INE fura prazo de divulgação dos dados do desemprego do primeiro trimestre de 2021
07-06-2021 | Fonte: Mercado

O Instituto Nacional de Estatística (INE) não divulgou o relatório do Inquérito ao Emprego em Angola (IEA) do primeiro trimestre de 2021 nem avançou qualquer explicação para o atraso que pelas contas do Mercado já vai em três semanas.

De acordo com o calendário do INE, os dados trimestrais sobre o emprego em Angola devem ser publicados 45 dias após o término do trimestre. Assim sendo, o relatório do IEA do primeiro trimestre de 2021 devia ter sido divulgado na terceira semana de Maio.

A demora na divulgação se deve a atrasos verificados no processo de recolha das informações, por dificuldades na aquisição dos materiais de biossegurança para os inquiridores, disse ao Mercado fonte do Instituto. Questionado pelo jornal o INE não avançou qualquer justificação.

O IEA fornece um conjunto de informações que permite analisar o mercado de trabalho enquanto realidade dinâmica e constitui um ponto de partida para a definição de políticas socioeconómicas.

O economista Heitor Carvalho alerta para o problema do descaso que é dado ao incumprimento do “dever” das instituições.

“Não creio que possamos dizer mais nada que não seja que não cumpriram os seus compromissos. O problema é que não cumprir o seu dever parece ser tido por todos como um mal menor”, assevera.

“Quem, por culpa própria, não for capaz de cumprir os prazos a que está obrigado deve sair e dar lugar a quem consiga fazê-lo”.

Para o também economista Wilson Chimoco, os atrasos do INE são recorrentes e prejudicam a credibilidade que se quer da instituição. “Existem sempre imprevisto nos processos de colheita de dados. Mas creio que deverá ser alguma questão meramente operacional que esteja a atrasar a divulgação”.

Qualquer que seja a razão os atrasos do INE avolumam as suspeitas dos utilizadores que receiam que o instituto esteja a manipular os dados para agradar ao poder político. Suspeitas que se agravaram com a divulgação na semana passada pelo Ministro da Economia e Planeamento de estimativas contas nacionais trimestrais do primeiro trimestre de 2021 cuja divulgação só está agendada para 15 de Julho.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação