Jornalistas angolanos escolhidos para a cobertura das presidenciais nos Estados Unidos
23-09-2020 | Fonte: Jornal de Angola

Os jornalistas angolanos Santos Vilola, do Jornal de Angola, Suzana Mendes, da Vida TV, e Leda Rodrigues, da Angop, fazem parte de um grupo de 225 outros do mundo escolhidos para a cobertura das eleições presidenciais nos Estados Unidos, pela primeira vez, de forma virtual, por conta da pandemia da Covid 19.
 
Para as eleições, marcadas para 3 de Novembro próximo, os jornalistas indicados pelos respectivos órgãos de comunicação social, públicos e privados, tiveram de submeter à Embaixada daquele país em Angola um currículo, tendo sido depois escolhidos e notificados pela organização do processo eleitoral.
 
O registo foi feito na plataforma electrónica Canvas numa organização do Departamento de Estado e do Centro Internacional Meridiano. 
 
Denominado “Virtual Reporting Tour” para as eleições de 2020, o programa de interacção entre jornalistas começa nesta segunda-feira e termina a 13 de Novembro.
 
Os jornalistas vão ter acesso igualmente a publicações sobre as eleições e vídeos sobre os Estados-chave onde devem acontecer a disputa eleitoral.
 
Durante oito semanas, diariamente os jornalistas devem participar em conferências de imprensa de três horas por semana.
 
Cada participante deve produzir, no mínimo, dez notícias publicadas como resultado da sua participação nos debates cujo “link” deverá ser partilhado.
 
As eleições 2020 nos Estados Unidos vão opor Donald Trump (Mike Pence é o seu Vice-Presidente) e Joe Biden, antigo Vice-Presidente na Administração Obama, cuja Vice-Presidente é a senadora Khamala Harris. Trump está em finais do seu primeiro mandato.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação