Pastores da IURD respondem em tribunal
23-11-2020 | Fonte: Angop

Quatro pastores da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) estão a ser julgados, nesta segunda-feira, no Tribunal do Benfica, em Luanda, por crimes de agressão e desacato à autoridade.

No mesmo processo estão arrolados quatro seguranças de uma empresa que presta serviço num dos condomínios onde habitam os pastores igualmente acusados dos mesmos crimes.

Os arguidos, incluindo um pastor brasileiro e três angolanos, são acusados de agredir e proferir injúrias contra o comandante da Esquadra do Talatona, na passada semana.

O caso ocorreu quando as forças de segurança tentavam apaziguar um desentendimento entre integrantes da igreja, motivado pelo impedimento do acesso a uma das residências do condomínio.

Até ao momento já foram ouvidos quatro réus (pastores), faltando os quatro seguranças envolvidos na agressão. Durante a sessão de audição, que pode ser concluída ainda hoje, os três primeiros pastores ouvidos negaram as duas acusações de que são alvos.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação