PR cria comissão para comemorar centenário de Agostinho Neto
09-06-2021 | Fonte: Novo Jornal

João Lourenço determinou a criação de uma comissão interministerial para a organização das acções comemorativas alusivas ao centenário de António Agostinho Neto, primeiro Presidente da República de Angola, a ser coordenada pelo ministro Adão de Almeida.

Para além do ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, integram esta comissão os ministros da Administração do Território, da Defesa Nacional e Veteranos da Pátria, do Interior, e das Relações Exteriores.

Fazem ainda parte da comissão a ministra das Finanças e os ministros dos das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social.

Também as ministras da Educação e a da Juventude e Desportos, e os ministros da Cultura, Turismo e Ambiente, os governadores provinciais, o director do Cerimonial do Presidente da República, assim como o presidente do conselho de administração do Memorial António Agostinho Neto integram a comissão incumbida de "organizar os preparativos para que haja uma comemoração condigna desta data histórica e de grande importância para o povo angolano", lê-se no despacho presidencial 82/21.

A Comissão Interministerial criada tem várias atribuições, segundo o despacho, entre elas a de elaborar um cronograma de acções comemorativas, "de acordo com as orientações superiores do Presidente da República", devendo anexar a calendarização das actividades a realizar.

Deve ainda analisar e avaliar a previsão do custo de cada acção comemorativa, de forma a apresentar uma proposta de orçamento para a realização do evento, bem como preparar, organizar e coordenar a nível interno e externo as operações necessárias à realização das comemorações.

À comissão cabe ainda, segundo o despacho, propor superiormente tudo o que seja considerado necessário para o bom desempenho da missão, realizar as demais tarefas que lhe forem conferidas pelo Presidente da República no âmbito das acções comemorativas.

O coordenador da comissão, Adão de Almeida, deve apresentar ao Presidente da República um cronograma de actividades a desenvolver no prazo de 45 dias, após publicação do despacho, tal como lhe deverá apresentar o relatório de balanço e prestação de contas 30 dias após a realização dos actos comemorativos do centenário de Agostinho Neto, a 17 de Setembro.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação