Fome mata 46 crianças por dia em Angola
09-10-2020 | Fonte: Novo Jornal

Mais de setenta e seis mil crianças estiveram internadas nos hospitais públicos de todo o País nos primeiros seis meses deste ano por desnutrição, das quais 8.413 faleceram, de acordo com um relatório da Direcção Nacional de Saúde Pública. País está sem stock de produtos nutricionais terapêuticos.
 
Pelo menos duas crianças menores de cinco anos morreram a cada uma hora, de Janeiro a Junho, por desnutrição - estado patológico causado pela falta de ingestão ou absorção de nutrientes, cuja principal causa é a falta de alimentos -, uma média de 46 óbitos por dia. 
 
A informação consta de um relatório da Direcção Nacional de Saúde Pública (DNSP), ao qual o Novo Jornal teve acesso, em que se reconhecem as constantes rupturas de stock dos produtos terapêuticos nos centros nutricionais, o atraso constante na planificação, a compra dos referidos produtos e o insuficiente número de pessoal capacitado em manuseamento da desnutrição aguda, como principais razões do elevado índice de mortes.
 
O documento mostra que 76.480 crianças menores de cinco anos deram entrada nos serviços de nutrição das unidades sanitárias do País, no período em referência. Deste número, 11%, equivalente a 8.413 crianças, faleceram, ao passo que 72% (55.066) tiveram altas, 11% (8.413) abandonaram o tratamento e outros 6% (4.589) não tiveram resposta no tratamento.
 

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação