Os dissabores da importação de produtos a granel - Grupo Leonor Carrinho sobre brasas
18-07-2021 | Fonte: Novo Jornal

Com o Governo angolano a associar o Decreto Executivo de 17 de Março a uma revolução na indústria de embalagem e empacotamento, sectores da sociedade civil opõem-se às novas regras, havendo quem fale em "crime". Escassez de bens alimentares entre as consequências de "barreiras artificiais" na importação.

Agravamento dos preços da cesta básica em tempo de carência e enriquecimento de determinada franja são receios ouvidos nas reacções à entrada em vigor, no passado dia 15 de Junho, das novas regras para as importações, mas a realidade, longe de qualquer conjectura, mostra já "práticas desonestas" associadas a um dos maiores importadores do País, o Grupo Leonor Carrinho, na embalagem e empacotamento de produtos, dois segmentos industriais que o Governo pretende relançar, soube o Novo Jornal.

Detentor de um complexo industrial avaliado em 600 milhões de dólares norte-americanos, em Benguela, o Grupo Leonor Carrinho dá azo a críticas de observadores que sugerem uma entidade capaz de fiscalizar este processo de importação a granel (Big Bags) até pelo menos uma tonelada.

Da comuna da Canjala, a 75 quilómetros da cidade do Lobito, chega o grito de José Cabral Sande, empreendedor na área do agro-negócio, que avalia o Decreto Executivo como medida que visa dar guarida a uma determinada franja empresarial e lamenta a falta de uma estrutura fiscalizadora.

Sande quer saber se os operadores, com a empresa em referência incluída, têm capacidade para levar os produtos, empacotados e/ou embalados, a todos os contos de Angola.

"Mesmo a granel, a rede de distribuição, depois, vai ser a mesma", critica o produtor, também na área da piscicultura, pouco antes de ter alertado para um segmento que "vai triplicar os seus rendimentos". E diz não ter dúvidas de que, quando um saco de 25 quilos de arroz vem de fora, passando por vários mecanismos de controlo, são mesmo 25 quilos, também em Angola.

 
Comentários
Quer Comentar?
Nome E-mail ou Localização
Comentário
Aceito as Regras de Participação