Covid-19: Angola com cura "centenária"
30-07-2020 | Fonte: Angop

Angola chegou hoje, quinta-feira, o número mais alto de recuperação de doentes de Covid-19 em um só dia, ao anunciar a cura de 94 pacientes.

A última quantidade elevada de pacientes recuperados em apenas 24 horas ocorreu a 17 de Julho, quando se deu alta a 75 pessoas que padeciam desta pandemia letal.

Ainda hoje foi igualmente anunciado que as províncias da Lunda Norte e Uíge, com um caso cada, entraram na rota das regiões angolanas com Covid-19, onde já estavam Luanda (epicentro), Cuanza Norte, Cabinda, Cunene, Cuanza Sul e Bengo. “O caso positivo da Lunda Norte é importado”, disse o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, durante a actualização da situação epidemiológica da Covid-19 nas últimas 24 horas, sem, no entanto, explicar as circunstâncias da infecção do caso do Uíge.

Diferente de quarta-feira, em que o país registou um novo record no número de mortes, seis no total, hoje (quinta-feira), baixou a três mortes, todos do sexo masculino, ocorridos no Hospital Militar Principal e na Clínica Sagrada Esperança.

Com a recuperação de 94 doentes, o número de doentes activos baixou de 687, na quarta-feira, para 663, registado esta quinta-feira.

Quanto aos doentes graves, houve aumento de dois casos, passando para 17, seis em estado crítico (menos dois que quarta-feira) e um necessitando de hemodiálise (tal como no dia anterior). Com os novos dados, o país apresenta-se com 1.109 casos positivos, com 51 óbitos.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação