Basquetebol: Moniz Silva eleito sétimo presidente
23-11-2020 | Fonte: Jornal de Angola

Moniz Silva, empresário ligado ao ramo farmacêutico foi eleito ontem, com 17 dos 29 votos, sétimo presidente da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), para o ciclo olímpico 2020/2024.
 
Armando Dala "Dokas”, concorrente pela lista B, e Manuel de Jesus Moreira, da C, obtiveram 11 e um voto respectivamente.

Na primeira reacção ao Jornal de Angola, após merecer a confiança da maior parte dos associados, o dirigente de 54 anos, natural do Uíge, disse: "é hora de arregaçar as mangas e começar a trabalhar. A campanha terminou e pela frente espera-nos trabalho árduo. Sabemos das dificuldades mas é preciso encontrar soluções”.

Prosseguindo, o antigo jogador de futebol da Maxinde de Malanje, e treinador da Epigel (equipa com a qual foi campeão), dos caçulinhas e juvenis do 1º de Agosto, manifestou a intenção da Federação fazer disputar em Dezembro, em Luanda, um torneio.

Pois, em seu entender: "estamos há muito tempo parados. Temos de dar início à competição interna e criar condições. Nos outros países as dificuldades são semelhantes mas o desporto retornou e temos o exemplo de Moçambique. Portanto, devemos fazer um esforço e cumprir as medidas de biossegurança recomendadas”, disse o candidato cujo slogan de campanha foi "Juntos por Angola somos basquetebol”.

Composição do elenco

Eis a composição do elenco recém eleito: Presidente da Mesa da Assembleia-Geral, Elisa Gaspar, vice-presidente Faustino Salvador e Hochai Adriano, secretário. Na direcção acompanham Moniz Silva, nas vestes de vice-presidentes Sílvio Lemos, Nacissela Maurício e Pedro Manuel.  O cargo de secretário-geral será ocupado por Alcino de Melo. 
 
Luís Costa, Nelson Cange, Fernanda Teixeira, Francisco Xavier e Paulo Rufino, são os vogais. 

Presidente do Conselho Fiscal é Raquel Castro que será auxiliada por Adriano Silva e Joaquim Nanicumpovela, vogais. O Conselho de Disciplina tem como presidente Zinália Canumbila Fortes, Ângelo Candumbu e Henrique Bastos, são os vogais.

No Jurisdicional Olinda de Castro é a presidente, Mauro Marques, Natchova Hendrick, Odília Lopes e Nilton Caetano, vogais.  A  Arbitragem tem como novo presidente Luís Fernandes, vogais Horácio Macedo e Celso Andrade.

Fundada em 1976, a Federação já foi liderada por José Guimarães "Periquito” (1977 a 1987), Carlos Teixeira "Cagi” (1987-1996), Pires Ferreira (1996-2004), Gustavo Dias Vaz da Conceição (2005-2012), Paulo Madeira (2012-2016) e Hélder Martins da Cruz (2016-2019). 

População votante 

A lista da população votante foi composta pela Casa do Pessoal do Porto do Lobito, Escola Desportiva da Graça - Piaget, Clube Amigos do Basquetebol e Clube Académica Petróleos do Lobito (Benguela). 
 
Sporting Clube Petróleos do Bié (Bié), Petro Atlético (Huambo), Heja Sport Clube do Lubango e Sport Lubango e Benfica (Huíla), Atlético Petróleos de Luanda, Atlé-tico Sport Aviação (ASA), Clube Desportivo 1º de Agosto, Clube Desportivo da Cidade do Kilamba, Clube Desportivo da Marinha de Guerra, Clube Ferroviário de Angola, Escola de Formação Desportiva Formigas do Cazenga, Escorpiões da Boa Fé, Futebol Clube Vila Clotilde, Grupo Desportivo Interclube, Grupo Desportivo da Banca, Grupo Desportivo O Maculusso (Luanda). Grupo Desportivo Académica de Malanje (Malanje).

Pelas associações provinciais exerceram direito de voto as de Benguela, Cuanza-Sul, Huíla, Luanda, Malanje e a do Namibe.
 

Nas de classe votaram a Associação Nacional de Treinadores de Basquetebol de Angola (ANTBA) e a Nacional de Juízes de Basquetebol de Angola (ANJBA).
 

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação