Banqueiro Rosário Jacinto substitui Coutinho Nobre Miguel no cargo de PCA do SOL
27-06-2020 | Fonte: LuandaPost

A Assembleia Geral do Banco Sol nomeou hoje, dia 26 de Junho, o banqueiro Rosário Simão Jacinto para o cargo de Presidente do Conselho de Administração daquela instituição financeira, em substituição de Coutinho Nobre Miguel, aferiu o Luanda Post de fontes ligadas ao banco.
 
Para além da “queda” de Coutinho Nobre Miguel da função de PCA no SOL, deixaram de ser administradores do banco Bruno Inglês, Edson Costa e Ana Carreira. Enquanto os sobreviventes são Teodoro Lima da Paixão Franco Júnior, Maria Cândida Bernardete de Jesus Sambingo, Gil Benchimol, Carla Campos Van-Dúnem e a administradora Ana Kainda.
 
O banqueiro Rosário Simão Jacinto era, até antes da sua nomeação para o posto de PCA, Administrador Não Executivo do Banco SOL. 
 
O novo homem forte do Banco SOL foi Administrador Executivo do Banco de Poupança e Crédito (BPC) no tempo em que o banco público era liderado por Paixão Júnior. Em 2019, chegou a ser nomeado vogal do conselho fiscal da empresa Somoil.
 
De recordar que “demitido” Coutinho Nobre Miguel chegou ao cargo de PCA do Banco SOL em 2008, acumulou essa função com a de CEO até 2019. Ou seja, 12 anos depois, Nobre Miguel deixa o cargo mais alto do banco.
 
O Conselho de Administração do SOL é composto por dez membros, sendo sete administradores executivos e os outros três não executivos.
 
Criado em 2001, o Banco Sol é detido em 51% pela Sansul, uma participada da GEFI, a holding do partido MPLA. Os outros accionistas são a Fundação Lwini, com 10%. Noé Baltazar (5,42%), e ex-primeira dama de Angola, Ana Paula dos Santos (5,4%), a Sociedade Comercial Martal , Lda (5,4%), o antigo ministro das Finanças Júlio Bessa controla (4,17%, o então PCA Coutinho Nobre Miguel detém (6,33%) e AZURY, SA (5,42%).
 

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação