Equipas do Girabola já receberam mais de 20 milhões de Kwanzas do Estado
09-05-2021 | Fonte: Novo Jornal

Destino Dombele, director financeiro da FAF, avança que o patrocínio se encaixa no âmbito do acordo celebrado entre o órgão-reitor pelo futebol nacional e as três empresas que foram anunciadas por Artur de Almeida e Silva, aquando das eleições naquela instituição.

Cinco meses após o anúncio, a direcção cessante da Federação Angolana de Futebol (FAF) confirmou ter já recebido 555 milhões e 145 mil 250 kwanzas de patrocínio, vindo do consórcio estatal formado por empresas como ENDIAMA - E.P, SODIAM -E.P. e Sonangol - E.P., soube o Novo Jornal junto da direcção financeira do órgão que rege o desporto-rei no País.

Segundo Destino Dombele, director financeiro do elenco liderado por Artur de Almeida e Silva, este patrocínio encaixa-se no âmbito do acordo celebrado entre a FAF e as três empresas públicas.

Dos 555 milhões de kwanzas, o gestor lembrou que a SODIAM já disponibilizou aos cofres da FAF três tranches, sendo a Sonangol e a ENDIAMA com duas cada.

Do montante já recebido do consórcio estatal, os dezasseis clubes que compõem o Campeonato Nacional de Futebol da Primeira Divisão (Girabola) absorveram 333 milhões e 753 kwanzas.

Cálculos feitos por este jornal, cada equipa que disputa a prova maior do futebol doméstico já terá recebido 20 milhões e 800 mil kwanzas.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação