Esclarecimentos a propósito do PIIM
22-05-2020 | Fonte: AN

 
1. As Administrações Municipais são Unidades Orçamentais e no âmbito do Plano Integrado de intervenção nos Municípios,PIIM, cumprindo com todos os trâmites previstos na Lei celebraram contratos com Empresas vencedoras dos concursos públicos realizados;
 
2. Todo o processo foi validado,primeiro pelos Serviços de Contratação Pública e depois pela Direcção Nacional de Investimentos Públicos do Ministério das Finanças;
 
3. Depois da validação pelos SNCP e DNIP,o Tesouro do MINFIN alocou ás Unidades Orçamentais,no caso,ás Administrações Municipais o down-payment (15 porcentos do valor do contrato),o que aconteceu com os Municípios do Lóvua,Chitato,Cambulo,Xa-Muteba,Cuilo e Lubalo,seis dos dez Municípios da Lunda-Norte;
 
4. Cada região tem as suas especificidades,estamos a 1300 (mil e trezentos) quilómetros do litoral e, as justificações apresentadas nos projectos têm como fundamento os factores reais de alteração da estrutura de custos nessas localidades,relacionados com fretes elevados face á grande distância entre o mercado de aquisição do material de construção (Luanda) e o local da execução da obra.
Fretes elevados face á degradação acentuada das estradas.
Estamos diante de "coeficientes de ponderação" validamente aceites;
 
5. Nota-se no artigo em referência que o principal alvo a abater é o Governador Ernesto Muangala,que é gestor de uma outra Unidade Orçamental,e que não é nenhuma das dez Administrações Municipais.
 
O autor do texto ao referir-se da longevidade da governação de Ernesto Muangala,titular de cargo de cargo político,mais uma vez demonstra o ódio que tem á essa Individualidade;
 
6. Registamos também no mesmo artigo a falta da verdade,pois os kz.437.658.548,00 não são apenas para o apetrechamento,mas também para a construção da Escola de 12 salas de aulas,e de Infrastruturas como desportivas,parque para o estacionamento das viaturas,vedação e os acessos;
 
7. Uma outra mentira está realcionada com o Secretário Geral do Governo Provincial,que não se chama Adérito Cativa,mas sim,Afonso Anacleto Baribanga,e que não falou aos Órgãos de Comunicação Social nesses dias e não participou na Conferência de Imprensa realizada na passada segunda-feira,18 de Maio.
 
Adérito Cativa,participou e interveio na Conferência de Imprensa é o Chefe do Departamento de Contratação Pública da Secretaria Geral do Governo Provincial;
 
8. Que jornalismo é esse sem o contraditório?
 
As pessoas não medem meios para atingirem os seus fins,e o fim a que se propõem não é a melhoria das condições de vida das pessoas,mas a desgraça de certas pessoas.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação