lingua do trabalho da Uniao A, nos na Africa temos varios problema ainda nao foi resorvida, so para dar de cumer ao povo é dificil, e gastar mais milhoes nesse Uniao, voces sabe quanto custa Uniao Europea nos Pais Rico como Alemanha, Franca, Italia, Hollanda, Inglaterra graca a esses pais Uniao Europea esta funsionar, tambei por masivo robar na Africa, se nao esta Uniao nao podia existir, nao entao facil tirar um Pais pobre como Portugal, Polonia, Checa, grecia, Spain, e outro dando lhe bilioes de Eu para as sua economia, Africa deve diminuir gastos nos tradutor como a UE faze, eles tem continente a Africa onde eles roban e nos nao temos continente de robar para fazer uma Uniao rico. Portugues nao, os Angola quere mais Ingles que Portugues. faze como Vietnam fez é uma colonia Francesa mais depois da Dipanda tiraram os Frances
Cabinda Zinza : Portugues nao, se o proprio Durao Baroso como Presidente da EU prefere falar Ingles o Frances nas intervista o discuro que propria sua lingua, e nos africano angola onde queremos levantar essse lingua puga na Africa, a UA deve adaptar so com uma lingua o france o Ingles, passa pelo voto de todos africa escolher agual a lingua do trabalho da Uniao A, nos na Africa temos varios problema ainda nao foi resorvida, so para dar de cumer ao povo é dificil, e gastar mais milhoes nesse Uniao, voces sabe quanto custa Uniao Europea nos Pais Rico como Alemanha, Franca, Italia, Hollanda, Inglaterra graca a esses pais Uniao Europea esta funsionar, tambei por masivo robar na Africa, se nao esta Uniao nao podia existir, nao entao facil tirar um Pais pobre como Portugal, Polonia, Checa, grecia, Spain, e outro dando lhe bilioes de Eu para as sua economia, Africa deve diminuir gastos nos tradutor como a UE faze, eles tem continente a Africa onde eles roban e nos nao temos continente de robar para fazer uma Uniao rico. Portugues nao, os Angola quere mais Ingles que Portugues. faze como Vietnam fez é uma colonia Francesa mais depois da Dipanda tiraram os Frances
Gilberto (Luanda): A ideia e de aplaudir. Mas a maioria dos dirigentes portugueses, Presidentes da Republica, Primeiros Ministros e Ministros dos Negocios Estrangeiros, incluidos, so falam em ingles ou frances nos fora internacionais. Eles proprios estao se marimbando pela sua lingua. Todas essas iniciativas sempre pertenceram a Angola.
Portugues? hummm!!!!! : Se a "vida" da lingua nao dependesse dos seus utentes portugues, como lingua, ja teria desaparecido do mapa linguistico. E completamente ineficiente, oneroso, etc aprender portugues. A prova disto e que ha poucos extrangeiros neste momento aprender a lingua. Aqueles que estejam de momento a aprender o portuges sao na sua maioria Diplomatas com missoes em paises lusofonos. Aprender portugues para que? Pra visitar Brasil? pra visitar Lisboa? Mocambique ou Guine Bissau?... etc nao adianta terminar. O custo marginal em aprender portugues e extremamente superior ao beneficio marginal. Eu ja me encontrei com pessoas interessadas em aprender alemao, frances, espanhol, Mandarin e Cantonese(china), mas nunca, sem exageiro, encontrei-me com alguem que queira aprender portugues. O Brasil da que a mais anos trocara completamente o portugues como lingua oficial. Basta ver o numero de brasileiros que falam engles. Primeiro, os paises de lingua portuguesa sao na maioria subdesenvolvidos, logo, nao ha incentivo de um extrangeiro em aprender a lingua. Segundo, portugues e uma lingua dificil de aprender e como nao bastasse nao ha materias adequados. Terceiro, portugues nao e dinamico. Eu estou a espera de um pais lusofono-africano que tenha coragem suficiente de trocar de lingua para aplaudir a iniciativa.
The Highlander (Hell!): A lingua do ultimo wagao do comboio europeo!
Anónimo : Os angolanos, sao poliglotas, sao donos de varias linguas e falam varias linguas. Os portugueses ate ao momento so conseguiram criar uma lingua. Quem é mais poderoso??? Viva Angola!
Canhangulo : E viva a Democracia. É disto que o meu povo gosta. Devia falar-se Umbumdo,Kibundo etc.e os naturais dessas terras deviam ser obrigados a falar a linguas todas do país. Gostei..........
Uigense (Berlin): Este problema nao é so nós, também os nossos tios os Colonos Tem esta Dificuldade Liguistica porque se o Proprio Portugues tem dificuldade de se comunicar-se na Europa. O presidente do Parlamento da Europa é portugues e ele fala Ingles no Parlamento por isso nao é surpreza para nós mas o Sr.Manuel Muanza forca porque Angola de Hoje é forte o q os tugas nao conseguiram no parl. Europeo nós podemos Conseguir no UA.se purcaso nao aceitarem leva Kikongo, Kimbundu e Umbundu na pasta Eu sei q es o puro angolano utiliza Kimbundu Kikongo e Umbundu uma dessas linguas porque aqui na Europa cada País fala a sua Lingua.Nós ainda somos rico em Linguas.
Uigense (Berlin): Este problema nao é so nós, também os nossos tios os Colonos Tem esta Dificuldade Liguistica porque se o Proprio Portugues tem dificuldade de se comunicsr-se na Europa. O presidente do Parlamento da Europa é portugues e ele fala Ingles por isso nao é surpreza para nós mas o Sr. Muanza forca porque Angola de Hoje é forte o q os tugas nao conseguiram no parl. Europeo nós podemos Conseguir
vicky nsumbu (nmnbbv): queria k todos k escrevem em nome dos buengas, a ter contacto comigo, tambem so um deles. o meu nome e nsumbu vicky de kinioka o email vickynsumbu@yahoo.fr
Qual foi a independência que o MPLA deu? (Libolo): Independência fraca! Todos os mecanismos e armas de colonizaçao continuam de pé em Angola. A evangelizaçao, a lingua portuguesa, a opressao. Angola nao é independente, mas sim dependente, até da lingua e da fé dos outros. Vamos criar um novo movimento de libertaçao de Angola, para libertar Angola da dependencia dos estrangeiros e dos seus valores. O tribalismo é para ser resolvido e finalizado, entre os angolanos e nao para ficar incoberto toda a vida, por detras dos valores europeus. Por isso é que quando os estrangeiros, querem por os angolanos a guerrear uns com os outros, conseguem. Sabem que temos uma fraqueza e nao queremos resolver, preferimos esconder e deixar que eles a utilizem contra nos mesmos.
Anónimo : Pelos vistos, Angola ainda vai colonizar Portugal. E porque nao??????
POMBA : Buengas, entao temos que aquimbundar a lingua portuguesa. O que achas?
Buengas : POMBA nao te mates com essa do colonizador. A lingua portuguesa tem suas origens no grego, latim e árabe. Nada de complexos. É necessario analizar-se se a adopccao de uma das linguas nacionais nao iria um factor de devisao que por sua vez iria acender a fogueira tribal com todas as suas consequencias. Já se sente na carne um certo desconforto pela subremacia kimbundu na governacao do país. Nao metamos mais gasolina no fogo.
Katambor : Luta para o conhecimento da língua?!?!? Seguramente que queriam dizer para o RECONHECIMENTO, mas falta-vos pedalada para tanto. Assim nao vamos longe. Transfiram estes "jornalistas" para os servicos de limpeza pfv
POMBA (africana): A lutarem pela lingua do patrao colonolizador. Bonito!!! Esses pretos, gostam mesmo de ser criados dos brancos. Porque nao o kimbundu ou umbumdu? sao linguas muito melhor estruturadas gramaticalmente que o portugues. Essa gente luta pela independencia, deixam morrer tantos em nome dessa independencia e continuam a ajoelhar-se diante do colonizador. Que vergonha!
BUENGA NORTE(e nao Buengas Norte) (Nao gostei e nao estou deacordo...): Sim o amigo tentou fazer ou dizer que existe um Municipio chamado Buengas...so que a forma de escrever o nome do Municipio,nao esta correcto...Naguele zona nasci e aos 14 anos da minha infancia neste Zona cresci...Este municipio chama-se(( BUENGA NORTE))...e a forma de um bom portugues,trata-se"nos Buengas";menos=Buengas Norte=
Anónimo (NDONGALA NSAKI): Buengas os teus comentarios são muito ridiculos,vê se consegue aperfeicoar um bocado
Canhangulo : Yá. Também para uma tipo que escreve assim Português=Lingala não é preciso mais nada.
BUENGAS NORTE,SUL E KUILO KAMBOSSO [ UIGE] : sh. MUANZA a idioma do camoes e uma lingua so e falada no sul de europa. nos paises desenvolvidos de europa um portugues e visto como um atrasado mental, os homens sao empregados das obras as mulheres nas limpesas. essa lingua nao tras e nunca benificios para o povo angolano, em portugal o igles ja tem asseço no ensino primario e isto k angola deve adirrir para o densenvolvinto da nossa terra.