Propostas de investimento superam 2,9 mil milhões
11-09-2020 | Fonte: Jornal de Angola

As 306 propostas de investimento registadas por Angola de Janeiro a 31 de Agosto estão avaliadas em 2.910 milhões de dólares, representando 20.307 postos de trabalho, anunciou ontem, em Luanda, o presidente do Conselho de Administração da Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (AIPEX). António Henriques da Silva apresentou estes números num encontro mantido com o embaixador de Israel, Oren Rozenblat, para analisar estratégias conjuntas enquadradas na promoção e atracção de investimento para Angola. De acordo com o líder da AIPEX, as propostas destinam 1.467 milhões de dólares ao sector da Indústria, 200 milhões à Agricultura e 143 milhões ao Comércio, sendo em 1.332 milhões de dólares representadas por investidores angolanos. Os números acrescentam que as propostas também tiveram origem na África do Sul (676 milhões de dólares), China (184 milhões) e Emirados Árabes Unidos (88,77 milhões).

Trocas com Israel

Segundo António Henriques, depois de empresas israelitas terem chegado pela primeira vez em Angola, em 1998, o país absorveu cerca de 19,1 milhões de dólares em investimento empresarial daquela origem, o que envolve 13 companhias e 577 postos de trabalho. Entre as mais emblemáticas dessas companhias contam-se a Aradou, de construção civil, Tahal, de cultivo da cereais e outros produtos agrícolas, Nextcom Angola, instalações, Ilha Park, consultoria de negócios e gestão, e Octrop, imobiliário.

O presidente do Conselho de Administração da AIPEX apresentou números que indicam que, em 2018, as trocas comerciais estabelecidas com Israel foram favoráveis a Angola em cerca de 423 milhões de dólares: naquele ano, Angola exportou 452 milhões de dólares em bens para o país do Médio Oriente, importando o equivalente a 29 milhões. Angola exporta para Israel combustíveis minerais, óleos e produtos de destilação, pedras preciosas, equipamento eléctrico e plástico, importando máquinas, artigos de ferro ou aço, produtos químicos inorgânicos e frutas.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação