Angola Cables fará novo cabo submarino Fortaleza-Luanda
18-02-2021 | Fonte: Diário do Nordeste

Em primeira mão: a Angola Cables estuda a instalação de um novo cabo submarino ligando Luanda a Fortaleza e, também, unindo Fortaleza, São Paulo e Miami. 

O primeiro cabo, instalado em 2018, permitiu à empresa a construção de um Data Center na Praia do Futuro, na capital cearense. 

A demanda pelo serviço de ambos os equipamentos praticamente já alcançou seu limite. Tanto é verdade que a empresa acaba de investir R$ 12 milhões na ampliação do Data Center que tem clientes nacionais e estrangeiros. 

O CEO da Angola Cables, Angelo Gama (na foto), e o presidente de seu Conselho de Administração, Augusto Mota de Carvalho, que se reuniram segunda-feira, 15, com o secretário de Desenvolvimento Econômico do Ceará, engenheiro Maia Júnior, também lhe anunciaram que, para a instalação do seu segundo cabo submarino, estão em negociações bem encaminhadas para a celebração de uma parceria com o Google e com o Facebook.

E ainda informaram que há boa possibilidade de futura conexão dos cabos da Angola Cables com os da China, o que beneficiaria também o seu complexo de telecom instalado e em operação em Fortaleza. 

O cabo submarino da Angola Cables opera de forma integrada com o cabo Monet, que vai do Brasil aos EUA, e com o WACS, que liga a costa da África à Europa, ambos também da Angola Cables.
E já que o assunto é cabo submarino, outra boa notícia: o secretário Maia Júnior confirma que, no próximo mês de maio, entrará em funcionamento o 15º cabo que liga Fortaleza ao mundo. 

Será o da Ella Link, que parte de Marseille (no Sul França), passa pela Espanha, Portugal e África, antes de chegar à Praia do Futuro, aqui na capital cearense. 

POLO QUÍMICO

Será no dia 17 do próximo mês de março a inauguração da Interplast, primeira indústria do Polo Químico de Guaiúba, na Região Metropolitana de Fortaleza. A data coincide com o aniversário do município. 

Na construção de sua fábrica, que dará 70 empregos diretos, a Interplast investiu R$ 10 milhões.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação