Suíça lança investigação contra banco com dinheiro de São Vicente
11-09-2020 | Fonte: Mercado ( Estevão Martins )

A Autoridade de Supervisão do Mercado Financeiro da Suíça (FINMA) lançou um processo de investigação contra o banco SYZ SA, instituição financeira onde estão congelados 900 milhões USD de Carlos São Vicente, antigo patrão da AAA Seguros.
 

Com efeito, a FINMA classificou o banco SYZ com a categoria de risco “muito alto” em termos de lavagem de dinheiro. 
 

Segundo informações postas a circular no Cantão de Genebra esta quinta, 09, foi ainda instaurado um processo de execução contra o SYZ SA.
 

O instrumento administrativo, agora tornado púbico, visa “garantir a aplicação da lei” e, se necessário, “restabelecer a ordem jurídica” no banco. O procedimento teria iniciado em Abril deste ano. 
 

Entretanto, o Gotham City, City, um blog helvético especializado em crimes de colarinho branco diz que nem o banco nem a FINMA quiseram confirmar ou negar a existência deste processo.
 

Entretanto, um porta-voz do banco assegura que “o SYZ aplica os mais estritos padrões exigidos por lei no pleno cumprimento das suas obrigações decorrentes do sigilo bancário e comercial (...). 
 

Aplicamos escrupulosamente nossas obrigações de devida diligência aos nossos clientes e às nossas autoridades de supervisão”. 
 

Por sua vez, a FINMA indica que “investiga quaisquer indícios de riscos, fragilidades ou possíveis irregularidades entre as entidades e, se necessário, tomará medidas para restabelecer a situação.
 

Isto aplica-se, em particular, às disposições sobre due diligence no combate ao branqueamento de capitais que tem recebido atenção especial da FINMA nos últimos anos. Por fim, a fonte escusou-se a comentar sobre quaisquer investigações ou procedimentos ou em relação às instituições sobre sua supervisão”.
 

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação