Petróleo: Governo trava concurso para a construção da refinaria do Soyo
30-03-2020 | Fonte: Novo Jornal

O Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos travou o processo de avaliação das propostas e adjudicação do concurso de investimento privado para o projecto da refinaria do Soyo, cujo vencedor deveria ser conhecido amanhã, terça-feira, 31 de Março.
 
O anúncio do grupo vencedor, que estava previsto para amanhã, 31 de Março, fica adiado sem indicação de nova data "tão logo que as condições o permitirem".
 
A justificação para esta decisão é a actual situação de crise global provocada pela pandemia da Covid-19 e o consequente estado de emergência declarado pelo Presidente da República a 27 de Março com duração prevista até 11 de Abril, podendo ser prorrogado este prazo.
 
"A Comissão de Avaliação deste concurso irá, em tempo oportuno, contactar os grupos empresariais com o objectivo de assegurar que as suas propostas e intenções continuam validas", diz o Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos em comunicado, no qual pede "sinceras desculpas pelos possíveis constrangimentos"
 
O concurso público internacional de investimento privado para a construção de uma refinaria de petróleo com capacidade para processar 100 mil barris de petróleo por dia, no município do Soyo, província do Zaire, foi lançado em meados de Outubro e, inicialmente, o anúncio do vencedor estava previsto para 04 de Março, mas foi adiado para 31.
 
De acordo com as normas deste concurso internacional, os concorrentes estavam obrigados a formalizar uma pré-candidatura a ser feita online até ao dia 01 de Novembro, seguindo-se, até 08 de Novembro, o período para submissão da informação do investidor para due delligence.
 
As propostas puderam ser entregues até as 17h00 do dia 18 de Dezembro de 2019, em envelope fechado e lacrado.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação