Sindika Dokolo foi a sepultar em Londres
18-11-2020 | Fonte: Jornal de Angola

Os restos mortais de Sindika Dokolo foram a sepultar, ontem, em Londres. O em-presário morreu no dia 29 de Outrubro, no Dubai, quando fazia mergulho livre, no norte da ilha de Deira Sindika Dokolo, 48 anos, nasceu no antigo Zaire, actual República Democrática do Congo, tendo passado a infância na Europa.

Em 2002, casou com Isabel dos Santos, filha do ex-Presidente de Angola José Eduardo dos Santos, em Luanda. O casal mudou-se no início de 2020 para o Dubai, após a abertura de diversas investigações a Dokolo, juntamente com a sua mulher, por alegadamente desviar propriedades do Estado angolano, que determinaram o arresto preventivo de participações de Isabel dos Santos e de Sindika Dokolo, em empresas como a Unitel, o BFA, o BIC Angola e a ZAP.

Sindika Dokolo é conhecido por ser um dos rostos da oposição da República Democrática do Congo (RDC) e um dos promotores do regresso da arte africana, exposta na Europa, à África, reparando aquilo que considerava ser uma consequência da colonização do continente.

O Museu Nacional da República Democrática do Congo (RDC), em Kinshasa, vai estar aberto hoje ao público, para prestar homenagem e condolências ao empresário congolês Sindika Dokolo.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação